CBO 6324-10 - Trabalhador da exploração de castanha - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres

O profissional no cargo de Trabalhador da exploração de castanha CBO 6324-10 realiza exploração não madeireira da castanheira – espécie florestal nativa da Amazônia -, mapeando a área de extração, colhendo ouriços (frutos) que caíram no solo, amontoando e quebrando ouriços para retirada das castanhas, selecionando castanhas, fazendo pré-secagem - natural ou com uso de máquinas - das castanhas, armazenando castanhas, e participando da comercialização Programa coleta florestal, selecionando recursos manuais, semimecanizados ou mecanizados.

Pode realizar plantio de castanheiras e tratos culturais, para colheita de frutos e extração de castanhas Pode produzir leite e doce de castanhas Cumpre legislação, normas técnicas, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção de incêndios e de preservação ambiental.

CBO 6324-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres que pertence ao grupo dos pescadores e extrativistas florestais, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Trabalhador da exploração de castanha, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres CBO 6324-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 6324-10

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
    • Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres.
      • Pescadores e extrativistas florestais.

O que faz um Trabalhador da exploração de castanha

O Trabalhador da exploração de castanha CBO 6324-10 programa a colheita florestal da castanha-do-brasil - também conhecida como castanha-do-pará ou castanha-da-amazônia -, em áreas de terra firme, durante a safra, que ocorre anualmente no período chuvoso Seleciona instrumental e recursos manuais, semimecanizados ou mecanizados.

Localiza as castanheiras e faz o mapeamento do local, identificando as árvores produtivas, os pontos de acesso e as trilhas.

Demarca a área de extração e estima sua capacidade produtiva Desenha mapa e registra a área de coleta, identificando pontos que possam servir de referência - como rios e estradas – e, se possível, fazendo levantamento das coordenadas geográficas com uso do GPS-Sistema de Posicionamento Global (Global Position System).

Mede diâmetro à altura do peito (DAP) das castanheiras, um dos indicadores para seleção das árvores, na atividade extrativa Executa o corte de cipós das castanheiras produtivas, para favorecer o lançamento de folhas novas e melhorar a floração e a produção.

Pode realizar o plantio de castanheiras, em reflorestamento de áreas degradadas, em sistemas agroflorestais e de modo consorciado com outras espécies frutíferas.

Prepara o terreno, roçando, capinando o solo e desbastando o mato, para abertura de covas e sulcos Coleta amostras do solo para análises laboratoriais e aplica as fórmulas de adubação, correção e proteção do solo recomendadas.

Faz a integração da área de cultivo com canais e sistemas de irrigação, quando necessário.

Executa a propagação por sementes ou enxertia Realiza o plantio das mudas e distribui capim seco em torno das plantas, para preservar a umidade do solo Realiza tratos culturais.

Fiscaliza o castanhal, para identificar e combater doenças e pragas Na atividade extrativista, pode realizar o plantio de mudas em áreas de clareiras, na etapa da pré-coleta Faz a coleta dos frutos - ouriços, contendo, no seu interior, cerca de 20 sementes (castanhas) -, diretamente do chão.

Recolhe os frutos que caíram da castanheira recentemente, já que, quanto menor o tempo da castanha no solo, maior a garantia de se ter produto saudável Para catação dos ouriços, utiliza instrumento tradicional, denominado “mão-de-onça”, evitando a coleta com as mãos.

Coloca os ouriços em sacos de ráfia ou paneiros (cestos de fibras) Amontoa os ouriços - em “jirais” ou local seco, fora do contato com o solo -, apenas quando for quebrá-los Executa a quebra dos ouriços com ferramenta, sobre uma superfície protegida do chão - como lona, saco plástico ou folha de palmeira, para extração das castanhas.

Faz a primeira seleção, para a retirada de castanhas chochas, estragadas ou machucadas Acondiciona as castanhas selecionadas em sacos Transporta os sacos com as castanhas, para fora da região da coleta.

Realiza a pré-secagem - natural ou com uso de máquinas - das castanhas Faz uma segunda seleção, com a retirada de impurezas e de castanhas estragadas e cortadas Armazena as castanhas em local ventilado e livre de animais.

Coloca as castanhas a granel, dispostas em camadas, longe do contato com o solo Ensaca as castanhas, identificando os sacos quanto à origem, para transporte Pode participar da comercialização da produção com cooperativas ou diretamente com clientes Pode produzir leite e doce com as castanhas Pode produzir objetos artesanais com os ouriços.

Conserva a limpeza e a organização dos locais de trabalho Mantém ferramentas, utensílios e instrumentos de trabalho limpos, organizados, acondicionados e em plenas condições de uso e funcionamento Pode fazer conservação de veículo, máquinas e equipamentos, providenciando serviço de manutenção, quando necessário Executa práticas para mitigação de danos ambientais, já que o manejo de produtos florestais não madeireiros permite que se preserve parte importante da biodiversidade das florestas nativas Trabalha com segurança, prevenindo acidentes e usando equipamentos de proteção individual, como capacete, calçados e perneiras Pode prestar primeiros socorros.

Funções do cargo

O funcionário CBO 6324-10 deve manejar Área de extração, beneficiar alimentos silvestres, extrair alimentos silvestres, comercializar alimentos silvestres, preparar equipamentos de colheita, plantio e beneficiamento, transportar alimentos silvestres, plantar espécies produtoras de alimentos silvestres, demonstrar competências pessoais.

Condições de trabalho dessas profissões

Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres trabalham como autônomos ou por conta própria em atividades extrativistas. Atuam em mutirão ou grupo familiar, sem supervisão. O trabalho é executado a céu aberto, em horários irregulares, durante o dia. Exceto o trabalhador da exploração de castanha, os demais trabalham em grandes alturas. Estão sujeitos a ataques de animais silvestres e peçonhentos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 6324-10

O exercício dessas ocupações requer escolaridade de até quarta série do ensino fundamental. A qualificação é obtida na prática e o pleno desempenho ocorre após um a dois anos de experiência.

Atividades exercidas por um Trabalhador da exploração de castanha CBO 6324-10

Um Trabalhador da exploração de castanha (ou sinônimo) deve escolher madeira, pesar pupunha, pinhão e castanha, tecer paneiros, esteiras e peneiras, depositar açaí e castanhas em paneiros, medir volume de castanha e açaí em latas, classificar castanhas e palmitos de acordo com tamanho, cortar madeira, lavar alguidar e peneira, roçar mata com facão, carregar feixes de palmitos, produzir leite de castanhas, desidratar castanha em secadores, transportar pinhões e castanhas em animais, transportar palmitos e castanhas em canoas, amolar instrumentos de corte, confeccionar cangalhas, lavar castanhas, carregar açaí e castanhas em paneiros, produzir doce de castanhas, negociar preço de alimentos silvestres, quebrar ouriços de castanhas, lavar canoa, extrair castanhas de ouriços, ralar castanhas, abrir covas, armazenar castanhas, palmitos e pinhões em paióis, resistir às variações climáticas, guardar equipamentos de beneficiamento e plantio, vender alimentos silvestres, pesquisar mercado consumidor de alimentos silvestres, manifestar habilidade em colheita de frutos, manifestar resistência física, carregar pinhões, castanhas e açaís em sacos, confeccionar remos de hastes de sacupema, contar produção de palmito e castanha, torrar massas de pupunha e castanha, descascar pupunha, pinhão e castanhas, confeccionar canoas, suportar trabalho em alturas elevadas, coar leite de castanhas, demonstrar coragem, manifestar força física, atentar-se para riscos de acidentes, ajuntar ouriço sob pés de castanheiras.

Cargos e salários CBO 6324-10 - Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres

Salário Trabalhador da Exploração de Castanha

Trabalhador da Exploração de Castanha: Brasil

  • 966
  • Brasil
  • 1.342 - 1.886
  • 43h
O profissional no cargo de Trabalhador da Exploração de Castanha CBO 6324-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.342 e 1.886 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 966 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6324-10.
Salário Castanheiro

Castanheiro: Brasil

  • 966
  • Brasil
  • 1.342 - 1.886
  • 43h
O profissional no cargo de Castanheiro CBO 6324-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.342 e 1.886 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 966 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6324-10.
Salário Selecionador de Castanha de Caju

Selecionador de Castanha de Caju: Brasil

  • 966
  • Brasil
  • 1.342 - 1.886
  • 43h
O profissional no cargo de Selecionador de Castanha de Caju CBO 6324-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.342 e 1.886 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 966 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6324-10.