CBO 3911-05 - Cronoanalista - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos técnicos de planejamento e controle de produção

O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 analisa tempos e métodos dos processos produtivos Mapeia os processos produtivos e suas etapas, faz o levantamento dos tempos reais para execução de uma tarefa ou um processo e realiza os cálculos necessários para definir o tempo padrão.

Elabora propostas de aperfeiçoamento dos processos de produção e para definição de novo leiaute do processo produtivo Acompanha a implantação de novos processos, auxiliando no treinamento de trabalhadores e na elaboração de manuais com instruções de trabalho Colabora com o planejamento da produção.

Cumpre normas técnicas e de qualidade, além de normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 3911-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de técnicos de planejamento e controle de produção que pertence ao grupo dos outros técnicos de nível médio, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Cronoanalista, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Técnicos de planejamento e controle de produção CBO 3911-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3911-05

  • Técnicos de nível médio.
    • Técnicos de planejamento e controle de produção.
      • Outros técnicos de nível médio.

O que faz um Cronoanalista

O Cronoanalista CBO 3911-05 mapeia os processos produtivos e suas etapas, considerando operação, transporte, inspeção e armazenamento dos produtos Define os elementos de cada etapa relacionada à atividade produtiva.

Realiza levantamento dos tempos reais para execução de uma tarefa ou um processo produtivo, definindo a tarefa ou o processo a ser medido, escolhendo um trabalhador com performance dentro da média e marcando com o cronômetro a duração de vários ciclos de trabalho da mesma tarefa ou do mesmo processo.

Considera, também, o tempo que a máquina executa o trabalho sem intervenção do operador – caso, por exemplo, de um centro de usinagem com comando numérico, em processos automatizados Realiza cálculos para definir o tempo necessário para execução de tarefa ou processo em ritmo normal (tempo padrão).

Elabora propostas de aperfeiçoamento dos processos de produção, com base em dados de tempos e movimentos nas diversas etapas Propõe racionalização dos processos, melhorias em máquinas e equipamentos, condições ergonômicas adequadas ao trabalhador e características padronizadas do produto que atendam às expectativas dos clientes.

Acompanha a implantação de novos processos, a partir da aprovação das propostas.

Auxilia no treinamento de trabalhadores nos novos processos Participa na elaboração de manuais com instruções de trabalho.

Colabora com o planejamento da produção, dando subsídios para adequação frente a um aumento ou a uma diminuição da demanda de produção.

.

Funções do cargo

O funcionário CBO 3911-05 deve demonstrar competências pessoais, programar produção, controlar produção e/ou manutenção, planejar produção.

Condições de trabalho dessas profissões

Técnicos de planejamento e controle de produção trabalham em diversos tipos de empresas industriais, comerciais e de serviços, concentram-se nas empresas de construção, na indústria química e petroquímica, de fabricação de produtos têxteis, de celulose, papel e produtos de papel, no complexo automobilístico, dentre outras. São empregados assalariados, com carteira assinada, que se organizam em equipe, sob supervisão ocasional. Geralmente, trabalham em rodízio de turnos. Algumas das atividades que exercem podem estar sujeitas a ruídos, altas temperaturas, radiação, poeira e material tóxico.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 3911-05

O exercício dessas ocupações requer curso técnico de nível médio na área de atuação. O pleno desempenho das atividades ocorre após um ou dois anos de experiência.

Atividades exercidas por um Cronoanalista CBO 3911-05

Um Cronoanalista (ou sinônimo) deve demonstrar capacidade de raciocínio lógico, demonstrar capacidade de visão holística, remanejar mix de produção, identificar desvios no processo de produção e/ou de manutenção, coletar dados da produção e/ou da manutenção, definir ações corretivas, demonstrar capacidade de trabalhar sob pressão, demonstrar capacidade de criatividade, demonstrar capacidade de administrar situações adversas, demonstrar dinamismo, demonstrar capacidade de iniciativa, estabelecer seqüência de produção, analisar capacidade de produção, monitorar fluxo de produção e/ou de manutenção, propor melhorias no processo de produção e/ou de manutenção, propor melhorias em máquinas e equipamentos, demonstrar capacidade de assertividade, definir leiaute do processo produtivo, demonstrar senso crítico, demonstrar capacidade de trabalhar em equipe, demonstrar capacidade de liderança.

Cargos e salários CBO 3911-05 - Técnicos de planejamento e controle de produção

Salário Técnico de Tempos e Métodos

Técnico de Tempos e Métodos: Brasil

  • 5.209
  • Brasil
  • 4.200 - 8.985
  • 43h
O profissional no cargo de Técnico de Tempos e Métodos CBO 3911-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.200 e 8.985 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 5.209 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista

Cronoanalista: Brasil

  • 5.209
  • Brasil
  • 4.200 - 8.985
  • 43h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.200 e 8.985 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 5.209 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Calculista de Tempos

Calculista de Tempos: Brasil

  • 5.209
  • Brasil
  • 4.200 - 8.985
  • 43h
O profissional no cargo de Calculista de Tempos CBO 3911-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.200 e 8.985 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 5.209 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Técnico Analista de Processos de Produção

Técnico Analista de Processos de Produção: Brasil

  • 5.209
  • Brasil
  • 4.200 - 8.985
  • 43h
O profissional no cargo de Técnico Analista de Processos de Produção CBO 3911-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.200 e 8.985 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 5.209 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista

Cronoanalista: São Paulo

  • 1.877
  • São Paulo
  • 4.527 - 8.969
  • 43h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 4.527 e 8.969 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 1.877 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista

Cronoanalista: Paraná

  • 494
  • Paraná
  • 3.883 - 7.268
  • 44h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando em Paraná, ganha entre 3.883 e 7.268 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 494 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista Curitiba

Cronoanalista: Curitiba, PR

  • 100
  • Curitiba, PR
  • 3.843 - 7.062
  • 43h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando em Curitiba - PR, ganha entre 3.843 e 7.062 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 100 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista São Paulo

Cronoanalista: São Paulo, SP

  • 513
  • São Paulo, SP
  • 4.657 - 9.350
  • 42h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 4.657 e 9.350 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 513 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista

Cronoanalista: Minas Gerais

  • 602
  • Minas Gerais
  • 4.066 - 8.154
  • 43h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 4.066 e 8.154 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 602 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista Fortaleza

Cronoanalista: Fortaleza, CE

  • 109
  • Fortaleza, CE
  • 3.255 - 5.718
  • 43h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando em Fortaleza - CE, ganha entre 3.255 e 5.718 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 109 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista

Cronoanalista: Santa Catarina

  • 414
  • Santa Catarina
  • 4.527 - 8.913
  • 44h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando em Santa Catarina, ganha entre 4.527 e 8.913 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 414 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Cronoanalista

Cronoanalista: Rio Grande do Sul

  • 590
  • Rio Grande do Sul
  • 3.975 - 7.357
  • 44h
O profissional no cargo de Cronoanalista CBO 3911-05 trabalhando em Rio Grande do Sul, ganha entre 3.975 e 7.357 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 590 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Calculista de Tempos

Calculista de Tempos: Rio Grande do Sul

  • 590
  • Rio Grande do Sul
  • 3.975 - 7.357
  • 44h
O profissional no cargo de Calculista de Tempos CBO 3911-05 trabalhando em Rio Grande do Sul, ganha entre 3.975 e 7.357 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 590 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Calculista de Tempos São Paulo

Calculista de Tempos: São Paulo, SP

  • 513
  • São Paulo, SP
  • 4.657 - 9.350
  • 42h
O profissional no cargo de Calculista de Tempos CBO 3911-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 4.657 e 9.350 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 513 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Técnico Analista de Processos de Produção São Paulo

Técnico Analista de Processos de Produção: São Paulo, SP

  • 513
  • São Paulo, SP
  • 4.657 - 9.350
  • 42h
O profissional no cargo de Técnico Analista de Processos de Produção CBO 3911-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 4.657 e 9.350 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 513 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Técnico Analista de Processos de Produção

Técnico Analista de Processos de Produção: Minas Gerais

  • 602
  • Minas Gerais
  • 4.066 - 8.154
  • 43h
O profissional no cargo de Técnico Analista de Processos de Produção CBO 3911-05 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 4.066 e 8.154 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 602 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Técnico Analista de Processos de Produção

Técnico Analista de Processos de Produção: Rio Grande do Sul

  • 590
  • Rio Grande do Sul
  • 3.975 - 7.357
  • 44h
O profissional no cargo de Técnico Analista de Processos de Produção CBO 3911-05 trabalhando em Rio Grande do Sul, ganha entre 3.975 e 7.357 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 590 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.
Salário Técnico Analista de Processos de Produção

Técnico Analista de Processos de Produção: São Paulo

  • 1.877
  • São Paulo
  • 4.527 - 8.969
  • 43h
O profissional no cargo de Técnico Analista de Processos de Produção CBO 3911-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 4.527 e 8.969 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 1.877 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3911-05.