CBO 3751-05 - Designer de interiores - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos designers de interiores, de vitrines e visual merchandiser (nível médio)

O profissional no cargo de Designer de interiores CBO 3751-05 realiza a elaboração, faz a representação gráfica e acompanha a execução de projetos de design de interiores residenciais e de outros espaços – tais como comerciais e institucionais -, atendendo às necessidades e às expectativas do cliente e transformando os ambientes em espaços funcionais, personalizados e confortáveis Presta assistência técnica na compra e na utilização de mobiliários e acessórios.

Pode trabalhar em equipe com arquiteto e designer de nível superior Cumpre legislação, normas técnicas, padrões de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção de incêndios e de preservação ambiental

CBO 3751-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de designers de interiores, de vitrines e visual merchandiser (nível médio) que pertence ao grupo dos técnicos em nivel médio dos serviços culturais, das comunicações e dos desportos, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Designer de interiores, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Designers de interiores, de vitrines e visual merchandiser (nível médio) CBO 3751-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3751-05

  • Técnicos de nível médio.
    • Designers de interiores, de vitrines e visual merchandiser (nível médio).
      • Técnicos em nivel médio dos serviços culturais, das comunicações e dos desportos.

O que faz um Designer de interiores

O Designer de interiores CBO 3751-05 entrevista cliente, identificando suas expectativas e necessidades em relação ao projeto e definindo seu limite orçamentário Verifica os usos e as funções dos espaços a serem trabalhados.

Estabelece o contrato de trabalho.

Realiza levantamento métrico e fotográfico do espaço, para identificar elementos básicos para a concepção do projeto Desenvolve esboços, perspectivas e desenhos.

Concebe o design de interiores - sem interferência na estrutura da edificação -, elaborando planta de distribuição dos espaços internos, considerando a circulação e distribuindo os volumes no espaço Planeja e organiza o uso e a ocupação dos espaços, otimizando o conforto, a estética, a saúde e a segurança do usuário e atuando de acordo com as normas técnicas de acessibilidade, de ergonomia e de conforto luminoso, térmico e acústico.

Concebe programação visual para espaços comerciais.

Apresenta o estudo preliminar ao cliente, para aprovação Elabora o projeto executivo, especificando os materiais a serem utilizados, escolhendo escala cromática para o ambiente e alocando pontos de iluminação, pontos de ar-condicionado, pontos elétricos, pontos hidráulicos, pontos para informática e pontos de telefonia.

Representa graficamente as soluções para o ambiente, utilizando desenho manual ou recursos tecnológicos, como CAD-Projeto Assistido por Computador (Computer Aided Design).

Pode fazer projetos em 2D e 3D, maquetes eletrônicas e exposições por meio de passeios virtuais Apresenta a proposta e o orçamento do projeto ao cliente Após autorização da execução do projeto pelo cliente, elabora o cronograma, seleciona fornecedores e contrata serviços especializados.

Coordena as equipes para execução de instalações, montagens, reparos, pintura e outros serviços, em reformas de ambientes Acompanha os trabalhos, avalia os resultados e providencia os ajustes necessários Pode orientar a realização dos serviços de manutenção de equipamentos, instalações de ambientes e mobiliários fixos.

Presta assistência técnica ao cliente na compra de mobiliários, acessórios, materiais e revestimentos, compatibilizando necessidades e expectativas do cliente com as suas condições socioeconômicas e culturais Pode colaborar na criação de peças especiais, móveis e produtos.

Realiza a entrega dos serviços finalizados ao cliente, orientando-o na melhor forma de utilização de mobiliários e acessórios Pode organizar portfólio com os resultados de seus trabalhos Pode coletar, tratar e analisar dados de natureza técnica, para elaboração de laudos ou relatórios técnicos.

Realiza pesquisas nos mercados nacional e internacional e participa de exposições, mostras e feiras, para conhecer inovações em design de interiores Compatibiliza os seus projetos com as exigências legais relacionadas à segurança contra incêndio, à saúde e ao meio ambiente Observa e orienta prestadores de serviços na prevenção de acidentes, no manuseio correto de cargas e na utilização de equipamentos de proteção individual.

.

Funções do cargo

O funcionário CBO 3751-05 deve interpretar expectativas/necessidades do cliente, pesquisar produtos, materiais e imagens, elaborar projeto, demonstrar competências pessoais, executar o projeto, conceber o projeto, acompanhar o projeto.

Condições de trabalho dessas profissões

Designers de interiores, de vitrines e visual merchandiser (nível médio) os profissionais da família trabalham, basicamente, no comércio atacadista e varejista, na construção e na prestação de serviços , podendo ser encontrados também em outras atividades, como a indústria. Montam vitrines e estandes em feiras e eventos, criam e desenvolvem campanhas temáticas voltadas para a comercialização de produtos, cuidam da circulação das pessoas e da otimização da apresentação dos produtos internamente às lojas, concebem e executam projetos de design de interiores, levando em conta a estética, a funcionalidade e a ergonomia. Desenvolvem suas atividades individualmente e em equipes multidisciplinares, predominantemente por conta própria, na maioria das vezes sem supervisão. Podem trabalhar em horários variados ou irregulares, conforme as necessidades de seus clientes. Eventualmente, em algumas ocupações, alguns profissionais podem trabalhar em condições especiais, como alta temperatura ou em posições desconfortáveis por longos períodos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 3751-05

O exercício das ocupações da família, atualmente, não requer um nível de escolaridade determinado, pois no mercado convivem profissionais com formação na prática, cursos de curta duração, cursos técnicos de nível médio e formação universitária. Conforme a tendência de profissionalização que se verifica na área, pode-se afirmar que é desejável formação técnica de nível médio ou universitária, dependendo da ocupação.

Atividades exercidas por um Designer de interiores CBO 3751-05

Um Designer de interiores (ou sinônimo) deve orçar projeto, demonstrar senso estético, supervisionar execução do projeto, demonstrar capacidade de observação, demonstrar capacidade de negociação, demonstrar capacidade de organização, especificar os materiais e/ou produtos a serem utilizados, participar de exposições, mostras, feiras e congressos, demonstrar capacidade de atenção a detalhes, criar ambientes funcionais e/ou favorável ao consumo, demonstrar capacidade de contornar situações adversas, adaptar materiais e/ou produtos, alocar pontos hidráulicos, providenciar atrativos sensoriais no ambiente, alocar pontos de ar condicionado, demonstrar capacidade de persuasão, fazer levantamento métrico e/ou fotográfico, demonstrar empatia, testar produtos, materiais e/ou ferramentas, estabelecer contrato de trabalho com cliente, criar móveis e produtos, assessorar o cliente para aprovação de produtos, colaborar no desenvolvimento de produtos e materiais, alocar pontos de iluminação, conceber programação visual para espaços comerciais - merchandising, alocar pontos para informática, sugerir eventuais modificações ao projeto arquitetônico, demonstrar capacidade de liderança, montar espaços e/ou imagens que destaquem o produto, planejar a circulação, demonstrar capacidade de trabalhar sob pressão, demonstrar criatividade, demonstrar capacidade de visão espacial, demonstrar credibilidade, adequar os elementos já existentes ao espaço, pesquisar mercado, criar ambientes temáticos e estéticos, avaliar o resultado do projeto, personalizar espaço arquitetônico ou físico, selecionar fornecedores, demonstrar habilidade motora fina, elaborar estudos preliminares, alocar pontos elétricos, definir limites orçamentários do projeto, demonstrar capacidade de objetividade, apresentar em modelos e/ou maquetes soluções para o ambiente, divulgar trabalhos na mídia, elaborar o cronograma, distribuir volumes no espaço, demonstrar pró-atividade, demonstrar capacidade de trabalhar em equipe, representar graficamente soluções para o ambiente - desenho manual, autocad etc, adaptar o projeto às normas, criar peças especiais, apresentar estudo preliminar ao cliente, entrevistar cliente, demonstrar capacidade de comunicação, elaborar planta de distribuição dos espaços internos, coordenar equipes, definir programa de ações, alocar pontos de telefonia, escolher escala cromática para o ambiente, gerenciar obra ou projeto, demonstrar capacidade de administrar o tempo, fazer ajustes ao projeto, contratar serviços e profissionais especializados, manter sigilo, realizar programação visual de espaços comerciais - merchandising, demonstrar flexibilidade, demonstrar capacidade de antever problemas.

Cargos e salários CBO 3751-05 - Designers de interiores, de vitrines e visual merchandiser (nível médio)

Salário Designer de Interiores

Designer de Interiores: Brasil

  • 1.519
  • Brasil
  • 2.433 - 5.141
  • 43h
O profissional no cargo de Designer de Interiores CBO 3751-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.433 e 5.141 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 1.519 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3751-05.
Salário Designer de Interiores

Designer de Interiores: São Paulo

  • 488
  • São Paulo
  • 2.832 - 5.744
  • 43h
O profissional no cargo de Designer de Interiores CBO 3751-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 2.832 e 5.744 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 488 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3751-05.
Salário Designer de Interiores São Paulo

Designer de Interiores: São Paulo, SP

  • 252
  • São Paulo, SP
  • 3.311 - 6.853
  • 43h
O profissional no cargo de Designer de Interiores CBO 3751-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 3.311 e 6.853 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 252 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3751-05.