CBO 2621-05 - Produtor cultural - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos produtores artísticos e culturais

O profissional no cargo de Produtor cultural CBO 2621-05 Cria, produz, implementa e gerencia as etapas da produção cultural (artística, educativa, política, esportiva, turística, de negócio ou de divulgação científica), para eventos e espetáculos presenciais de diferentes portes ou em plataformas audiovisuais e multimídias Seleciona, coordena e supervisiona equipes técnicas e artísticas, bem como aspectos estruturais necessários ao desenvolvimento do projeto, elaborando e executando o fluxograma financeiro.

Atua considerando princípios éticos e legais, como legislações que regulam direitos autorais, classificação indicativa, direitos humanos, direitos da infância e da adolescência, entre outros, assim como normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 2621-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de produtores artísticos e culturais que pertence ao grupo dos comunicadores, artistas e religiosos, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Produtor cultural, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Produtores artísticos e culturais CBO 2621-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2621-05

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Produtores artísticos e culturais.
      • Comunicadores, artistas e religiosos.

O que faz um Produtor cultural

O Produtor cultural CBO 2621-05 cria, planeja, organiza a produção, implementa e coordena os recursos técnicos, financeiros e humanos de uma ou mais produções culturais Concebe projetos cênicos, circenses, musicais, entre outras manifestações culturais, artísticas, educativas, políticas, esportivas, turísticas, de preservação do patrimônio histórico cultural, material, imaterial e ambiental, de negócio ou de divulgação científica, para eventos presenciais de diferentes portes ou em plataformas audiovisuais e multimídias.

Elabora roteiros baseados em pesquisa de tendências e temáticas, considerando os objetivos do projeto, do cliente, ou ainda do público-alvo.

Adequa o projeto às exigências legais e normativas (direitos autorais, lei do incentivo, encargos sociais, etc) e reúne documentação necessária para registro nos órgãos competentes locais, regionais, estaduais e nacionais.

Elabora estratégias de marketing, avaliando elementos como situação de mercado do projeto ou cliente, objetivos e metas, público-alvo, capacidade de investimento em infraestrutura e recursos humanos, perspectivas e orientações criativas, definindo indicadores de mensuração de desempenho e resultado Realiza pré-produção do projeto estudando e decupando tecnicamente o roteiro, identificando e sistematizando exigências e condições técnicas e materiais para execução.

Constrói mapa de produção e desenvolvimento, dimensionando recursos humanos e estruturais para execução da proposta, bem como aqueles ligados à distribuição ou veiculação do produto final, evidenciando e controlando eventuais problemas como gargalos de produção, atrasos com clientes e mau dimensionamento de tempo e espaço das instalações.

Sugere, define, seleciona e contrata equipes técnicas de pré-produção, produção e pós-produção (direção, vídeo, som, iluminação, maquiagem, figurino, etc), equipes artísticas (elenco, músicos e arranjadores, locutores, mestres de cerimônia, etc.

), bem como equipamentos, espaços/locações e serviços em geral (transporte, alimentação, hospedagem, seguros, etc.

) Em projetos culturais no âmbito educativo, de preservação e resgate patrimonial histórico, imaterial, ambiental, turístico, entre outros, também define, seleciona e contrata equipes técnicas (coordenadores pedagógicos, monitores, oficineiros, biólogos, ambientalistas, historiadores, etc).

Coordena, gerencia e monitora o desenvolvimento do projeto, desde a montagem da infraestrutura, realização dos ensaios, até a execução ou gravação do evento ou espetáculo, distribuindo tarefas e realizando a gestão técnica e financeira Elabora projetos e realiza captação de recursos, benefícios e apoios Estabelece orçamento de produção, em colaboração com os vários intervenientes do projeto, acompanha-o e o justifica.

Conduz a finalização da produção, supervisionando atividades de edição e montagem de áudio e vídeo, quando necessário, atribuindo créditos à equipe, elenco, apoiadores, colaboradores e patrocinadores Zela pela qualidade técnica e estética do produto final, registrando nos órgãos competentes e viabilizando as condições de divulgação e distribuição da obra ou dos produtos.

Organiza e aplica rotinas de trabalho, registrando ocorrências e medidas de contingenciamento, comunicando intercorrências e ou ajustes aos diferentes setores envolvidos nos processos de trabalho, e produzindo relatórios, quando necessário Estabelece redes profissionais em sua área ou áreas correlatas, por meio de cursos, eventos, seminários, congressos, intercâmbios etc, podendo participar de entidades representativas do setor e de discussões sobre políticas para cinema, tv, rádio, teatro, música e internet.

Atua considerando princípios de ética profissional e normas técnicas e legais que regem o setor, como legislações que regulam direitos autorais, classificação indicativa, direitos humanos, direitos da infância e da adolescência, entre outros, assim como normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

Funções do cargo

O funcionário CBO 2621-05 deve finalizar produção, comunicar-se, implementar projetos de produção de espetáculos cênicos, audiovisuais e multimídia, gerir recursos financeiros do projeto, pré-produzir projetos cênicos, audiovisuais e multimídia, demonstrar competências pessoais, criar propostas de projetos cênicos, audiovisuais e multimídia.

Condições de trabalho dessas profissões

Produtores artísticos e culturais trabalham principalmente em atividades culturais, recreativas, desportivas, em empresas públicas ou privadas, como empregados ou prestadores de serviços. As habilidades de pesquisa, organização, supervisão e de relacionamento interpessoal são importantes para o exercício das suas atividades, as quais se desenvolvem predominantemente em equipes e em horários irregulares.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 2621-05

Essas ocupações não demandam nível de escolaridade determinado para seu desempenho, sendo possível que sua aprendizagem ocorra na prática. Seguindo a tendência de profissionalização que vem ocorrendo na área das artes, contudo, pode-se afirmar que, cada vez mais, será desejável que os profissionais apresentem escolaridade de nível superior.

Atividades exercidas por um Produtor cultural CBO 2621-05

Um Produtor cultural (ou sinônimo) deve sugerir equipe técnica em conformidade com o projeto, demonstrar capacidade de lidar com imprevistos, criar roteiro, distribuir tarefas, participar de cursos, eventos, seminários, congressos, intercâmbios etc., contratar músicos e arranjadores, levantar condições técnicas e materiais para execução do projeto, elaborar projetos para a captação de recursos, analisar qualidade do produto final, demonstrar capacidade de administrar o tempo, demonstrar capacidade de trabalhar sob pressão, construir mapa de produção, viabilizar condições de divulgação da obra, elaborar cronograma de desembolso de recursos, pesquisar temáticas, definir temática, prestar contas relativas ao projeto realizado, contratar elenco, manter intercâmbio com profissionais da área, saldar débitos, dialogar com equipes técnicas, contratar equipe e serviços de finalização, adequar conteúdo, definir identidade visual do projeto, atribuir créditos a equipe, elenco, apoiadores, colaboradores e patrocinadores, elaborar relatórios, demonstrar flexibilidade, contratar equipamentos, definir fluxograma financeiro, administrar conflitos, definir equipe técnica, contatar apoiadores, colaboradores e patrocinadores, demonstrar capacidade de persuasão, captar recursos, benefícios e apoios para a produção, pesquisar tendências, participar das discussões sobre a política voltada para cinema, tv, rádio , teatro, música e internet, demonstrar criatividade, demonstrar sensibilidade artística, acompanhar ensaios, demonstrar pró-atividade, viabilizar distribuição dos produtos, sugerir equipe artística em conformidade com o projeto, contratar locações, demonstrar capacidade de atenção difusa, socializar as informações referentes a produção, definir cronogramas, supervisionar atividades de edição e montagem de áudio e vídeo, demonstrar capacidade de liderança, demonstrar paciência, demonstrar capacidade de propor soluções, orçar projeto, identificar público-alvo, demonstrar capacidade de articulação profissional, decupar tecnicamente o roteiro, contratar serviços em geral: transporte, alimentação, hospedagem,seguros etc, controlar execução financeira, elaborar estratégias de marketing, organizar ensaios, definir meios de distribuição/veiculação, adequar projeto às exigências legais - direitos autorais, lei do incentivo, encargos sociais, etc., registrar projeto nos órgãos competentes, registrar produto final nos órgãos competentes, estudar roteiro, selecionar repertório, coordenar atividades para captação de imagens e sons, demonstrar capacidade de trabalhar em equipe, monitorar desenvolvimento do projeto, dialogar com equipes artísticas, gerenciar cronograma, contratar equipe técnica, adequar propostas aos recursos, demonstrar capacidade de conciliação.

Cargos e salários CBO 2621-05 - Produtores artísticos e culturais

Salário Produtor Cultural

Produtor Cultural: Brasil

  • 1.801
  • Brasil
  • 3.464 - 8.922
  • 41h
O profissional no cargo de Produtor Cultural CBO 2621-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.464 e 8.922 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 1.801 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2621-05.
Salário Empresário de Espetáculo

Empresário de Espetáculo: Brasil

  • 1.801
  • Brasil
  • 3.464 - 8.922
  • 41h
O profissional no cargo de Empresário de Espetáculo CBO 2621-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.464 e 8.922 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 1.801 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2621-05.
Salário Produtor Cultural

Produtor Cultural: São Paulo

  • 1.091
  • São Paulo
  • 3.314 - 8.237
  • 42h
O profissional no cargo de Produtor Cultural CBO 2621-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 3.314 e 8.237 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.091 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2621-05.
Salário Produtor Cultural São Paulo

Produtor Cultural: São Paulo, SP

  • 1.050
  • São Paulo, SP
  • 3.308 - 8.255
  • 42h
O profissional no cargo de Produtor Cultural CBO 2621-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 3.308 e 8.255 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.050 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2621-05.
Salário Empresário de Espetáculo São Paulo

Empresário de Espetáculo: São Paulo, SP

  • 1.050
  • São Paulo, SP
  • 3.308 - 8.255
  • 42h
O profissional no cargo de Empresário de Espetáculo CBO 2621-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 3.308 e 8.255 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.050 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2621-05.