CBO 2134-35 - Geólogos, oceanógrafos, geofísicos - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 2134-35 é o Código Brasileiro da Ocupação de geólogos, oceanógrafos, geofísicos que pertence ao grupo dos profissionais das ciências exatas, físicas e da engenharia, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Geólogos, oceanógrafos, geofísicos CBO 2134-35 em todos os estados e cidades do Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2134-35

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Geólogos, oceanógrafos, geofísicos.
      • Profissionais das ciências exatas, físicas e da engenharia.

Funções

explorar recursos vivos (pescado, algas e fitoplâncton) e não vivos - minerais (rochas, Água, combustíveis fósseis), pesquisar natureza geológica, geofísica e oceanográfica, difundir conhecimento geológico, geofísico e oceanográfico, prestar assessoria e consultoria, gerir atividades de proteção, conservação e reabilitação ambiental, demonstrar competências pessoais, estudar ambientes terrestres e aquáticos, controlar serviços de geologia, geofísica e oceanografia.

Atividades

testar equipamentos, demonstrar adaptabilidade, demonstrar proatividade, assessorar órgãos públicos na elaboração de políticas ambientais, demonstrar criatividade, delimitar áreas de proteção de sítios e monumentos geológicos e paleontológicos, demonstrar capacidade de lidar com situações de risco, organizar roteiros e expedições científicas, identificar sítios e monumentos geológicos e paleontológicos, adaptar métodos, técnicas e instrumentos laboratoriais e de campo, orientar programas de turismo, geoturismo e turismo ecológico, avaliar vulnerabilidade dos ecossistemas e/ou seus recursos, supervisionar laboratórios de pesquisa, controlar qualidade dos procedimentos, demonstrar visão espacial, criar programas computacionais aplicados à geologia, geofísica e oceanografia, elaborar mapas e cartas, classificar minerais, rochas e fósseis, organizar coleções e exposições, caracterizar materiais geológicos, demonstrar capacidade de agir sob pressão, interpretar dados geológicos, geofísicos, oceanográficos e batimétricos, demonstrar capacidade de observação, demonstrar visão temporal, organizar encontros científicos e técnicos, pesquisar métodos, técnicas e instrumentos laboratoriais e de campo, organizar material informativo e educativo, assessorar a regulação, licenciamento e fiscalização ambiental das atividades e empreendimentos, coletar dados geológicos, geofísicos, meteorológicos, oceanográficos e batimétricos, descrever minerais, rochas e fósseis, integrar resultados analíticos de testemunhos de sondagem e de perfilagem, coordenar projetos, medir parâmetros físicos, químicos e mecânicos de materiais geológicos, auditorar resultados, realizar diagnósticos e prognósticos, identificar minerais, rochas e fósseis, trabalhar em equipe, demonstrar senso crítico, emitir pareceres e laudos técnicos, prestar assessoria em projetos de economia mineral, trabalhar com segurança, elaborar relatórios técnicos e científicos, desenvolver métodos, técnicas e instrumentos laboratoriais e de campo, realizar perícia e arbitramento técnicos, demonstrar capacidade de visão sistêmica, demonstrar tolerância ao isolamento, planejar estudos, descrever testemunhos de sondagem.

Cargos e salários CBO 2134-35 - Geólogos, oceanógrafos, geofísicos

Salário Petrógrafo

Petrógrafo: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 8.131 - 19.856
  • 44h
O profissional no cargo de Petrógrafo CBO 2134-35 trabalhando no Brasil, ganha entre 8.131 e 19.856 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2134-35.