Engenharia Civil: Saiba tudo sobre o curso, preço, mercado de trabalho

Está pensando em fazer o curso de Engenharia Civil? Pois saiba que essa é uma área em constante crescimento no Brasil.

No ramo de Construção Civil as projeções indicam um aumento na procura por profissionais dessa área em 4,5% para 2019. O que é um excelente número levando em conta a crise que abalou o país entre 2015 e 2016.

No Brasil, para atuar como Engenheiro Civil, é preciso, obrigatoriamente, ter um diploma de Ensino Superior na área. Além de ser formado em Engenharia Civil, também é necessário ter o registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA).

Muitos jovens têm apostado nesse segmento para ter uma carreira. Isso porque, além dela estar em constante expansão, graças aos avanços tecnológicos tem aberto um leque de oportunidades.

Além de atuar como engenheiro civil, se formando na área você também poderá ocupar cargos como: Auxiliar de Topografia, Engenheiro Agrimensor, Técnico em Edificações, Engenheiro de produção, Topógrafo, Desenhista Projetista de Tubulação, Engenheiro mecânico, entre outros.

Informações sobre o curso de engenharia civil

Grade curricular

Este curso é do tipo bacharelado. Por se tratar de uma área de cálculos de precisão, o estudante terá em sua grade curricular algumas matérias mais gerais, como Matemática e Física.

Mas, além dela, também serão lecionadas disciplinas mais específicas para a área, tais como:

  • Mecânica de Solos;
  • Desenho Técnico e Estruturas de Concreto;
  • Madeira e Aço.

Essa diversidade de matérias dentro do curso é importante devido a variedade de cargos que essa formação permite ao profissional ocupar. Você pode atuar, por exemplo, como engenheiro em obras da construção civil. Outra possibilidade é trabalhar no departamento de topologia de prefeituras.

Duração do curso de Engenharia Civil

Por se tratar de um bacharelado, o curso de Engenharia Civil tem uma duração média de 5 anos. Dentro desse tempo você será apresentado a todas as particularidades dessa área.

Além disso, ao final da faculdade será necessário apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Isso se faz necessário tanto na modalidade presencial como na de educação a distância (EAD).

Preço médio das faculdades

O preço do curso de Engenharia Civil pode variar muito. Isso porque são levados em conta vários fatores.

Por exemplo, modalidades à distância tendem a custar bem mais barato que as presenciais. Confira abaixo a média de mensalidade para esse curso em três instituições de Ensino Superior reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

  • Uniasselvi (EAD): preço médio de R$ 577,00 por mês;
  • Unisa (EAD): preço médio de R$ 322,00 por mês;
  • Unicesumar (EAD) preço médio R$ 596,00 por mês;
  • Universidade Positivo (Presencial): preço médio entre R$1.995,00 e R$ 2.185,00 (conforme o turno) por mês;
  • Universidade Anhembi Morumbi (Presencial): Preço médio R$ 1.184,04 a R$ 1.339,29 (conforme o turno) por mês.
  • PUC-SP (presencial): preço médio para o 1° e 2° ano R$ 2.750,00, a partir do 3° ano R$ 3.000,00.

Uma coisa muito importante sobre o curso de Engenharia Civil é que o preço nunca deve ser o fator decisivo. Antes de optar por uma instituição sempre avalie com calma a infraestrutura dela, o corpo docente, a grade curricular e até mesmo as atividades extracurriculares.

Tudo isso irá interferir na qualidade da sua formação e deve ser levado em conta.

Áreas de atuação no mercado de trabalho

O engenheiro civil apresenta um amplo mercado de atuação. Isso porque, esse tipo de profissional pode trabalhar em diferentes áreas e não apenas na Construção Civil. Também é possível atuar nas áreas de Saneamento, Rodovias e Transportes, dentre outras.

engenharia civil

Além disso, o profissional formado em Engenharia Civil também pode atuar tanto em empresas privadas como em órgãos públicos. Os concursos dentro da área de Engenharia Civil são bastante comuns em todo o Brasil.

Outra possibilidade de atuação dentro do mercado de trabalho é como profissional autônomo. Vários profissionais atuam por conta própria prestando vários tipos de serviços, tais como: consultorias para obras de diferentes portes, análises de topografia, dentre outros.

E estamos falando apenas de quem se gradua em Engenharia Civil. Para os profissionais que se especialização em áreas específicas, o mercado de trabalho oferece ainda mais oportunidades.

Por exemplo, a área de edificações sustentáveis tem crescido muito no Brasil. Hoje já é possível encontrar uma grande gama de edifícios que utilizam diferentes inovações como tijolos ecológicos e telhados verdes.

Além disso, também é preciso lembrar que quem se forma em Engenharia Civil também pode atuar como docente. Não são todos os profissionais que desejam estar constantemente envolvidos em projetos de diferentes magnitudes.

Logo, lecionar pode ser uma excelente alternativa. Por exemplo, nos institutos federais espalhados em todo o Brasil, só é necessário ter a graduação para lecionar.

O plano de carreira para que opta pela docência é um ponto bastante positivo. Principalmente se você tiver algum mestrado ou doutorado.

Expectativa de Carreira

As expectativas para o profissional da área de Engenharia Civil também são as melhores. Isso porque, a profissão de engenheiro civil é uma das que pagam melhor no Brasil.

Segundo o Ministério do Trabalho e o Salario.com.br, um estagiário da área ganha em média R$ 1.165,97. Já um trainee tem uma remuneração média de R$ 5.203,51 a R$ 8.652,57 dependendo do porte da empresa.

Para quem atua de forma plena, a média salarial gira em torno de R$ 8.948,65. Mas isso depende tanto da experiência do profissional, como o porte da empresa. Multinacionais, por exemplo, tendem a pagar bem mais para profissionais do gênero. Isso porque os projetos são bem maiores e exigem vasta experiência na área, e muitas vezes especializações.

Salario engenheiro civil por porte da empresa
Salários de engenheiros civis por porte da empresa e nível profissional (Fonte: CAGED / MTE e Salario.com.br em salário de engenheiro civil)

Para quem deseja atuar dentro do setor público a média salarial também se mantém a mesma. A diferença são os benefícios e o plano de carreira que acabam sendo melhores.

Já quem deseja atuar por conta própria pode duplicar esses rendimentos. Apesar do negócio próprio exigir mais foco e trabalho, os ganhos acabam sendo um ponto super positivo.

Se você está interessado em cursar Engenharia Civil, saiba que essa é uma excelente área para se ingressar. Além de ter um amplo leque de oportunidades de atuação no mercado de trabalho, a possibilidade de crescimento é muito alta!

Comente sobre Engenharia Civil: Saiba tudo sobre o curso, preço, mercado de trabalho

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Please enter your name here