CBO 9921-05 - Alinhador de pneus - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores elementares de serviços de manutenção veicular

O profissional no cargo de Alinhador de pneus CBO 9921-05 realiza alinhamento veicular, utilizando ferramentas, máquinas e instrumentos específicos, para ajustar os ângulos das rodas, das colunas de suspensão e de componentes do sistema de direção Providencia o balanceamento do conjunto roda e pneu.

Faz verificações específicas – de amortecedores, da torção nos eixos dianteiro e traseiro, de freios, entre outras -, providenciando a substituição de peças defeituosas Realiza a manutenção básica de ferramentas, instrumentos, máquinas e equipamentos Cumpre normas técnicas, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

CBO 9921-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores elementares de serviços de manutenção veicular que pertence ao grupo dos outros trabalhadores da conservação, manutenção e reparação, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Alinhador de pneus, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores elementares de serviços de manutenção veicular CBO 9921-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 9921-05

  • Trabalhadores em serviços de reparação e manutenção.
    • Trabalhadores elementares de serviços de manutenção veicular.
      • Outros trabalhadores da conservação, manutenção e reparação.

O que faz um Alinhador de pneus

O Alinhador de pneus CBO 9921-05 prepara o processo de alinhamento veicular interpretando especificações de cada tipo de veículo, consultando catálogos e outros meios de divulgação de informações técnicas do fabricante, a fim de definir as medidas geométricas específicas que devem ser observadas no alinhamento Verifica a calibragem do equipamento, aplicando as técnicas requeridas, para assegurar a precisão do processo de alinhamento.

Posiciona adequadamente o veículo na rampa de alinhamento, dirigindo o veículo ou orientando as manobras por meio de sinais.

Centraliza o veículo na rampa de alinhamento e em seus pratos, para evitar desnivelamento – especialmente dos veículos pesados – durante o alinhamento Coloca as travas de segurança nos pneus, utilizando ferramentas manuais, para evitar o retorno ou a queda do veículo.

Centraliza as garras de alinhamento nas rodas, aplicando elásticos de segurança, verificando possíveis falhas em calotas, ovalação da roda e outros detalhes, para evitar erros de alinhamento Retira travas dos pratos dianteiros e traseiros, por meio da técnica apropriada, para deixar o veículo livre para o alinhamento.

Coloca seta no volante, utilizando material específico, para criar uma referência nas operações de alinhamento.

Verifica condições do pneu e calibra-o Providencia o balanceamento do conjunto roda e pneu antes de proceder ao alinhamento.

Verifica folga de cubo e manga de eixo.

Investiga folgas dos pivôs superiores e inferiores Verifica terminal e caixa de direção Verifica amortecedores e seus componentes.

Mede alinhamento do chassi Verifica borrachas da barra de torção e do estabilizador de direção Verifica freios.

Verifica cambagem e caster dos eixos dianteiro e traseiro Inspeciona atravessamento de eixos traseiro e dianteiro.

Verifica torção nos eixos dianteiro e traseiro Nos veículos de linha leve, verifica molas espirais e buchas, de bandejas inferior e superior Nos veículos de linha pesada, regula eixo do estirante, coloca calço no estirante, quando necessário, verifica conjunto de feixe de molas, verifica bexiga de ar da suspensão dianteira e traseira, e verifica borrachas da barra de torção acima do diferencial.

Nas diversas verificações, ao identificar peças com defeito, providencia sua substituição ou encaminha para o setor responsável, que providenciará a substituição, antes de realizar o alinhamento Realiza o alinhamento veicular de caster, de cambagem e de ângulos de convergência e divergência Faz as verificações dos componentes dos sistemas de direção e suspensão.

Executa o alinhamento de rodas por meio das técnicas apropriadas, para manter rodas, colunas de suspensão e componentes de direção alinhados – conforme padrões do fabricante – com a carroceria Pode utilizar máquinas de alinhamento com recursos de visualização tridimensional Preenche documentação técnica relacionada aos trabalhos, tais como relatórios de controle do processo, requisições de material e fichas técnicas.

Conserva o local de trabalho limpo e organizado Mantém materiais organizados e acondicionados Realiza manutenção básica de ferramentas, instrumentos, máquinas e equipamentos utilizados, limpando, lubrificando e realizando pequenos reparos Sinaliza equipamentos com defeito e solicita manutenções corretivas Realiza o descarte de resíduos de acordo com normas ambientais.

Segue procedimentos de segurança, utilizando equipamentos de proteção individual (EPI) e verificando as condições de segurança de ferramentas, instrumentos, máquinas e equipamentos.

Funções do cargo

O funcionário CBO 9921-05 deve trocar pneus, balancear conjunto roda e pneu, realizar alinhamento, demonstrar competências pessoais, consertar pneus a frio e a quente.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores elementares de serviços de manutenção veicular atuam no segmento de transportes terrestres e na venda, manutenção e reparação de veículos automotores. Trabalham por conta própria ou como autônomos, em equipe, sem supervisão, no caso do borracheiro, e com supervisão permanente (demais ocupações). O trabalho é presencial, realizado em ambiente fechado, durante o dia. O borracheiro também pode trabalhar a céu aberto e no período noturno. Em suas atividades diárias, podem permanecer durante longos períodos em posições desconfortáveis. Podem também permanecer expostos à ação de materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 9921-05

Para o exercício dessas ocupações requer-se a quarta série do ensino fundamental e curso básico de qualificação profissional em torno de duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência profissional.

Atividades exercidas por um Alinhador de pneus CBO 9921-05

Um Alinhador de pneus (ou sinônimo) deve erguer veículos, utilizar ferramentas adequadas, verificar pivôs das bandejas de suspensão, demonstrar responsabilidade, trabalhar em equipe, verificar cambagem e caster dos eixos dianteiros e traseiros, verificar amortecedores e seus componentes, trabalhar com segurança, utilizar equipamentos de proteção individual, verificar conjunto de feixe de molas - linha pesada, verificar bexiga de ar da suspensão dianteira e traseira - linha pesada, medir alinhamento do chassi, verificar buchas de bandeja inferior e superior - linha leve, verificar borrachas da barra de torção e do estabilizador de direção, verificar ovalação da roda, verificar freios, demonstrar conhecimentos básicos em mecânica de veículos, calibrar pneu, demonstrar senso de observação, demonstrar pontualidade, colocar calço no estirante quando necessário - linha pesada, inspecionar pneu, verificar torsão nos eixos dianteiro e traseiro, participar em reuniões da cipa, demonstrar eficiência, demonstrar capacidade de resistência física, posicionar macaco na base do carro, colocar cavalete no eixo do carro, demonstrar atenção pelos clientes, demonstrar educação, inspecionar atravessamento de eixo traseiro e dianteiro, retirar cavalete e macaco hidráulico, demonstrar capacidade de organização, verificar folga de cubo e manga de eixo, verificar terminal e caixa de direção, verificar borrachas da barra de torsão acima do diferencial - linha pesada, demonstrar paciência, investigar folgas dos pivôs superiores e inferiores, regular eixo do estirante - linha pesada, verificar condições do pneu, examinar pneu, demonstrar senso de humor, posicionar cavalete de segurança, verificar molas espirais - linha leve.

Cargos e salários CBO 9921-05 - Trabalhadores elementares de serviços de manutenção veicular

Salário Alinhador de Pneus

Alinhador de Pneus: Brasil

  • 5.758
  • Brasil
  • 1.748 - 2.998
  • 43h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.748 e 2.998 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 5.758 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.
Salário Alinhador de Pneus São Paulo

Alinhador de Pneus: São Paulo, SP

  • 242
  • São Paulo, SP
  • 2.056 - 3.158
  • 43h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 2.056 e 3.158 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 242 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.
Salário Alinhador de Pneus

Alinhador de Pneus: Minas Gerais

  • 682
  • Minas Gerais
  • 1.653 - 2.606
  • 44h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 1.653 e 2.606 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 682 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.
Salário Alinhador de Pneus

Alinhador de Pneus: São Paulo

  • 1.542
  • São Paulo
  • 1.964 - 2.997
  • 44h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 1.964 e 2.997 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1.542 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.
Salário Alinhador de Pneus Fortaleza

Alinhador de Pneus: Fortaleza, CE

  • 85
  • Fortaleza, CE
  • 1.464 - 1.983
  • 43h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando em Fortaleza - CE, ganha entre 1.464 e 1.983 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 85 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.
Salário Alinhador de Pneus Teresina

Alinhador de Pneus: Teresina, PI

  • 24
  • Teresina, PI
  • 1.412 - 1.971
  • 44h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando em Teresina - PI, ganha entre 1.412 e 1.971 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 24 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.
Salário Alinhador de Pneus Belém

Alinhador de Pneus: Belém, PA

  • 16
  • Belém, PA
  • 1.312 - 1.872
  • 43h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando em Belém - PA, ganha entre 1.312 e 1.872 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.
Salário Alinhador de Pneus Belo Horizonte

Alinhador de Pneus: Belo Horizonte, MG

  • 92
  • Belo Horizonte, MG
  • 1.592 - 2.266
  • 43h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 1.592 e 2.266 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 92 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.
Salário Alinhador de Pneus Rio de Janeiro

Alinhador de Pneus: Rio de Janeiro, RJ

  • 103
  • Rio de Janeiro, RJ
  • 1.584 - 2.486
  • 43h
O profissional no cargo de Alinhador de Pneus CBO 9921-05 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 1.584 e 2.486 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 103 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 9921-05.