CBO 7832-30 - Bloqueiro (trabalhador portuário) - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores de cargas e descargas de mercadorias

O profissional no cargo de Bloqueiro (trabalhador portuário) CBO 7832-30 realiza atividades de fixação de cargas e de limpeza e conservação, em embarcações e instalações portuárias Define material para escoramento e para amarração de cargas.

Seleciona material para forração de porões e convés Atua de acordo com normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 7832-30 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores de cargas e descargas de mercadorias que pertence ao grupo dos trabalhadores de funções transversais, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Bloqueiro (trabalhador portuário), atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores de cargas e descargas de mercadorias CBO 7832-30 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7832-30

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores de cargas e descargas de mercadorias.
      • Trabalhadores de funções transversais.

O que faz um Bloqueiro (trabalhador portuário)

O Bloqueiro (trabalhador portuário) CBO 7832-30 verifica plano de carga, para definir material para escoramento e para amarração Corta madeira para escoramento.

Realiza o escoramento e a amarração (peação) de cargas.

Verifica a amarração feita, examinando a fixação das cargas, para movimentação da embarcação Realiza a desamarração (despeação) da carga.

Pode colaborar na instalação de separadores de carga e na distribuição de materiais e produtos, em compartimentos da embarcação Pode realizar atividades de proteção de carga, envolvendo-a com plástico e rede.

Executa limpeza de armazéns portuários e retroportuários.

Realiza atividades de limpeza de porões, máquinas e tanques de embarcações Faz baldeação (lavagem) do convés.

Seleciona material para forração e forra porões e convés.

Realiza serviços de conservação de embarcações e de seus tanques, fazendo batimento (retirada) de ferrugem, pintura, reparos de pequena monta e serviços correlatos Organiza os locais de trabalho Mantém os instrumentos de trabalho em plenas condições de uso.

Seleciona materiais reutilizáveis e faz o descarte de resíduos de modo ecologicamente adequado.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7832-30 deve operar equipamentos de carga e descarga, movimentar mercadorias e cargas em navios, aeronaves, caminhões, vagões e instalações portuárias, entregar e coletar encomendas, realizar atividades de limpeza e conservação, fixar cargas, controlar qualidade dos serviços prestados, preparar cargas e descargas de mercadorias, demonstrar competências pessoais.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores de cargas e descargas de mercadorias os cargos dessa família CBO exercem suas funções em empresas de transporte terrestre, aéreo e aquaviário e naquelas cujas atividades são consideradas anexas e auxiliares do ramo de transporte. Os trabalhadores das ocupações carregador (aeronaves) e carregador (armazém) são contratados na condição de trabalhador assalariado, com carteira assinada, enquanto aqueles das ocupações ajudante de motorista, carregador (veículos de transportes terrestres) e estivador atuam como autônomos e, portanto, sem vínculos empregatícios. Os amarradores e desamarradores de embarcações podem trabalhar com carteira assinada ou como avulsos. A maioria dos trabalhadores da ocupação bloqueiro e dos trabalhadores portuários de capatazia atuam como avulsos e portanto sem vínculo empregatício. Trabalham, dependendo da ocupação e do tamanho do meio de transporte, em duplas ou em grupos, sob supervisão ocasional e também permanente, em ambientes fechados, a céu aberto e em veículos. Podem trabalhar no período diurno, em rodízio de turnos diurno e noturno e em horários irregulares. Podem trabalhar em posições desconfortáveis durante longos períodos, em grandes alturas e confinados. Por vezes podem estar expostos a radiação, ruído intenso, altas temperaturas e a materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7832-30

Para o exercício dessas ocupações não se requer nenhuma escolaridade exceto para a ocupação bloqueiro e trabalhador portuário de capatazia para cujo exercício é exigido a 4a série do 1o grau. Não se requer cursos de qualificação exceto para o trabalhador portuário de capatazia de quem é exigido curso básico de até 200 horas. Não se exige experiência profissional para o bloqueiro e para o trabalhador portuário de capatazia o tempo de experiência exigido para o desempenho pleno da função para as demais ocupações é de menos de um ano.

Atividades exercidas por um Bloqueiro (trabalhador portuário) CBO 7832-30

Um Bloqueiro (trabalhador portuário) (ou sinônimo) deve distribuir carga em paletes, tonéis e contêineres, operar ponte rolante para carga e descarga de mercadorias, demonstrar capacidade de coordenação motora, escorar tambores, dispor cargas em racks móveis e fixos, escorar cargas, demonstrar capacidade de avaliar riscos, demonstrar capacidade de cumprir normas e procedimentos, verificar plano de carga, distribuir mercadorias nos compartimentos de aeronaves, navios, vagões e caminhões, conforme escala, cortar madeira para escoramento/estroncamento, limpar armazéns portuários e retroportuários, realizar pintura e conservação, verificar amarração de carga para movimentação, instalar separadores de carga, definir material para escoramento /estroncamento, limpar máquinas e tanques, usar epi, demonstrar destreza manual, demonstrar senso de responsabilidade, definir material para forração, fazer amarração de mercadorias e cargas - peação e despeação, limpar porões, controlar tempo de execução dos serviços, definir material para amarração - peação, demonstrar organização, forrar porões e convés, demonstrar capacidade de adaptação, demonstrar atenção, reconhecer limites da capacidade física, operar guindaste de bordo, terra, sob rodas e trilhos, realizar reparos de pequena monta, envolver carga com plástico e rede, operar empilhadeiras, trabalhar com segurança, tomar iniciativa, bater ferrugem, realizar baldeação - lavagem, escorar produto siderúrgico, trabalhar em equipe.

Cargos e salários CBO 7832-30 - Trabalhadores de cargas e descargas de mercadorias

Salário Bloqueiro (Trabalhador Portuário)

Bloqueiro (Trabalhador Portuário): Brasil

  • 733
  • Brasil
  • 2.197 - 4.567
  • 42h
O profissional no cargo de Bloqueiro (Trabalhador Portuário) CBO 7832-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.197 e 4.567 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 733 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7832-30.
Salário Bloquista (trabalhador Portuário)

Bloquista (trabalhador Portuário): Brasil

  • 733
  • Brasil
  • 2.197 - 4.567
  • 42h
O profissional no cargo de Bloquista (trabalhador Portuário) CBO 7832-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.197 e 4.567 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 733 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7832-30.
Salário Peador (trabalhador Portuário)

Peador (trabalhador Portuário): Brasil

  • 721
  • Brasil
  • 2.230 - 4.720
  • 42h
O profissional no cargo de Peador (trabalhador Portuário) CBO 7832-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.230 e 4.720 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 721 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7832-30.
Salário Trabalhador Portuário de Bloco

Trabalhador Portuário de Bloco: Brasil

  • 733
  • Brasil
  • 2.197 - 4.567
  • 42h
O profissional no cargo de Trabalhador Portuário de Bloco CBO 7832-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.197 e 4.567 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 733 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7832-30.