CBO 7831-10 - Manobrador - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores de manobras de transportes sobre trilhos

O profissional no cargo de Manobrador CBO 7831-10 orienta e controla a execução de manobras de trens, guiando os maquinistas via rádio ou por sinais manuais ou luminosos, realizando o acoplamento e o desacoplamento de vagões de carga e carros de passageiros, operando aparelho de mudança de via (AMV), e efetuando o estacionamento dos trens Planeja a execução das manobras, examinando a programação.

Inspeciona os veículos ferroviários, executando pequenos reparos Atua conforme procedimentos, normas regulamentadoras de transporte de pessoas e de cargas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 7831-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores de manobras de transportes sobre trilhos que pertence ao grupo dos trabalhadores de funções transversais, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Manobrador, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores de manobras de transportes sobre trilhos CBO 7831-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7831-10

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores de manobras de transportes sobre trilhos.
      • Trabalhadores de funções transversais.

O que faz um Manobrador

O Manobrador CBO 7831-10 planeja a execução de manobras de trens, examinando a programação, verificando os tipos de vagões e seus destinos, e identificando bitolas e linhas Confere freios manuais e calços.

Engata mangueiras e abre torneira angular de ar.

Orienta os maquinistas via rádio ou por sinais manuais ou luminosos Prepara o acoplamento de vagões de carga e carros de passageiros, examinando a bitola das linhas e aproximando a máquina.

Verifica a posição, alinha e conecta engate no trem Confirma engate e conecta plugues ou jumpers entre vagões e locomotivas.

Verifica calço do trem.

Opera aparelho de mudança de via (AMV), conferindo e destravando a posição da chave Aciona chave manual e verifica ponta da agulha.

Trava a chave na posição desejada.

Abre o aparelho de mudança de via, limpando e lubrificando a chave Efetua o estacionamento do trem dentro do marco, acionando freio de emergência ou de serviço Aciona freio manual dos vagões.

Calça o trem Recarrega freio, se necessário Comunica ao Centro de Controle Operacional (CCO) o recolhimento de trens e a situação do pátio.

Inspeciona os veículos ferroviários, vistoriando o estado físico dos vagões e verificando o fechamento de suas portas ou seus lacres Executa pequenos reparos nos vagões.

Limpa as locomotivas, abastecendo-as com areia Comunica anormalidades à área de manutenção Prepara o desacoplamento de vagões e carros, aplicando freio de serviço de emergência no veículo.

Fecha a torneira de ar e desengata as mangueiras, prendendo-as no suporte Desacopla plugues ou jumpers e aciona a alavanca de corte do engate Trabalha com segurança, utilizando equipamentos de proteção individual, fazendo sinais manuais ou luminosos de alerta, verificando os sistemas de freios e a timoneira, e retirando obstáculos dos trilhos.

Orienta as pessoas sobre as áreas de risco, utilizando rádio transceptor.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7831-10 deve desacoplar vagões e carros, observar normas de segurança, estacionar trem, demonstrar competências pessoais, revisar veículos ferroviários, manobrar veículos ferroviários, controlar pátio de manobras, operar amv - aparelho de mudança de via, acoplar vagões e carros.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores de manobras de transportes sobre trilhos atuam em empresas ferroviárias de transporte de carga e de passageiros como assalariados com carteira assinada. Trabalham em equipe, sob supervisão ocasional, no sistema de rodízio de turnos (diurno/noturno) e a céu aberto. O agente de pátio atua também em ambiente fechado e o manobrador, em veículos. Trabalham sob pressão, o que pode levá-los à situação de estresse. Em algumas atividades podem estar sujeitos à exposição de materiais tóxicos, a ruído intenso e aos perigos inerentes a trabalhos realizados em rede aérea elétrica.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7831-10

Para o exercício da ocupação de manobrador requer-se ensino fundamental para o de agente de pátio, ensino médio. A formação profissional ocorre mediante curso básico de qualificação, com carga horária entre duzentas e quatrocentas horas-aula, realizado na própria empresa ou em instituições de formação profissional. O pleno desempenho das atividades é alcançado com a prática profissional no posto de trabalho.

Atividades exercidas por um Manobrador CBO 7831-10

Um Manobrador (ou sinônimo) deve verificar fechamento das portas ou lacres dos vagões, confirmar engate, abrir mandíbulas, limpar locomotivas, demonstrar visão logística, assumir responsabilidades, verificar sistemas de freios, aproximar máquina do vagão, demonstrar força física, verificar bitola das linhas, comunicar descarrilamento de trens, conectar adaptador de engate no trem, aplicar procedimentos de primeiros socorros, orientar maquinista via rádio ou por sinais manuais, utilizar epi, alinhar engates, travar chave na posição desejada, cumprir ordens, exprimir polidez, engatar mangueiras de ar, verificar posição dos engates, abrir torneira angular de ar, sinalizar manualmente, verificar ponta da agulha, limpar chave, conectar engate no trem, desengatar mangueiras, retirar obstáculos dos trilhos, deixar trem dentro do marco, demonstrar humildade, abastecer locomotiva com areia, demonstrar paciência, informar situação do pátio, verificar calço do trem, comunicar-se com cco sobre recolhimento de trens, manifestar prudência, atentar para anormalidades, manter confidencialidade acerca de acidentes, utilizar sinais luminosos, executar programação de manobras, aplicar freio de serviço de emergência no veículo, calçar o trem, acionar freio manual dos vagões, inspecionar estado físico dos vagões, acompanhar descarregamento quando houver anormalidade, fechar a torneira de ar, mostrar-se atento, demonstrar agilidade, separar locomotiva dos vagões, conferir freios manuais e calços, inspecionar timoneira, averiguar local onde o trem está estacionado, comunicar anormalidades a área de manutenção, identificar bitolas e linhas, certificar-se das manobras nos pátios, executar pequenos reparos nos vagões, lubrificar chave, acionar freio de emergência ou de serviço, conectar plugues ou jumpers entre vagões locomotivas, identificar tipo de vagão e destino, atualizar-se, acionar chave manual, demonstrar presteza, recarregar freio se necessário, conferir posição da chave, acompanhar cauda do trem, combinar manobra com o manobrista, destravar a chave, executar engate, demonstrar iniciativa, acompanhar maquinistas em viagem, acionar alavanca de corte do engate, engatar máquina nos vagões, abrir amv, utilizar rádio transceptor, prender mangueira no suporte, desacoplar plugues ou jumpers, demonstrar autocontrole.

Cargos e salários CBO 7831-10 - Trabalhadores de manobras de transportes sobre trilhos

Salário Manobrista de Ferrovia

Manobrista de Ferrovia: Minas Gerais

  • 1.105
  • Minas Gerais
  • 1.574 - 2.347
  • 42h
O profissional no cargo de Manobrista de Ferrovia CBO 7831-10 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 1.574 e 2.347 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.105 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Manobrista de Trem São Paulo

Manobrista de Trem: São Paulo, SP

  • 1.414
  • São Paulo, SP
  • 1.879 - 2.617
  • 42h
O profissional no cargo de Manobrista de Trem CBO 7831-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.879 e 2.617 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.414 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Manobrista de Trem Rio de Janeiro

Manobrista de Trem: Rio de Janeiro, RJ

  • 282
  • Rio de Janeiro, RJ
  • 1.503 - 2.194
  • 41h
O profissional no cargo de Manobrista de Trem CBO 7831-10 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 1.503 e 2.194 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 282 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Manobrista de Trem Curitiba

Manobrista de Trem: Curitiba, PR

  • 397
  • Curitiba, PR
  • 1.632 - 2.361
  • 43h
O profissional no cargo de Manobrista de Trem CBO 7831-10 trabalhando em Curitiba - PR, ganha entre 1.632 e 2.361 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 397 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Manobrista de Trem

Manobrista de Trem: Paraná

  • 495
  • Paraná
  • 1.684 - 2.466
  • 43h
O profissional no cargo de Manobrista de Trem CBO 7831-10 trabalhando em Paraná, ganha entre 1.684 e 2.466 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 495 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Manobrista de Trem Belo Horizonte

Manobrista de Trem: Belo Horizonte, MG

  • 388
  • Belo Horizonte, MG
  • 1.539 - 2.267
  • 42h
O profissional no cargo de Manobrista de Trem CBO 7831-10 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 1.539 e 2.267 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 388 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Manobrista de Trem Maringá

Manobrista de Trem: Maringá, PR

  • 21
  • Maringá, PR
  • 1.581 - 2.342
  • 44h
O profissional no cargo de Manobrista de Trem CBO 7831-10 trabalhando em Maringá - PR, ganha entre 1.581 e 2.342 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 21 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Maquinista de Manobras

Maquinista de Manobras: Minas Gerais

  • 1.105
  • Minas Gerais
  • 1.574 - 2.347
  • 42h
O profissional no cargo de Maquinista de Manobras CBO 7831-10 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 1.574 e 2.347 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.105 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Maquinista de Manobras São Luís

Maquinista de Manobras: São Luís, MA

  • 35
  • São Luís, MA
  • 1.714 - 2.762
  • 43h
O profissional no cargo de Maquinista de Manobras CBO 7831-10 trabalhando em São Luís - MA, ganha entre 1.714 e 2.762 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 35 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Maquinista de Manobras São Paulo

Maquinista de Manobras: São Paulo, SP

  • 1.414
  • São Paulo, SP
  • 1.879 - 2.617
  • 42h
O profissional no cargo de Maquinista de Manobras CBO 7831-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.879 e 2.617 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.414 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) Goiânia

Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias): Goiânia, GO

  • 102
  • Goiânia, GO
  • 1.636 - 2.501
  • 42h
O profissional no cargo de Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) CBO 7831-10 trabalhando em Goiânia - GO, ganha entre 1.636 e 2.501 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 102 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) São Paulo

Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias): São Paulo, SP

  • 1.414
  • São Paulo, SP
  • 1.879 - 2.617
  • 42h
O profissional no cargo de Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) CBO 7831-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.879 e 2.617 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.414 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias)

Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias): São Paulo

  • 2.581
  • São Paulo
  • 1.919 - 2.764
  • 43h
O profissional no cargo de Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) CBO 7831-10 trabalhando em São Paulo, ganha entre 1.919 e 2.764 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 2.581 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias)

Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias): Paraná

  • 495
  • Paraná
  • 1.684 - 2.466
  • 43h
O profissional no cargo de Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) CBO 7831-10 trabalhando em Paraná, ganha entre 1.684 e 2.466 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 495 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) Curitiba

Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias): Curitiba, PR

  • 397
  • Curitiba, PR
  • 1.632 - 2.361
  • 43h
O profissional no cargo de Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) CBO 7831-10 trabalhando em Curitiba - PR, ganha entre 1.632 e 2.361 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 397 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.
Salário Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias)

Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias): Minas Gerais

  • 1.105
  • Minas Gerais
  • 1.574 - 2.347
  • 42h
O profissional no cargo de Operador de Manobras (auxiliar de Ferrovias) CBO 7831-10 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 1.574 e 2.347 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.105 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7831-10.