CBO 7687-05 - Gravador, à mão (encadernação) - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos encadernadores e recuperadores de livros (pequenos lotes ou a unidade)

O profissional no cargo de Gravador, à mão (encadernação) CBO 7687-05 realiza - manualmente e à máquina - encadernação de documentos, tais como livros, trabalhos acadêmicos (dissertações, monografias e teses) e catálogos Executa gravação de letras, números, símbolos e ilustrações na capa e na lombada dos documentos encadernados.

Pode usar máquinas automáticas de encadernação Pode utilizar impressora digital de gravação a quente (“hot stamp”) Reúne-se com cliente para discutir os planos de encadernação e gravação.

Realiza manutenção básica de máquinas e equipamentos Cumpre normas técnicas, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção contra incêndios e de preservação ambiental

CBO 7687-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de encadernadores e recuperadores de livros (pequenos lotes ou a unidade) que pertence ao grupo dos trabalhadores nas indústrias têxtil, do curtimento, do vestúario e das artes gráficas, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Gravador, à mão (encadernação), atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Encadernadores e recuperadores de livros (pequenos lotes ou a unidade) CBO 7687-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7687-05

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Encadernadores e recuperadores de livros (pequenos lotes ou a unidade).
      • Trabalhadores nas indústrias têxtil, do curtimento, do vestúario e das artes gráficas.

O que faz um Gravador, à mão (encadernação)

O Gravador, à mão (encadernação) CBO 7687-05 planeja as atividades de encadernação e de gravação de capa e lombada dos documentos encadernados Seleciona instrumentos e acessórios, tais como tesoura, espátula, régua, dobradeira de osso e pincel.

Verifica a disponibilidade de materiais, como cola, tintas, linhas, entre outros.

Prepara máquinas e equipamentos para uso, tais como prensa e guilhotina Elabora planos de encadernação e gravação, reunindo-se com cliente para discussão e aprovação da proposta.

Prepara a encadernação - manual ou à máquina - de impressos diversos, ordenando as folhas, dobrando-as e colocando-as em sequência, para formar os cadernos Analisa o tipo mais adequado de encadernação, entre canoa ou grampo – em que capa e miolo são grampeados, duplo anel (“wire-o”) – com uso de espiral com arames metálicos duplos em furos quadrados, brochura ou lombada quadrada – em que o miolo é colado na capa através da aplicação de cola na lombada -, ou outro tipo.

Seleciona normalmente brochura, no caso de livros e outros documentos destinados a grande manuseio.

Realiza encadernação manual, prensando os cadernos para colagem, passando cola no dorso do conjunto de cadernos, serrotando ou furando o material no dorso, costurando com linha ou barbante, cortando e colando guardas e contraguardas, refilando o material, colocando cabeceado e tecido, e prendendo as capas Realiza encadernação à máquina, montando os cadernos, costurando-os à máquina, comprimindo-os em uma prensa, para formar o corpo do volume, recortando os lados dos cadernos com guilhotina mecânica, para uniformizar suas dimensões, modelando a lombada e abrindo os sulcos de articulação das capas em máquina, e formando o volume encadernado.

Encapa o volume, colando capa e contracapa.

Comprime o volume em prensa, para dar-lhe o acabamento Pode usar máquinas automáticas de encadernação Grava letras, números, símbolos e ilustrações para decorar a capa e a lombada de livros e de outros materiais encadernados.

Efetua a gravação manualmente, traçando linhas de referência sobre a capa, para servir de orientação no trabalho, selecionando a matriz do motivo a reproduzir, aplicando a matriz, previamente aquecida, sobre a capa, pressionando a matriz, com uso das linhas de referência como orientação Pode executar gravações em ouro, em prata ou em cores Limpa os excessos de material.

Faz a impressão a quente, utilizando equipamento de gravação a quente (“hot stamp”), selecionando tipos, linhas e entrelinhas ou clichês, aquecendo a chapa, efetuando os ajustes de temperatura e pressão de processo, prensando a quente, escolhendo fita - tal como dourada, prateada, colorida, com efeito holográfico ou outra - para estampagem a quente, e imprimindo na capa ou lombada Pode imprimir em relevo.

Verifica a impressão, retirando os excessos, a fim de garantir a qualidade do produto Pode utilizar impressora digital de gravação a quente (“hot stamp”) Mantém registros diários de produção, usando formulários específicos.

Preenche requisição de materiais Conserva o local de trabalho limpo e organizado Mantém instrumentos e acessórios limpos, organizados e acondicionados.

Realiza manutenção básica de máquinas e equipamentos, limpando, lubrificando e fazendo pequenos reparos Requisita manutenção corretiva, no caso de identificação de falhas de funcionamento Controla desperdício de material, reaproveitando sobras e fazendo descarte de resíduos de acordo com normas ambientais.

Trabalha com segurança, prevenindo acidentes, mantendo postura ergonomicamente correta e utilizando equipamentos de proteção individual.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7687-05 deve encadernar manualmente impressos diversos - folhas soltas, fazer gravação hot stamp, fazer encadernação clássica, dourar manualmente, realizar impressão hot stamp, demonstrar competências pessoais, encadernação com cadernos.

Condições de trabalho dessas profissões

Encadernadores e recuperadores de livros (pequenos lotes ou a unidade) podem trabalhar como assalariados, registrados em carteira ou como autônomos. Trabalham em empresas de edição, impressão e reprodução de gravações. Atuam, também, na restauração e recuperação gráfica e artística para deixar a peça em seu estado original. Trabalham de forma individual e sob supervisão ocasional. Em algumas atividades, o trabalhador permanece em posições desconfortáveis durante longos períodos e em contato com materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7687-05

O exercício dessas ocupações requer ensino fundamental seguido de curso de qualificação profissional de duzentas a quatrocentas horas- aula. O exercício pleno das atividades demanda um ano de prática.

Atividades exercidas por um Gravador, à mão (encadernação) CBO 7687-05

Um Gravador, à mão (encadernação) (ou sinônimo) deve montar título no componedor, cortar papelão, revestir papelões, refilar material, selecionar tipos, linhas e entrelinhas ou clichês, limpar os excessos, cortar revestimento, montar blocos, aquecer componedor, gravar a quente com bobina ou folha de ouro, aguardar secagem da impressão, imprimir com fita na napa nua ou com papelão, selecionar tipos, retirar excessos, fazer relevo seco do título, prensar os documentos e folhas para colagem, costurar com linha ou barbante, demonstrar criatividade, encaixar rama na máquina., prender capas nos barbantes, demonstrar capacidade de elaboração de relatório de atividade, fazer gravação hot stamp ou serigrafia, passar cola nos documentos e folhas no dorso, bater encaixe, demonstrar responsabilidade, colocar cabeceado e tecido no material, demonstrar capacidade de concentração no trabalho, aquecer a chapa, fazer engradação na rama, compor chapa, conferir documentos e folhas, furar material no dorso ou serrotar, cortar guardas e contra-guardas, refilar encadernação, prensar a quente com bobina, verificar autor, título e volume, colar guardas e contra-guardas no material, anexar capas, colar guarda nas capas, demonstrar higiene na execução do trabalho.

Cargos e salários CBO 7687-05 - Encadernadores e recuperadores de livros (pequenos lotes ou a unidade)

Salário Gravador À Mão (Encadernação)

Gravador À Mão (Encadernação): Brasil

  • 488
  • Brasil
  • 1.712 - 3.042
  • 43h
O profissional no cargo de Gravador À Mão (Encadernação) CBO 7687-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.712 e 3.042 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 488 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7687-05.
Salário Dourador

Dourador: Brasil

  • 488
  • Brasil
  • 1.712 - 3.042
  • 43h
O profissional no cargo de Dourador CBO 7687-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.712 e 3.042 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 488 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7687-05.
Salário Gravador

Gravador: Brasil

  • 488
  • Brasil
  • 1.712 - 3.042
  • 43h
O profissional no cargo de Gravador CBO 7687-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.712 e 3.042 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 488 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7687-05.
Salário Gravador de Lombadas de Livros

Gravador de Lombadas de Livros: Brasil

  • 488
  • Brasil
  • 1.712 - 3.042
  • 43h
O profissional no cargo de Gravador de Lombadas de Livros CBO 7687-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.712 e 3.042 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 488 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7687-05.