CBO 7623-25 - Operador de máquinas do acabamento de couros e peles - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores do acabamento de couros e peles

O profissional no cargo de Operador de máquinas do acabamento de couros e peles CBO 7623-25 opera máquinas no acabamento final do couro, fixando camadas de produtos - como óleos, resinas, pigmentos, entre outros -, e executando polimento, prensagens, estampagem e aplicações de efeitos diversos, para conferir ao artigo de couro apresentação e aspecto definitivo Encerra o processo de acabamento final com a etapa de medição, utilizando máquina de medir elétrica ou eletrônica.

Realiza avaliação visual do acabamento final do couro Participa na execução da manutenção produtiva total das máquinas Registra dados do acabamento final em fichas técnicas.

Aplica princípios de Produção mais Limpa Cumpre normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção contra incêndios e de preservação ambiental

CBO 7623-25 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores do acabamento de couros e peles que pertence ao grupo dos trabalhadores nas indústrias têxtil, do curtimento, do vestúario e das artes gráficas, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Operador de máquinas do acabamento de couros e peles, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores do acabamento de couros e peles CBO 7623-25 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7623-25

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores do acabamento de couros e peles.
      • Trabalhadores nas indústrias têxtil, do curtimento, do vestúario e das artes gráficas.

O que faz um Operador de máquinas do acabamento de couros e peles

O Operador de máquinas do acabamento de couros e peles CBO 7623-25 prepara-se para realizar acabamento final do couro, que confere ao artigo de couro - tal como peça de vestuário, estofamento de móvel, entre outros -, apresentação e aspecto definitivo Verifica, em ordem de serviço, o tratamento a ser feito para embelezar o couro e proporcionar-lhe durabilidade, resistência, sensação de toque e proteção.

Pode realizar tratamentos específicos a um tipo de artigo ou comuns a vários tipos.

Executa aplicações das camadas de acabamento, iniciando com um pré-fundo ou fundo, passando a capas intermediárias e finalizando com o “top final”, em que fixa todo o sistema, incorporando ainda sensações de toque e aspectos de maior ou menor brilho Utiliza diversos produtos - como ceras, óleos, resinas de vários tipos, emulsões fixadoras, pigmentos, entre outros -, que podem ser aplicados por meio aquoso ou por meio solvente, conforme o tipo de artigo.

Realiza processos mecânicos, que podem ser intermediários – entre as aplicações de acabamento – ou finais Pode realizar operações de polimento, prensagens, estampagem e aplicações de efeitos diversos.

Faz as aplicações dos acabamentos em diversas máquinas.

Opera, entre outras, máquinas rotativas contínuas, com finalidades de estampagem, incrustação e esmaltagem, máquina para amaciar, em que o couro é esticado para receber óleos naturais, máquina de escovar e polir, para reavivar – com uso de cilindros de escova - nobuk e camurça, e máquinas de polimento, que usa cilindro rotativo de vários materiais – como lã e linho – para melhorar a aparência do couro Pode ajustar pressão e temperatura da máquina e tempo de processamento, de acordo com o artigo de couro.

Encerra o processo de acabamento final com a etapa de medição.

Mede a área do couro ou seu peso, utilizando máquina de medir elétrica ou eletrônica Realiza avaliação visual do acabamento final do artigo de couro Registra, em fichas técnicas, os dados dos processos de acabamento final.

Encaminha as fichas técnicas, em sistema informatizado, à administração da produção Aplica os princípios de Produção mais Limpa, monitorando o consumo de energia elétrica durante a operação das máquinas Participa na execução de manutenção produtiva total das máquinas, evitando paradas desnecessárias durante os processos de acabamento final.

Conserva local de trabalho limpo e organizado Mantém instrumentos limpos, organizados e acondicionados.

Zela pela segurança, prevenindo acidentes e utilizando equipamentos de proteção individual e coletiva Participa de treinamentos da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) Atua de acordo com regras de segurança da empresa, eliminando situações de riscos.

Pode prestar primeiros socorros.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7623-25 deve operar máquinas e equipamentos, recurtir couros, demonstrar competências pessoais, controlar processos e operações do acabamento de couros e peles.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores do acabamento de couros e peles atuam na preparação de couros, principalmente na fase de acabamento. São empregados com carteira assinada, trabalham geralmente em equipe, sob supervisão permanente e em rodízio de turnos. Em algumas atividades podem permanecer exposto a materiais tóxicos e ruído intenso.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7623-25

O exercício dessas ocupações requer escolaridade, qualificação profissional e experiência profissional distintas. O operador de máquinas e o matizador de couros e peles devem ter, respectivamente, ensino fundamental e ensino médio concluídos bem como curso de qualificação profissional com a duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência profissional, para o primeiro, e de três a quatro anos, para o segundo. Para as outras ocupações requer-se entre a quarta e a sétima séries do ensino fundamental. A qualificação profissional ocorre com a experiência prática no próprio local de trabalho e o desempenho pleno das atividades é alcançado em até dois anos de experiência profissional.

Atividades exercidas por um Operador de máquinas do acabamento de couros e peles CBO 7623-25

Um Operador de máquinas do acabamento de couros e peles (ou sinônimo) deve avaliar as condições de funcionamento das máquinas, respeitar normas de segurança, trabalhar em equipe, zelar pela preservação do meio-ambiente, abastecer máquinas com couros e insumos, interpretar os parâmetros da operação, carregar fulão, conferir atravessamanto de produtos químicos no couro, interpretar a receita do processo de recurtimento, trabalhar com ética, demonstrar capacidade de comunicação, demonstrar coordenação motora, limpar máquinas, medir ph de couros e banhos, interpretar ordem se serviço, trabalhar com responsabilidade, regular velocidade, temperatura, pressão e vazão de operação de máquinas, medir tempo de recurtimento e secagem de couros, demonstrar atenção, descarregar fulão, aceitar idéias novas, avaliar nivel de absorção de produtos químicos pelo couro, evidenciar auto-controle, pesar couros e insumos para o acabamento de couros e peles, manifestar iniciativa, adicionar produtos quimicos no fulão, medir temperatura do recurtimento e secagem de couros.

Cargos e salários CBO 7623-25 - Trabalhadores do acabamento de couros e peles

Salário Operador de Maquinas do Acabamento de Couros e Peles

Operador de Maquinas do Acabamento de Couros e Peles: Brasil

  • 1.133
  • Brasil
  • 1.814 - 2.996
  • 43h
O profissional no cargo de Operador de Maquinas do Acabamento de Couros e Peles CBO 7623-25 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.814 e 2.996 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 1.133 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7623-25.