CBO 7510-15 - Joalheiro (reparações) - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos joalheiros e lapidadores de gemas

O profissional no cargo de Joalheiro (reparações) CBO 7510-15 executa a reparação de joias, desmontando-as, verificando componentes reaproveitáveis, desgastados ou defeituosos, preparando moldes dos componentes a serem substituídos, fabricando os componentes da estrutura das joias, por meio da execução de fundição e conformação de metais, realizando a montagem de joias, com encaixe, ajustagem, soldagem e colagem de componentes reaproveitados e substituídos, efetuando a cravação das gemas, e realizando acabamento Controla a qualidade do processo de reparação executado.

Planeja a reparação de joias, interpretando ordem de serviço Realiza manutenção básica em máquinas e equipamentos Cumpre normas e procedimentos técnicos, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção contra incêndios e de preservação ambiental.

CBO 7510-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de joalheiros e lapidadores de gemas que pertence ao grupo dos joalheiros, vidreiros, ceramistas, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Joalheiro (reparações), atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Joalheiros e lapidadores de gemas CBO 7510-15 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7510-15

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Joalheiros e lapidadores de gemas.
      • Joalheiros, vidreiros, ceramistas.

O que faz um Joalheiro (reparações)

O Joalheiro (reparações) CBO 7510-15 planeja as atividades, interpretando ordem de serviço Examina a joia, avaliando a viabilidade de sua reparação.

Seleciona máquinas, equipamentos, ferramentas, instrumentos e materiais.

Define as etapas e a sequência de trabalho Requisita gemas e metais preciosos e semipreciosos necessários à reparação.

Verifica as propriedades estéticas e funcionais da joia a ser reparada, podendo orientar-se por desenhos, modelos ou especificações técnicas disponíveis Desmonta a joia, verificando componentes reaproveitáveis, desgastados ou defeituosos.

Desenha modelos de componentes da joia para substituição, definindo medidas, volumes e espessuras, para posterior prototipagem e produção de moldes e formas.

Confecciona componentes da estrutura da joia, aplicando processos metalúrgicos e mecânicos Funde metais, alimentando equipamentos de fundição, controlando tempo e temperatura de fusão, resfriando e extraindo peças fundidas de moldes e formas, e limpando superfícies.

Realiza conformação, laminando, trefilando, recozendo, estampando e dobrando metais.

Confecciona engaste, cortando, limando, furando e/ou executando outra operação similar no metal, para possibilitar a cravação das gemas Efetua o corte, o desbaste, o polimento e a lavragem de gemas, utilizando equipamentos de serrar e lapidar Executa a montagem da joia, encaixando, ajustando e substituindo componentes.

Utiliza processo de soldagem e técnicas de união mecânica de peças e elementos de junção, tais como rebites, garras, argolas, pinos e parafusos Pode aplicar técnicas de união química, por meio do uso de materiais adesivos, como resinas e colas Realiza a cravação de gema, posicionando-a e prendendo-a com as guarnições ou cercaduras de metal.

Realiza acabamento de joias, após reparos e restaurações, fazendo ajustes e aplicando processos – tais como de texturização, de esmaltação, de galvanização, dentre outros - para obter um aspecto brilhante e espelhado na superfície Finaliza o acabamento, realizando polimento – com uso de pastas e escovas de polir acionadas, geralmente, por motor de alta rotação -, para eliminar resíduos e acentuar o efeito estético da joia.

Controla a qualidade do processo e do produto reparado, considerando parâmetros operacionais, estéticos e funcionais Inspeciona cor, forma e propriedades físicas de gemas e metais, fixação e posicionamento, dimensões e formas das partes que compõem a joia Pode orientar sobre técnicas e procedimentos para acondicionamento, limpeza e conservação da joia reparada.

Pode reparar semijoias, adequando os processos às características dos metais e demais materiais de que são feitos seus componentes Realiza manutenção básica em máquinas e equipamentos, fazendo sua limpeza e lubrificação e executando ajustes Afia ferramentas manuais de corte.

Requisita manutenção corretiva de máquinas e equipamentos, quando necessário Elabora relatórios de reparos e preenche fichas de controle e fichas de requisição de materiais e serviços Conserva o local de trabalho limpo e organizado.

Mantém máquinas, equipamentos, ferramentas e instrumentos limpos, organizados e acondicionados Evita desperdícios, separando sobras de materiais para reciclagem Promove o descarte e a destinação de resíduos de acordo com diretrizes normatizadas e procedimentos, a fim de manter os processos alinhados aos conceitos e às práticas de desenvolvimento sustentável Aplica normas e procedimentos de segurança, utilizando equipamentos de proteção individual e desenvolvendo ações de prevenção de acidentes de trabalho.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7510-15 deve preparar materiais para fabricação e reparação de jóias, bijouterias e lapidação de gemas, demonstrar competências pessoais, fundir metais preciosos e semi-preciosos, montar jóias e bijouterias, conformar metais preciosos e semi-preciosos, realizar manutenção preditiva em máquinas, equipamentos e ferramentas, planejar lapidação de gemas e fabricação de jóias, realizar acabamento em jóias, bijouterias e gemas, controlar qualidade dos processo de transformação de gemas e metais preciosos e semi-preciosos.

Condições de trabalho dessas profissões

Joalheiros e lapidadores de gemas esses profissionais são absorvidos no mercado de trabalho pelas indústrias: extrativas minerais não metálicas, de fabricação de produtos de metal e minerais não metálicos, de fabricação de móveis e indústrias diversas. Atuam em locais fechados nos horários diurnos. São empregados assalariados com registro em carteira que trabalham de forma individual, sob supervisão permanente. Eventualmente podem sofrer exposição a ruídos e material tóxico.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7510-15

Para ingressar nessas ocupações é necessário ter concluído o ensino fundamental acrescido de um curso profissionalizante de joalheria e lapidação de gemas entre duzentas a quatrocentas horas-aula, ministrado em escolas profissionalizantes. O exercício pleno da atividade ocorre após dois anos de experiência atuando na área. Vale destacar que os cursos ligados à área de joalheria, normalmente, têm uma maior carga horária por abranger atividades que envolvem projeto, criação e confecção de jóias.

Atividades exercidas por um Joalheiro (reparações) CBO 7510-15

Um Joalheiro (reparações) (ou sinônimo) deve selecionar máquinas, equipamentos, ferramentas e materiais, diamantar jóias, resfriar peças fundidas, perseverar, demonstrar habilidades manuais, posicionar jóias, bijouterias e gemas conforme especificações técnicas, preparar soluções químicas para limpeza, preparar ligas de metais, reparar componentes, identificar imperfeições, decapar materiais quimicamente, classificar gemas e metais, alimentar equipamento de fundição com metais, confeccionar tubos de revestimento, recozer metais, martelar jóias e bijouterias, demonstrar senso de organização, controlar pesos de gemas e metais, aplicar resinas, lubrificar máquinas, equipamentos e ferramentas, inspecionar cor, forma e pureza de gemas e metais, ajustar máquinas e equipamentos, polir jóias, bijouterias e gemas, resistir a frustração, requisitar manutenção corretiva de máquinas e equipamentos, demonstrar acuidade visual, laminar metais, limpar máquinas, equipamentos e ferramentas, demonstrar rapidez de raciocínio, interpretar desenhos e especificações técnicas, limpar superfícies de peças fundidas, aquecer metais até ponto de fusão, encaixar componentes, trefilar metais, controlar tempos de fundição, afiar ferramentas manuais de corte, verter metais fundidos em moldes e fôrmas, remover resíduos, controlar dimensões angulares, pinar componentes, determinar seqüência de fabricação de jóias e bijouterias, colar componentes, demonstrar criatividade, soldar componentes, orientar-se por detalhes, realizar a disposição de ferramentas e equipamentos, conferir quantidades de materiais, comparar resultados dos processsos de conformação de materiais com especificações técnicas, secar materiais, dar provas de confiabilidade, controlar temperaturas de fundição, medir dimensões lineares, ajustar componentes, rebitar componentes, extrair peças fundidas dos moldes, dobrar metais, requisitar gemas e metais preciosos e semi-preciosos, estampar metais, dar provas de atenção concentrada, jatear jóias e bijouterias.

Cargos e salários CBO 7510-15 - Joalheiros e lapidadores de gemas

Salário Joalheiro (Reparações)

Joalheiro (Reparações): Brasil

  • 165
  • Brasil
  • 1.700 - 2.680
  • 43h
O profissional no cargo de Joalheiro (Reparações) CBO 7510-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.700 e 2.680 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 165 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7510-15.
Salário Joalheiro na Reparação

Joalheiro na Reparação: Brasil

  • 165
  • Brasil
  • 1.700 - 2.680
  • 43h
O profissional no cargo de Joalheiro na Reparação CBO 7510-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.700 e 2.680 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 165 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7510-15.