CBO 7256-05 - Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 7256-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de montadores de sistemas e estruturas de aeronaves que pertence ao grupo dos montadores de máquinas e aparelhos mecânicos, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves CBO 7256-05 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7256-05

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores da transformação de metais e de compósitos.
      • Montadores de máquinas e aparelhos mecânicos.
        • Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves.

Descrição dos cargos da categoria Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves

Os Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves CBO 7256-05 montam sistemas e estruturas de aeronaves, montam sistemas elétricos e equipamentos eletrônicos, lêem e interpretam documentação técnica. Fabricam componentes de estruturas das aeronaves. Instalam sistemas elétricos e equipamentos eletrônicos, sistemas hidráulicos, de trens de pouso, de comando de vôo, de combustível, de oxigênio, pneumáticos, de ar condicionado e de pressurização, sistemas moto-propulsores e unidades auxiliares de partida, sistemas de hélice, rotor e instrumentos de controle de aeronaves. Ensaiam sistemas, motores e componentes. Trabalham comprometidos com a segurança de vôo e de pessoas.

Condições de trabalho

Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves os profissionais dessas ocupações são empregados assalariados, com registro em carteira que se organizam em equipe, sob supervisão permanente de profissionais de nível superior. Trabalham em ambientes fechados e, ou abertos, em turnos diurnos ou noturnos. Atuam principalmente em indústrias de transporte aéreo. Podem executar algumas atividades que os submetem a pressões e posições desconfortáveis ou exposições a material tóxico, ruídos e radiação.

Exigências do mercado de trabalho

Essas ocupações são exercidas por profissionais que completaram o curso técnico de nível médio em mecânica, preferencialmente nas áreas de montagem de sistemas e estruturas de aeronaves. É a prática profissional superior a três anos após formado que os qualificam para o pleno exercício na área.

Funções dos Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves CBO 7256-05

Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves devem:

  • demonstrar competências pessoais;
  • instalar sistemas pneumáticos, de ar condicionado e pressurização;
  • montar sistema elétrico e equipamentos eletrônicos;
  • ensaiar sistemas da aeronave;
  • ler e interpretar documentação técnica;
  • instalar sistemas de hélice e rotor na aeronave;
  • trabalhar comprometido com a segurança de voo e das pessoas;
  • instalar sistema de comando de voo;
  • fabricar componentes da estrutura da aeronave;
  • montar estrutura da aeronave;
  • instalar sistemas hidráulicos;
  • instalar sistema motopropulsor e unidade auxiliar de partida;
  • instalar sistema de oxigênio;
  • Atividades dos cargos CBO 7256-05

    Entre as principais atribuições dos Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves CBO 7256-05 estão as de:

    • montar elementos filtrantes;
    • sugerir melhorias nos processos de montagem e fabricação;
    • instalar sensores de despressurização;
    • instalar equipamentos anemo-barométricos;
    • instalar componentes de controle de voo;
    • comunicar discrepâncias nas características técnicas dos componentes;
    • estabelecer o centro de gravidade da aeronave;
    • efetuar limpeza do sistema de ar condicionado;
    • ensaiar componentes do sistema eletrônico;
    • zelar pela segurança de voo durante o processo de construção da aeronave;
    • instalar instrumentos de rádio navegação;
    • fabricar suporte do motor;
    • ensaiar motor da aeronave;
    • montar sensores de temperatura;
    • balancear spinners;
    • disponibilizar equipamentos de combate a incêndio nas áreas de trabalho;
    • montar árvores de transmissão;
    • montar portas na estrutura;
    • verificar condições gerais dos equipamentos eletrônicos;
    • instalar berço do motor;
    • relacionar-se adequadamente com toda a equipe de trabalho;
    • montar hélices;
    • seguir normas de trabalho estabelecidas;
    • agir com profissionalismo, responsabilidade e transparência;
    • instalar sistema pneumático do motor;
    • operar equipamentos de combate a incêndios;
    • receber treinamento e habilitação para a função;
    • utilizar ferramentas específicas para as operações de montagem;
    • instalar sistema de detecção e extinção de fogo;
    • participar nas ações definidas pela cipa e comissão de segurança;
    • obedecer normas de segurança - realização de ensaios de radar e sinais de alta frequência de rádio;
    • pré-equipar o motor da aeronave;
    • consultar sistematicamente a documentação técnica durante o serviço;
    • ensaiar instrumentos pós-montagem;
    • conectar sistema de combustível;
    • controlar condições de montagem e isolamento da cablagem;
    • ensaiar sistema hidráulicos;
    • montar transmissão traseira da aeronave;
    • ensaiar vedação da aeronave;
    • fabricar peças primárias para montagem dos subconjuntos;
    • regular batentes de comando;
    • trabalhar comprometido com a qualidade;
    • instalar canopi;
    • manter a integridade dos componentes durante manuseio e transporte;
    • instalar máscaras por oxigênio;
    • conectar sistema hidráulico;
    • instalar spinners;
    • montar painéis elétricos;
    • ler e interpretar textos técnicos em idioma estrangeiro;
    • lubrificar componentes do sistema;
    • ensaiar componentes instalados no sistema motopropulsor;
    • instalar mangueiras de ligação;
    • instalar asas na fuselagem;
    • cumprir normas de segurança em situações de testes operacionais;
    • socializar conhecimentos;
    • regular sistema de compensadores;
    • calibrar bússolas magnéticas e elétricas;
    • instalar suportes para equipamentos;
    • ensaiar sistema de oxigênio;
    • atender normas de limpeza no interior da aeronave;
    • prevenir explosões por meio de destanqueamento do sistema de combustível;
    • montar compressor do sistema de ar condicionado;
    • buscar autodesenvolvimento;
    • balancear comandos de voo;
    • descontaminar sistema hidráulico;
    • prevenir contaminação dos diversos sistemas da aeronave;
    • conectar sistema de lubrificação;
    • ensaiar sistema de comando de voo;
    • montar conjunto do mastro;
    • ligar comandos do motor;
    • aplicar selagem e vedação na estrutura;
    • instalar sistema de descongelamento;
    • montar conjunto de transmissão principal;
    • regular o sistema pneumático e de pressurização;
    • garantir o aterramento na fixação dos componentes;
    • prestar informações para revisão da documentação técnica;
    • fabricar peças de materiais compósitos;
    • instalar instrumentos de controle de voo;
    • montar superfícies de comando de voo;
    • interpretar ordens de serviço, montagem e fabricação;
    • cumprir as normas de trabalho definidas pela empresa;
    • montar carenagem;
    • instalar válvulas de pressurização;
    • instalar instrumentos de controle do motopropulsor;
    • fabricar peças para montagem da asa;
    • regular governador de hélices;
    • preparar superfícies externas para instalação dos acessórios;
    • atender aos procedimentos de segurança no manuseio de inflamáveis;
    • montar cabeça do rotor principal;
    • fabricar superfícies de comando de voo da aeronave;
    • promover a limpeza e organização da área de trabalho;
    • instalar bombas de vácuo;
    • montar seções da fuselagem;
    • interpretar procedimentos de fabricação e montagem;
    • instalar sistema de exaustão de gases de combustão;
    • interpretar esquemas elétricos de montagem;
    • montar suportes de fixação dos sistemas de comando;
    • verificar condições gerais dos componentes elétricos;
    • ensaiar sistema de trem de pouso;
    • montar reservatório do sistema;
    • identificar possíveis irregularidades nas peças;
    • instalar sistema anticongelamento;
    • instalar atuadores do sistema do piloto atomático;
    • efetuar pesagem e balanceamento da superfície de comando;
    • montar pás do rotor de cauda;
    • montar peças das portas;
    • montar governador de hélices;
    • ensaiar componentes do sistema elétrico;
    • lacrar componentes instalados;
    • montar componentes da asa;
    • isolar área na execução de ensaios de sistemas pressurizados;
    • montar peças da cabine da aeronave;
    • manter a ética profissional;
    • ajustar tensionamento de cabos de comando;
    • instalar sistema de arrefecimento;
    • balancear hélices;
    • montar tubulações do sistema de ar condicionado;
    • proteger tubulações contra a entrada de corpos estranhos;
    • montar válvulas reguladoras;
    • atuar de maneira organizada;
    • instalar reservatório de pressão;
    • cumprir instruções de segurança na área de movimentação de aeronaves 'fod';
    • assegurar a integridade dos conectores durante a fase de montagem;
    • montar conjunto de condensador e evaporador;
    • regular atuadores do sistema;
    • ativar capacidade de acumulação de carga de baterias;
    • interpretar desenhos de projeto;
    • aplicar procedimentos conforme normas técnicas;
    • instalar manômetros e válvulas reguladoras;
    • instalar motor;
    • montar bombas principais e de emergência;
    • montar pás do rotor principal;
    • utilizar equipamentos adequados na limpeza dos ambientes;
    • efetuar limpeza do sistema;
    • ensaiar o sistema de ar condicionado;
    • reabastecer sistema de oxigênio;
    • participar de treinamentos de atualização profissional;
    • realizar a junção das estruturas;
    • abastecer sistema de ar condicionado;
    • montar filtros e secadores;
    • metalizar junções da estrutura eliminando energia estática;
    • ensaiar sistema de combustível;
    • montar cablagem da aeronave;
    • liderar e ser liderado no trabalho em equipe;
    • montar tubulações do sistema;
    • instalar equipamentos eletrônicos;
    • ensaiar sistema de piloto automático;
    • montar interior da aeronave;
    • instalar válvulas de sangria;
    • lubrificar mancais;
    • ensaiar o sistema pneumático e de pressurização;
    • abastecer o sistema;
    • efetuar calibração do 'adf' quanto a erro quadrantal;
    • pressurizar o sistema;
    • utilizar epi's e ou epc's especificados por área e tipo de serviço;

    Cargos e salários CBO 7256-05 - Montadores de sistemas e estruturas de aeronaves

    Salário Técnico Mecânico Aeronáutico

    Técnico Mecânico Aeronáutico: Brasil

    • 429
    • Brasil
    • 2.458 - 4.760
    • 43h
    O profissional no cargo de Técnico Mecânico Aeronáutico CBO 7256-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.458 e 4.760 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 429 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7256-05.
    Salário Montador de Estruturas de Aeronaves

    Montador de Estruturas de Aeronaves: Brasil

    • 429
    • Brasil
    • 2.458 - 4.760
    • 43h
    O profissional no cargo de Montador de Estruturas de Aeronaves CBO 7256-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.458 e 4.760 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 429 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7256-05.
    Salário Mecânico de Manutenção Aeronáutica

    Mecânico de Manutenção Aeronáutica: Brasil

    • 429
    • Brasil
    • 2.458 - 4.760
    • 43h
    O profissional no cargo de Mecânico de Manutenção Aeronáutica CBO 7256-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.458 e 4.760 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 429 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7256-05.
    Salário Técnico em Manutenção Aeronáutica

    Técnico em Manutenção Aeronáutica: Brasil

    • 429
    • Brasil
    • 2.458 - 4.760
    • 43h
    O profissional no cargo de Técnico em Manutenção Aeronáutica CBO 7256-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.458 e 4.760 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 429 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7256-05.
    Salário Técnico em Montagem Aeronáutica

    Técnico em Montagem Aeronáutica: Brasil

    • 429
    • Brasil
    • 2.458 - 4.760
    • 43h
    O profissional no cargo de Técnico em Montagem Aeronáutica CBO 7256-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.458 e 4.760 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 429 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7256-05.