CBO 7244-05 - Caldeireiro (chapas de cobre) - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores de caldeiraria e serralheria

O profissional no cargo de Caldeireiro (chapas de cobre) CBO 7244-05 planeja, fabrica, monta, instala e repara peças, subconjuntos e conjuntos - de cobre e outros materiais metálicos não ferrosos - em caldeiraria, utilizando diversificados tipos de máquinas, equipamentos, instrumentos e ferramentas Aplica métodos e técnicas de caldeiraria e prepara as etapas do processo de produção, consultando desenhos, documentação e especificações técnicas.

Seleciona e utiliza máquinas, equipamentos, ferramentas, instrumentos, materiais e acessórios Organiza, limpa, protege e isola o local de trabalho Cumpre normas técnicas, procedimentos de controle de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

CBO 7244-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores de caldeiraria e serralheria que pertence ao grupo dos trabalhadores da transformação de metais e de compósitos, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Caldeireiro (chapas de cobre), atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores de caldeiraria e serralheria CBO 7244-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7244-05

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores de caldeiraria e serralheria.
      • Trabalhadores da transformação de metais e de compósitos.

O que faz um Caldeireiro (chapas de cobre)

O Caldeireiro (chapas de cobre) CBO 7244-05 planeja o trabalho de fabricação, montagem, instalação e reparação de peças - de cobre e outros materiais metálicos não ferrosos - em caldeiraria, a partir do projeto Define técnicas, materiais, máquinas, equipamentos, instrumentos, ferramentas e acessórios, tendo em vista a construção de caldeiras, tanques, vasos de pressão, fornos, chaminés e outras peças e estruturas metálicas.

Prepara peças, construindo dispositivos e gabaritos.

Executa traçagem, corte, desempeno, chanfradura, esmerilhamento e conformação, dentre outros métodos de fabricação metalmecânica no âmbito da caldeiraria Pode usar, na preparação de peças, máquinas-ferramenta com comando numérico computadorizado (CNC).

Monta e instala peças, executando esquadrejamento, nivelamento, fixação, vedação e soldagem com brasagem, dentre outros procedimentos de montagem mecânica - como a montagem de tubulação - no âmbito da caldeiraria Verifica etapas de fabricação, montagem e reparo de peças no que se refere às condições da chapa, às marcações, às dimensões, aos ângulos do chanfro e ao acabamento.

Pode realizar testes e ensaios na montagem de peças, subconjuntos e conjuntos.

Ajusta e controla parâmetros e variáveis do processo, verificando o cumprimento das etapas em função das especificações técnicas do projeto Repara peças, subconjuntos e conjuntos, realizando reparos e substituições, por processos de recorte, de modelagem ou por outros meios.

Pode executar operações de soldagem na fabricação, montagem e recuperação de peças, subconjuntos e conjuntos.

Pode elaborar documentação técnica, tais como requisição de material, ordem de serviço e relatórios Organiza o local de trabalho, isolando e limpando a área de atuação, seguindo procedimentos de manuseio e armazenamento de materiais, máquinas, equipamentos, ferramentas, instrumentos e acessórios Segue rigorosamente normas regulamentadoras e procedimentos de segurança e saúde no trabalho em processos de caldeiraria e soldagem, cumprindo a utilização de equipamentos de proteção individual e coletiva.

Mantém tais equipamentos organizados, acondicionados e em plenas condições de uso e funcionamento Aplica procedimentos de qualidade e produtividade na realização das atividades Cumpre normas de preservação ambiental, descartando e destinando resíduos de acordo com normas e procedimentos.

.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7244-05 deve preparar peças, verificar etapas dos processos de fabricação e reparo, demonstrar competências pessoais, montar peças, reparar obra, garantir segurança no local de trabalho, planejar trabalho, organizar local de trabalho.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores de caldeiraria e serralheria os trabalhadores desta família podem desempenhar suas atividades em indústrias como por exemplo, metalmecânicas, de fabricação de veículos e outros equipamentos de transporte, construção civil e seu vínculo de trabalho predominante é como empregado com carteira. Podem,também, prestar serviços de confecção e reparação como autônomos ou por conta-própria. O seu trabalho costuma se desenvolver de forma individual, normalmente em turnos diurnos, submetido a supervisão permanente. No exercício das suas atividades esses profissionais tendem a ficar em posições desconfortáveis por longos períodos, podendo trabalhar em grandes alturas ou em ambientes confinados. No exercício de algumas de suas atividades, podem estar sujeitos aos efeitos de materiais tóxicos, radiação, ruído e altas temperaturas.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7244-05

As ocupações requerem nível de instrução mínimo equivalente ao ensino fundamental (ou 1ºgrau completo) e sua aprendizagem poderá se dar por intermédio de cursos de qualificação profissional de curta duração até duzentas horas é desejável que os titulares das ocupações apresentem experiência anterior por um período de três a quatro anos.

Atividades exercidas por um Caldeireiro (chapas de cobre) CBO 7244-05

Um Caldeireiro (chapas de cobre) (ou sinônimo) deve conservar ferramentas e máquinas, recuperar peça, soldar peça com brasagem, demonstrar espírito de equipe, desenvolver percepção visual, vedar peça, planejar o reparo, providenciar liberação do local de trabalho, chanfrar peças, cortar peças, fabricar gabaritos, desempenar peças, verificar as dimensões do corte, nivelar peça, desenvolver resistência física, selecionar máquinas e ferramentas, demonstrar habilidade manual, zelar pela limpeza e organização, fixar peça - por rebite, parafuso, ponto de solda, etc., interpretar projeto, montar tubulações, organizar ferramentas e máquinas, demonstrar criatividade, avaliar condições finais da peça, desenvolver concentração, traçar peças de acordo com medidas do projeto, interpretar ordem de serviço, determinar material para execução do projeto, verificar as condições da chapa, trabalhar em áreas de risco, esquadrejar peça, determinar local para depósito de materiais e ferramentas, definir equipamentos de proteção individual, sinalizar área de risco, obedecer as normas de segurança do trabalho, preparar local de trabalho, esmerilhar peças, conformar peças, utilizar equipamentos de proteção individual, utilizar equipamentos de proteção coletiva, substituir peças, examinar marcações da peça, examinar ângulos do chanfro, participar da avaliação da obra, verificar especificações do projeto.

Cargos e salários CBO 7244-05 - Trabalhadores de caldeiraria e serralheria

Salário Caldeireiro (Chapas de Cobre)

Caldeireiro (Chapas de Cobre): Brasil

  • 10.346
  • Brasil
  • 3.002 - 5.298
  • 43h
O profissional no cargo de Caldeireiro (Chapas de Cobre) CBO 7244-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.002 e 5.298 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 10.346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7244-05.
Salário Caldeireiro (Chapas de Cobre) Rio de Janeiro

Caldeireiro (Chapas de Cobre): Rio de Janeiro, RJ

  • 142
  • Rio de Janeiro, RJ
  • 3.105 - 4.756
  • 40h
O profissional no cargo de Caldeireiro (Chapas de Cobre) CBO 7244-05 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 3.105 e 4.756 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 142 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7244-05.
Salário Caldeireiro (Chapas de Cobre) Sertãozinho

Caldeireiro (Chapas de Cobre): Sertãozinho, SP

  • 110
  • Sertãozinho, SP
  • 4.249 - 6.292
  • 44h
O profissional no cargo de Caldeireiro (Chapas de Cobre) CBO 7244-05 trabalhando em Sertãozinho - SP, ganha entre 4.249 e 6.292 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 110 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7244-05.
Salário Caldeireiro (Chapas de Cobre)

Caldeireiro (Chapas de Cobre): Bahia

  • 731
  • Bahia
  • 2.956 - 5.114
  • 44h
O profissional no cargo de Caldeireiro (Chapas de Cobre) CBO 7244-05 trabalhando em Bahia, ganha entre 2.956 e 5.114 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 731 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7244-05.
Salário Caldeireiro (Chapas de Cobre) São Paulo

Caldeireiro (Chapas de Cobre): São Paulo, SP

  • 3.176
  • São Paulo, SP
  • 2.777 - 4.167
  • 43h
O profissional no cargo de Caldeireiro (Chapas de Cobre) CBO 7244-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 2.777 e 4.167 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.176 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7244-05.
Salário Caldeireiro (Chapas de Cobre)

Caldeireiro (Chapas de Cobre): Rio de Janeiro

  • 262
  • Rio de Janeiro
  • 2.851 - 4.484
  • 42h
O profissional no cargo de Caldeireiro (Chapas de Cobre) CBO 7244-05 trabalhando em Rio de Janeiro, ganha entre 2.851 e 4.484 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 262 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7244-05.
Salário Caldeireiro (Chapas de Cobre)

Caldeireiro (Chapas de Cobre): Minas Gerais

  • 791
  • Minas Gerais
  • 2.621 - 4.030
  • 44h
O profissional no cargo de Caldeireiro (Chapas de Cobre) CBO 7244-05 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 2.621 e 4.030 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 791 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7244-05.