CBO 7224-10 - Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 7224-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas que pertence ao grupo dos trabalhadores de conformação de metais e de compósitos, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas CBO 7224-10 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7224-10

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores da transformação de metais e de compósitos.
      • Trabalhadores de conformação de metais e de compósitos.
        • Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas.

Descrição dos cargos da categoria Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas

Os Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas CBO 7224-10 abastecem máquinas e operam equipamentos para trefilar metais, extrudar perfis e produzir cabos metálicos, realizam tratamento térmico e dão acabamento em produtos. Monitoram os processos cumprindo normas e procedimentos técnicos de qualidade, segurança, meio ambiente e saúde.

Condições de trabalho

Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas atuam em metalurgia básica, na fabricação de produtos de metal, na condição de trabalho assalariado. Durante a jornada de trabalho podem permanecer longos períodos em posições desconfortáveis, sujeitos à irradiação de calor e pressão por cumprimento de metas de produção.

Exigências do mercado de trabalho

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental. A qualificação é feita no próprio emprego e o desempenho pleno das atividades demanda de um a dois anos de experiência.

Funções dos Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas CBO 7224-10

Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas devem:

  • abastecer máquinas;
  • demonstrar competências pessoais;
  • trefilar a matéria prima;
  • produzir cabos metálicos;
  • realizar tratamento térmico;
  • extrudar perfis;
  • dar acabamento em produtos;
  • Atividades dos cargos CBO 7224-10

    Entre as principais atribuições dos Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas CBO 7224-10 estão as de:

    • usar equipamentos de proteção individual;
    • prender a matéria prima no sistema de tracionamento;
    • avaliar a qualidade superficial e dimensional do produto extrudado;
    • demonstrar habilidade de manusear instrumentos de medição;
    • monitorar o processo de tratamento;
    • pré-formar o cabo;
    • passar a matéria prima pela matriz para iniciar a trefilação;
    • estirar os perfis extrudados;
    • desempenar tubos trefilados;
    • abastecer o forno de tratamento térmico;
    • inspecionar qualidade superficial de produtos;
    • serrar perfis extrudados;
    • estabilizar os cabos;
    • armazenar os produtos;
    • trabalhar em equipe;
    • comunicar, através de comunicação oral, escrita e gestual;
    • envelhecer os perfis;
    • conferir medidas e qualidade de produto;
    • retirar os excessos de metal (rebarbar) dos tubos trefilados;
    • monitorar velocidade de trefilação e qualidade superficial;
    • obedecer princípios de qualidade total;
    • programar ciclo de tratamento (tempos e temperaturas);
    • montar ferramental na máquina;
    • abastecer a máquina com matéria prima;
    • regular o equipamento de trançagem;
    • cumprir procedimentos operacionais;
    • passar os fios pelo equipamento de trançagem;
    • guiar o cabo até o carretel de enrolamento;
    • regular o ferramental;
    • pré aquecer o forno de tratamento térmico;
    • operar equipamento de trançagem;
    • abastecer as máquinas de trançagem de cabo com carretéis de arame;
    • monitorar o processo de extrusão;
    • preparar a ponta da matéria prima para trefilação;
    • acondicionar o produto, conforme especificado;
    • abastecer a máquina extrusora com tarugos;
    • cortar produtos acabados;
    • operar equipamento de trefilação;
    • acionar o equipamento enrolador de cabos;
    • resfriar produto tratado;
    • solubilizar os perfis extrudados;
    • trabalhar com segurança;

    Cargos e salários CBO 7224-10 - Trabalhadores de trefilação e estiramento de metais puros e ligas metálicas

    Salário Estirador de Tubos de Metal sem Costura

    Estirador de Tubos de Metal sem Costura: Brasil

    • 140
    • Brasil
    • 1.75 - 3.211
    • 43h
    O profissional no cargo de Estirador de Tubos de Metal sem Costura CBO 7224-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.75 e 3.211 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 140 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7224-10.
    Salário Estirador de Tubo de Metal

    Estirador de Tubo de Metal: Brasil

    • 140
    • Brasil
    • 1.75 - 3.211
    • 43h
    O profissional no cargo de Estirador de Tubo de Metal CBO 7224-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.75 e 3.211 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 140 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7224-10.
    Salário Operador de Esticadeira (metal Sem Costura)

    Operador de Esticadeira (metal Sem Costura): Brasil

    • 140
    • Brasil
    • 1.75 - 3.211
    • 43h
    O profissional no cargo de Operador de Esticadeira (metal Sem Costura) CBO 7224-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.75 e 3.211 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 140 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7224-10.