CBO 7112-15 - Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas) - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 7112-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas) que pertence ao grupo dos trabalhadores da extração mineral, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas) CBO 7112-15 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7112-15

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores da indústria extrativa e da construção civil.
      • Trabalhadores da extração mineral.
        • Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas).

Descrição dos cargos da categoria Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas)

Os Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas) CBO 7112-15 operam equipamentos de perfuração e de corte de rochas, equipamentos de escavação e carregamento de minérios e equipamentos de transporte de cargas. Inspecionam as condições operacionais dos equipamentos e preparam o local de trabalho.

Condições de trabalho

Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas) atuam principalmente nas indústrias de extração de minerais metálicos, de carvão mineral e de outros minerais, na condição de empregados com carteira assinada. O trabalho é presencial, realizado em equipe e sob supervisão permanente. O local de trabalho pode ser fechado, a céu aberto e em veículos, o horário é em sistema de rodízio de turnos - diurno e noturno. Exceto o operador de motoniveladora, os demais profissionais permanecem e durante longos períodos em posições desconfortáveis, trabalham sob pressão, o que pode levá-los a situação de estresse, ficam expostos a ruído intenso, vibrações, poeira e variação climática, além de executarem algumas atividades em ambiente subterrâneo. Trabalhar em grandes alturas também faz parte da rotina dos operadores de máquina cortadora (minas e pedreira), de caminhão e de trator (minas e pedreiras).

Exigências do mercado de trabalho

Para o exercício dessas ocupações, requer-se escolaridade de nível fundamental e qualificação profissional de duzentas a quatrocentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre, em média, após três anos de prática profissional.

Funções dos Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas) CBO 7112-15

Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas) devem:

  • preparar local de trabalho;
  • inspecionar equipamentos;
  • operar equipamentos de transporte de cargas;
  • demonstrar competências pessoais;
  • operar equipamentos de escavação e carregamento;
  • Atividades dos cargos CBO 7112-15

    Entre as principais atribuições dos Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas) CBO 7112-15 estão as de:

    • demonstrar dinamismo;
    • solicitar limpeza da báscula;
    • comunicar-se com eficiência;
    • inspecionar visualmente condições operacionais dos equipamentos;
    • efetuar carga adequada aos equipamentos de transporte;
    • orientar posicionamento dos equipamentos de transporte;
    • desenvolver disciplina;
    • registrar dados da produção de minério e estéril;
    • realizar testes mecânicos e elétricos;
    • demonstrar senso de orientação;
    • limpar área de trabalho;
    • demonstrar flexibilidade;
    • liberar equipamentos de transporte após carregamento;
    • demonstrar sociabilidade;
    • conferir níveis de água, óleo e combustível;
    • preencher lista de verificação de inspeção de equipamentos;
    • cumprir plano de qualidade da frente de lavra;
    • demonstrar senso de responsabilidade;
    • conferir painel de controle dos equipamentos;
    • manter cristas e taludes em condições seguras de operação;
    • posicionar equipamentos de escavação e carregamento;
    • avaliar visualmente desgaste de componentes;
    • demonstrar acuidade visual e auditiva;
    • solicitar manutenção corretiva dos equipamentos;
    • demonstrar resistência física;
    • demonstrar criatividade;
    • tomar iniciativa;
    • demonstrar senso de preservação ambiental;
    • informar disponibilidade de utilização dos equipamentos de carregamento;

    Cargos e salários CBO 7112-15 - Trabalhadores de extração de minerais sólidos (operadores de máquinas)

    Salário Operador de Máquina Cortadora (Minas e Pedreiras)

    Operador de Máquina Cortadora (Minas e Pedreiras): Brasil

    • 1.522
    • Brasil
    • 1.836 - 3.387
    • 43h
    O profissional no cargo de Operador de Máquina Cortadora (Minas e Pedreiras) CBO 7112-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.836 e 3.387 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 1.522 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7112-15.
    Salário Operador de Máquina Cortadora (Minas e Pedreiras)

    Operador de Máquina Cortadora (Minas e Pedreiras): São Paulo

    • 339
    • São Paulo
    • 1.921 - 2.016
    • 43h
    O profissional no cargo de Operador de Máquina Cortadora (Minas e Pedreiras) CBO 7112-15 trabalhando em São Paulo, ganha entre 1.921 e 2.016 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 339 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7112-15.