CBO 6310-20 - Pescador artesanal de peixes e camarões - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos pescadores polivalentes

O profissional no cargo de Pescador artesanal de peixes e camarões CBO 6310-20 realiza pesca artesanal de peixes e camarões, preparando embarcação e petrechos, fabricando e acondicionando gelo para conservação do pescado, aplicando diversas estratégias de pesca, fazendo insensibilização e abate do peixe retirado vivo da água, e classificando camarões por espécie e por tamanho Comercializa peixes e camarões.

Respeita período de defeso de camarões, não realizando captura Usa BRD-Dispositivos Redutores de Fauna Acompanhante (Bycatch Reduction Devices), em pescarias de arrasto de camarões Pode participar da execução de manutenção básica da embarcação.

Cumpre legislação, normas sanitárias e de higiene, normas de salvatagem e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 6310-20 é o Código Brasileiro da Ocupação de pescadores polivalentes que pertence ao grupo dos pescadores e extrativistas florestais, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Pescador artesanal de peixes e camarões, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Pescadores polivalentes CBO 6310-20 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 6310-20

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
    • Pescadores polivalentes.
      • Pescadores e extrativistas florestais.

O que faz um Pescador artesanal de peixes e camarões

O Pescador artesanal de peixes e camarões CBO 6310-20 prepara-se para realizar a pesca artesanal de peixes e camarões, mapeando locais para captura e selecionando instrumentos e acessórios Consulta o período de defeso, época em que a captura de camarões é proibida.

Levanta a estação em que os camarões migram das águas mais profundas para águas rasas.

Programa as etapas de trabalho Separa e confere petrechos – tais como redes, linhas, puçás e anzóis – e demais utensílios – como caixas térmicas, gelo e faca - para execução da pesca de peixes, levando em conta a espécie e o tamanho do peixe que deseja capturar.

Prepara petrechos para captura de camarões, tais como rede fixa aviãozinho, gerival (sem tração motora), bernunça, entre outros Constrói a armadilha matapi - que substitui o modelo tradicional, feito com tala de palmeiras e cipós tratados, usando plástico e posicionando tela para permitir a captura de camarões padronizados, no tamanho adequado para a comercialização.

Usa BRD-Dispositivos Redutores de Fauna Acompanhante (Bycatch Reduction Devices) nas pescarias de arrasto de camarões, para redução de captura de espécies não alvo da pescaria.

Fabrica gelo com água potável e o acondiciona de forma apropriada, para uso na conservação do pescado, após a captura Pode executar construção de embarcação, de tamanho permitido, extraindo e medindo madeira.

Prepara terreno para construção, nivelando o local.

Serra, plaina e lixa a madeira Monta a embarcação, colando, pregando e parafusando madeira Calafeta e pinta a embarcação.

Conduz embarcação para selecionar lugar de captura de camarões Realiza a captura de camarões, aplicando diversas artes de pesca, tais como arrastão de praia e armadilhas fixas Utiliza gelo para conservar os camarões.

Classifica os camarões por espécie e por tamanho Faz a lavagem inicial, espalha bissulfito e, em seguida, coloca os camarões sobre o gelo, disposto em camadas.

Transforma, normalmente, o camarão pequeno em filé, para comercialização no mercado interno Comercializa os camarões, pesquisando mercado e negociando preço para a venda Conduz embarcação para selecionar lugar de captura de peixes.

Dependendo do tipo de petrecho utilizado, retira o peixe da água ainda vivo Nesse caso, faz a insensibilização, tornando o peixe inconsciente, por questões éticas – uma vez que diminui desconforto e dor, para melhor qualidade do pescado e para alcançar melhor preço de mercado Com o peixe insensibilizado, realiza o abate.

Conserva os peixes rapidamente, ainda a bordo ou em local próximo, para que mantenham seu frescor e sua qualidade Faz uso de técnicas - tais como a salga, a desidratação, a defumação ou o gelo - para prolongar a qualidade da carne Utiliza gelo em escamas, por proporcionar maior contato com a superfície do peixe, além de ser leve.

Acondiciona o peixe de forma intercalada, colocando o gelo na primeira e na última camada Comercializa peixes, negociando seu preço Conserva local de trabalho, instrumentos e acessórios limpos e organizados Mantém a higiene e segue as normas sanitárias para conservação de camarões e peixes Pode participar da execução de manutenção básica da embarcação, limpando-a e fazendo pequenos reparos.

Providencia manutenção corretiva para sanar falhas de funcionamento da embarcação Promove práticas para mitigação de danos ambientais, voltadas à preservação de estoques naturais de pescado e – ao usar matapi sintético - de palmeiras e cipós Zela pela segurança, prevenindo acidentes, e utilizando equipamentos de proteção individual Pode prestar primeiros socorros.

Funções do cargo

O funcionário CBO 6310-20 deve comercializar pescado, despescar rede e espinhel, executar construção e manutenção de embarcações de pequeno porte, providenciar materiais e equipamentos de pesca, realizar pesca artesanal, demonstrar competências pessoais, capturar crustáceos - exceto camarão e lagosta, preparar pescado, conduzir embarcações de pequeno porte.

Condições de trabalho dessas profissões

Pescadores polivalentes trabalham por conta própria na pesca pecuária e serviços relacionados. O trabalho é presencial, realizado em equipe (grupo de pescadores). As atividades são realizadas a céu aberto, durante o dia. Permanecem, durante longos períodos, em posições desconfortáveis, ficam expostos à variação climática e ferimentos inerentes às atividades. Estão sujeitos a picadas de insetos (catadores de marisco e de caranguejos e siris).

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 6310-20

O exercício dos cargos de Pescadores polivalentes é livre, com aprendizado na prática. O pleno desempenho dessas atividades ocorre aproximadamente com um ano de experiência.

Atividades exercidas por um Pescador artesanal de peixes e camarões CBO 6310-20

Um Pescador artesanal de peixes e camarões (ou sinônimo) deve cortar nadadeiras de peixes, verificar equipamentos de segurança, confeccionar espinhel, acondicionar pescado em caixas, manifestar iniciativa, emitir nota fiscal, cravar arpão ou fisga em peixe, remar canoas e botes, demonstrar sensibilidade com a natureza, pregar madeira, descascar camarão, lançar tarrafas para captura de peixe e camarão, lixar madeira e embarcação, pilotar cana de leme, ancorar redes em poita para captura de peixe, camarão e lagosta, controlar velas de embarcações, tecer redes e tarrafas, ferventar pescado, ensacar pescado, congelar carne de pescado, descabeçar lagosta e camarão, lançar redes de cerco para captura de peixe, lançar redes de arrastão para captura de camarão, devolver pescado ao mar ou mangue, filetar peixes, transportar pescado, retirar redes de mar, calafetar embarcação, pescar iscas, identificar cardumes, reparar embarcação, escolher equipamentos de pesca, selecionar lugar de pesca, nivelar terreno de local de construção, lançar redes de caceio para captura de peixe e camarão, defumar peixes, carregar embarcação com materiais e equipamentos de pesca, eviscerar peixes, cavocar canoa, emendar redes com fibra têxtil sintética - nylon, recolher espinhel, parafusar madeira, demonstrar senso de orientação, lavar pescado, posicionar iscas, operar motor de embarcação, pintar embarcação, pesquisar preços e mercado consumidor, trabalhar com procedimentos de segurança, puxar redes de arrastão, medir madeira, retirar pescado de redes, plainar madeira e embarcação, confeccionar covos para captura de peixe, extrair madeira, estender pescado ao sol para secagem, serrar madeira, classificar pescado, descarregar pescado, abastecer embarcação com combustível, orientar equipe, negociar preço de pescado, gelar pescado em caixa isotérmica, comprar combustível, materiais e equipamentos de pesca, descarnar pescado, lançar pneus ao mar para captura de peixe e lagosta, manifestar resistência física, manifestar coragem, consertar equipamentos, escamar peixes, salgar pescado, lançar linha de fundo para captura de peixe, pesar pescado, engaiolar lagosta e peixe, lavar embarcação e equipamentos de pesca, montar espinhel para captura de peixe, arrastar puçá para captura de peixe, colar madeira.

Cargos e salários CBO 6310-20 - Pescadores polivalentes

Salário Pescador Artesanal de Peixes e Camaões Com Rede de Calão

Pescador Artesanal de Peixes e Camaões Com Rede de Calão: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador Artesanal de Peixes e Camaões Com Rede de Calão CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Tarrafeador na Pesca de Peixes e Camarões

Tarrafeador na Pesca de Peixes e Camarões: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Tarrafeador na Pesca de Peixes e Camarões CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Covos

Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Covos: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Covos CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Espinhel

Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Espinhel: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Espinhel CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Redes e Linhas

Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Redes e Linhas: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador Artesanal de Peixes e Camarões Com Redes e Linhas CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador Artesanal de Peixes e Camarões em Currais

Pescador Artesanal de Peixes e Camarões em Currais: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador Artesanal de Peixes e Camarões em Currais CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador de Espinhel (embarcações de Pesca)

Pescador de Espinhel (embarcações de Pesca): Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador de Espinhel (embarcações de Pesca) CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador Artesanal de Peixes e Camarões

Pescador Artesanal de Peixes e Camarões: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador Artesanal de Peixes e Camarões CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador de Linhas (embarcações de Pesca)

Pescador de Linhas (embarcações de Pesca): Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador de Linhas (embarcações de Pesca) CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Curraleiro de Pesca Artesanal de Peixes e Camarões

Curraleiro de Pesca Artesanal de Peixes e Camarões: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Curraleiro de Pesca Artesanal de Peixes e Camarões CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador de Peixes e Camarões Com Redes

Pescador de Peixes e Camarões Com Redes: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador de Peixes e Camarões Com Redes CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Jangadeiro

Jangadeiro: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Jangadeiro CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador de Peixes e Camarões em Embarcações de Pequeno Porte

Pescador de Peixes e Camarões em Embarcações de Pequeno Porte: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador de Peixes e Camarões em Embarcações de Pequeno Porte CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador Artesanal de Camarões

Pescador Artesanal de Camarões: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador Artesanal de Camarões CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador de Tarrafa (peixes e Camarões)

Pescador de Tarrafa (peixes e Camarões): Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador de Tarrafa (peixes e Camarões) CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Pescador Artesanal de Peixes

Pescador Artesanal de Peixes: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Pescador Artesanal de Peixes CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.
Salário Remador

Remador: Brasil

  • 346
  • Brasil
  • 1.506 - 2.554
  • 43h
O profissional no cargo de Remador CBO 6310-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.506 e 2.554 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 346 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6310-20.