CBO 6228-10 - Trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores agrícolas da cultura de especiarias e de plantas aromáticas e medicinais

O profissional no cargo de Trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais CBO 6228-10 trabalha no cultivo de plantas aromáticas e medicinais – tais como boldo-do-chile, lavanda, erva-cidreira, alfazema, alcachofra, alecrim, entre outras -, preparando o solo, obtendo mudas por meio de sementes ou por plantio de pedaços - como ramos e rizomas - da planta, monitorando irrigação, executando retirada de plantas invasoras, adubação e outros tratos culturais, identificando e controlando doenças e pragas, realizando colheita, fazendo beneficiamento, e efetuando embalagem e armazenagem Participa no planejamento das atividades, auxiliando na definição da área de plantio.

Registra dados de produção Executa manutenção básica em instalações, ferramentas, máquinas, equipamentos e veículos agrícolas Cumpre legislação, procedimentos técnicos e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção contra incêndios e de preservação ambiental.

CBO 6228-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores agrícolas da cultura de especiarias e de plantas aromáticas e medicinais que pertence ao grupo dos trabalhadores na exploração agropecuária, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores agrícolas da cultura de especiarias e de plantas aromáticas e medicinais CBO 6228-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 6228-10

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
    • Trabalhadores agrícolas da cultura de especiarias e de plantas aromáticas e medicinais.
      • Trabalhadores na exploração agropecuária.

O que faz um Trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais

O Trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais CBO 6228-10 auxilia na definição da área de plantio de plantas aromáticas e medicinais e no planejamento das etapas de produção Trabalha em sistemas tradicionais ou manuais, semimecanizados, ou mecanizados.

Baliza e cerca a área de plantio.

Constrói curvas de nível Segue orientações para aplicar sistema de rotação de culturas, alternando o plantio de espécies de famílias botânicas distintas, na sequência das safras.

Pode trabalhar em sistema convencional ou plantio direto Pode atuar em consórcio de culturas.

Coleta amostras do solo, encaminhando-as para realização de análises laboratoriais.

Prepara e aplica fórmulas de adubação, fertilização, correção e proteção do solo, conforme recomendado Prepara o terreno, drenando, dessecando, arando, destocando, gradeando e descompactando o solo para semeadura e abertura de covas e sulcos.

Maneja restos culturais.

Controla a ação dos ventos – que podem causar danos às plantas e remoção da camada fértil superficial dos solos -, fazendo barreiras, no entorno da área de plantio Faz a integração dos campos de cultivo com canais e sistemas de irrigação Prepara mudas por meio de plantio de sementes em canteiros, com terra selecionada e controlando irrigação ou fazendo regas diárias.

Testa a germinação das sementes Faz também criação de mudas por plantio de pedaços da planta - como ramos e rizomas -, em local sombreado e úmido Transplanta as mudas nos canteiros definitivos.

Trata a cultura, monitorando a irrigação da área de plantio, fazendo capina para retirada de plantas invasoras, conduzindo o crescimento das plantas, e realizando adubação Desbrota e poda plantas.

Monitora a presença de doenças – tais como antracnose, manchas e ferrugens - e pragas do cultivo, como moscas, lagartas, larvas, formigas, entre outras Faz o controle de doenças e pragas, tomando medidas preventivas – tais como adquirir mudas sadias e evitar encharcamento do solo - e adotando práticas como poda ou desbaste de ramos secos e doentes, uso de armadilhas, fomento dos inimigos naturais, entre outras similares Monitora o estágio de desenvolvimento das plantas, para identificar o ponto de colheita.

Prepara equipamentos para colheita, mantendo-os limpos e em boas condições Faz a colheita, conforme os procedimentos estabelecidos em relação a cada planta Pode arrancar raízes, bulbos e tubérculos, colher frutos, cortar flores, folhas e galhos, e catar sementes e frutos.

Transporta produção do campo para locais de beneficiamento Retira impurezas de produto colhido Prepara local de secagem.

Lava e corta raízes antes da secagem Coloca as plantas para secagem à sombra Fiscaliza ponto de secagem Pode separar, raspar, cortar, picar e desidratar o produto colhido Testa qualidade de produtos e classifica a produção.

Registra dados de produção – inclusive peso -, por tipo de planta colhida Embala a produção, colocando rótulo com o nome da planta, a data do armazenamento e o prazo de validade Controla condições ambientais do local de armazenagem, assegurando local fresco e seco Armazena a produção Zela pela limpeza, segurança – principalmente na prevenção de incêndio -, higienização e organização da área de armazenagem Pode trabalhar com híbridos (organismos geneticamente modificados) Participa em eventos agrícolas, tais como dia de campo e mutirões Participa em feiras de plantas medicinais e aromáticas, para expor produtos Constrói pequenas estruturas agrícolas, como coberturas e barreiras de proteção diversas, artificiais ou naturais Executa manutenção básica em instalações, veículos, ferramentas, máquinas e equipamentos agrícolas Realiza ações para proteção do meio ambiente, tais como preservação de matas ciliares e reflorestamento de área desmatada Trabalha com segurança, usando equipamentos de proteção individual e prevenindo acidentes.

Funções do cargo

O funcionário CBO 6228-10 deve produzir mudas e sementes de especiarias, plantas aromáticas e medicinais, colher produção de especiarias, plantas aromáticas e medicinais, realizar embalagem e armazenamento de produção, empregar medidas de segurança e preservação ambiental, executar plantio de especiarias, plantas aromáticas e medicinais, preparar solo para plantio, demonstrar competências pessoais, beneficiar produção de especiarias, plantas aromáticas e medicinais, participar de eventos agrícolas.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores agrícolas da cultura de especiarias e de plantas aromáticas e medicinais essas ocupações são exercidas por profissionais assalariados com carteira assinada - trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais, empregados na agricultura e serviços relacionados. O trabalho é presencial, realizado em equipe, formada por trabalhadores ou familiares, sob supervisão permanente. As atividades são realizadas a céu aberto, durante o dia. O trabalhador da cultura de especiarias, em algumas atividades, fica exposto a materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 6228-10

A escolaridade exigida para estes trabalhadores é a quarta série do ensino fundamental, não sendo necessária qualificação profissional. O exercício pleno da ocupação ocorre com menos de um ano de experiência.

Atividades exercidas por um Trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais CBO 6228-10

Um Trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais (ou sinônimo) deve desidratar produto colhido, transportar produção do campo para locais de beneficiamento e armazenamento, destocar área de plantio, embalar produção, denunciar casos de desmatamentos e queimadas, abrir covas, catar sementes e frutos, semear espécies em canteiros e viveiros, participar de dia de campo, desbrotar plantas, capinar área de plantio, orientar visitas técnicas, construir viveiros e canteiros, produzir substratos, participar de treinamentos para uso de equipamento de proteção - cultivo e colheita, conduzir plantas, armazenar produção, selecionar mudas, estacas e sementes, picar produção, demonstrar sociabilidade no campo, retirar galhos e folhas secas e doentes, arar solo, calear área de plantio, regar mudas e sementes, registrar dados de produção, gradear solo, pesar produção, identificar mudas em canteiros, escolher ferramentas, selecionar terra e extrato, lavar produto colhido, colher amostra de solo, plantar mudas em solo, participar de feiras de especiarias, plantas medicinais e aromáticas, classificar produção, balizar área de plantio, raspar casca de produto colhido, participar de mutirões em campo, expor produtos em feiras, utilizar equipamentos de proteção individual, definir ponto de colheita, monitorar presença de pragas, doenças e parasitas em plantações, separar lixo, roçar área de plantio, irrigar plantas, manifestar senso de preservação ambiental, preparar equipamentos e materiais para colheita, guardar embalagens de fertilizantes e defensivos agrícolas, testar qualidade e durabilidade de produtos, enxertar plantas, dar prova de resistência física, planejar colheita, reciclar lixo, identificar árvores para preservação - madeira de lei, fertilzar solo, drenar solo, calcular distâncias entre mudas em viveiros, transplantar mudas, preparar local de secagem, amarrar plantas em estacas, cortar flores, folhas e galhos, reflorestar área de plantio, podar árvores e plantas, limpar área de plantio, escolher área de plantio, definir local de construção de canteiros e viveiros, higienizar local de armazenamento, controlar condições ambientais do local de armazenamento, fiscalizar ponto de secagem, identificar matas ciliares para preservação, demonstrar versatilidade, pulverizar defensivos agrícolas biológicos, anotar prazo de validade em embalagem, retirar impurezas de produto colhido, colher frutos, trabalhar em equipe, arrancar raízes, bulbos e tubérculos, selecionar plantas, adubar plantas, participar de cursos e palestras, cercar área de plantio.

Cargos e salários CBO 6228-10 - Trabalhadores agrícolas da cultura de especiarias e de plantas aromáticas e medicinais

Salário Trabalhador da Cultura de Plantas Aromáticas e Medicinais

Trabalhador da Cultura de Plantas Aromáticas e Medicinais: Brasil

  • 261
  • Brasil
  • 1.817 - 2.647
  • 43h
O profissional no cargo de Trabalhador da Cultura de Plantas Aromáticas e Medicinais CBO 6228-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.817 e 2.647 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 261 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6228-10.