CBO 6126-10 - Produtor de cacau - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos produtores agrícolas na cultura de plantas estimulantes

O profissional no cargo de Produtor de cacau CBO 6126-10 produz cacau, planejando processo de cultivo, selecionando a área de plantio, preparando o solo, definindo o espaçamento do plantio, selecionando sementes, preparando mudas em viveiros, fazendo propagação vegetativa, realizando tratos culturais, controlando pragas e doenças, organizando e monitorando a colheita, quebrando os frutos e retirando as amêndoas, fazendo beneficiamento das amêndoas, classificando e ensacando as amêndoas, e armazenando a produção Comercializa a produção.

Gerencia as atividades, administrando recursos e implantando infraestrutura Supervisiona equipes de trabalho, avaliando desempenho e treinando trabalhadores Mantém-se atualizado em relação às tecnologias de produção e aos sistemas de gestão.

Cumpre legislação, normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de combate a incêndio e de preservação ambiental

CBO 6126-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de produtores agrícolas na cultura de plantas estimulantes que pertence ao grupo dos produtores na exploração agropecuária, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Produtor de cacau, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Produtores agrícolas na cultura de plantas estimulantes CBO 6126-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 6126-10

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
    • Produtores agrícolas na cultura de plantas estimulantes.
      • Produtores na exploração agropecuária.

O que faz um Produtor de cacau

O Produtor de cacau CBO 6126-10 planeja o cultivo de cacau, estudando mercados nacional e internacional Avalia riscos climáticos.

Analisa trabalhar com outras culturas em Sistema Agroflorestal (SAF), verificando se as características edafoclimáticas – tais como qualidade do solo, temperatura e luminosidade - estão de acordo com a necessidade de cada espécie selecionada.

Pesquisa cultivares de cacau mais resistentes às doenças Avalia as condições logísticas de escoamento da produção.

Estuda a adoção de sistemas de cultivo manuais, semimecanizados, ou mecanizados, além do uso de máquinas automatizadas Prevê os recursos humanos, financeiros e materiais necessários.

Estima custo da produção.

Seleciona e delimita a área de plantio Estabelece sistemas, métodos e técnicas de cultivo.

Elabora cronograma das etapas do cultivo.

Faz a integração da área de cultivo com sistemas de captação de chuvas e recursos hídricos locais, para construção de canais e sistemas de irrigação e drenagem Coleta amostras do solo para análises laboratoriais a partir dos resultados, estabelece métodos e fórmulas de adubação, correção e proteção do solo.

Maneja restos culturais Prepara o solo para plantio Define o espaçamento do plantio.

Faz abertura de covas e sulcos Prepara mudas em viveiros, selecionando sementes, controlando sua germinação, e acompanhando o crescimento das mudas.

Transporta mudas do viveiro para área de plantio Faz a desbrota Pode aplicar cobertura morta, conforme o caso.

Pode plantar árvores ou palmeiras entre as mudas, para sombrear os cacaueiros Faz propagação vegetativa, técnica de multiplicação do cacau por estaquia e por enxertia Realiza tratos culturais e acompanha o desenvolvimento da plantação.

Orienta a poda Identifica focos de doenças e pragas Acompanha a realização do tratamento de doenças - como vassoura de bruxa, podridão parda e mal do facão - e de combate às pragas, tais como cupins, formigas e cigarras.

Define ponto de colheita, com base no monitoramento do desenvolvimento das plantas e da maturação dos frutos Organiza e monitora as atividades de colheita Faz triagem dos frutos conforme estágio de maturação – verdes, verdoengos (com apenas início de maturação), maduros e passados, integridade, cor, e tamanho Encaminha frutos descartados para compostagem Realiza a quebra dos frutos e a retirada das amêndoas, usando sistema manual, máquinas portáteis ou máquinas automáticas.

Pode obter o mel do cacau, caldo oriundo da prensa das amêndoas frescas, antes da fermentação Executa o beneficiamento das amêndoas, fazendo processo de fermentação e realizando a secagem (natural, artificial ou mista) Pesa, classifica e ensaca as amêndoas de cacau Armazena a produção Comercializa a produção, realizando negociação de preços e efetuando a venda Pode manter vínculo com cooperativa, que compra a produção e revende insumos para o cultivo Providencia a documentação referente à venda e ao transporte da produção Gerencia as atividades de produção, administrando recursos Controla fluxo de caixa Implanta a infraestrutura necessária Providencia as documentações legais e a regularização do empreendimento Registra dados da produção em sistema informatizado Adquire veículos, máquinas e equipamentos, orientando sua conservação e providenciando sua manutenção Supervisiona trabalho de equipes, distribuindo tarefas e avaliando desempenho Proporciona treinamentos, inclusive referentes à segurança no trabalho Desenvolve atividades de modo a preservar o meio ambiente, favorecendo a recomposição de matas ciliares e a recuperação de áreas degradadas Mantém-se atualizado em relação às novas tecnologias de produção e aos novos sistemas de gestão Pode participar de exposições, feiras e eventos Consulta assistência técnica sobre melhorias para o processo de cultivo e comercialização do produto Monitora limpeza, higiene e organização nos locais de trabalho, em especial nas áreas de armazenagem.

Funções do cargo

O funcionário CBO 6126-10 deve demonstrar competências pessoais, cultivar plantas estimulantes, administrar propriedade agrícola, comercializar produção de plantas estimulantes, beneficiar produção de plantas estimulantes, colher produção de plantas estimulantes, desenvolver atividades de preservação de meio ambiente, condicionar terreno para plantio, plantar mudas.

Condições de trabalho dessas profissões

Produtores agrícolas na cultura de plantas estimulantes o trabalho é exercido por empregadores proprietários de terra, sem supervisão e organizado em equipes de trabalhadores. As atividades são realizadas a céu aberto, em horários irregulares.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 6126-10

O exercício dos cargos de Produtores agrícolas na cultura de plantas estimulantes é livre. Em geral, os produtores têm formação mínima do ensino fundamental e a qualificação é adquirida ao longo do tempo, em ambiente familiar, onde desenvolvem as habilidades e conhecimentos necessários para dar continuidade aos negócios da família ou para iniciar seu próprio negócio.

Atividades exercidas por um Produtor de cacau CBO 6126-10

Um Produtor de cacau (ou sinônimo) deve acondicionar sementes em sacos plásticos, transportar mudas do viveiro para área de plantio, drenar terreno, revolver grãos de café e amêndoas de cacau, providenciar treinamento de mão-de-obra, coletar sementes, repicar mudas, manejar restos culturais, cotar preços, catar frutos, captar recursos financeiros, transportar grãos café, amêndoas de guaraná e cacau, ramos de erva mate e folhas de fumo, ensacar substrato, construir estufas, consultar assistência técnica, colher frutos de cacau, reflorestar áreas desmatadas, limpar área, coletar amostra para análise de solo, planejar tratos culturais, demonstrar espírito associativo, adaptar-se aos riscos inerentes a sazonalidade, molhar canteiros, determinar ponto de colheita, monitorar pragas e doenças, construir terraço em curva de nível, corrigir solo, providenciar assistência social para trabalhadores, aproveitar polpa de cacau para subprodutos, colocar amêndoas de cacau para fermentação, irrigar plantação, sulcar solo, lavar frutos de café e amêndoas de guaraná, selecionar mudas, substituir plantas mortas e com má formação, elaborar relatórios de produção, exercer liderança, controlar uso de agrotóxico, vender produção, colocar folhas de fumo, frutos de café e amêndoas de cacau para secagem, estocar grãos de café, amêndoas de guaraná e cacau e folhas de fumo, monitorar formação da planta, capinar área plantada, manifestar persistência, providenciar manutenção de equipamentos, planejar área de cultivo, separar fruto de cacau, enxertar plantas, selecionar matrizes, roçar área plantada, covear solo, escolher local para construção de viveiros, aplicar defensivos agrícolas, demonstrar capacidade de negociação, classificar folhas de fumo, frutos de café e amêndoas de guaraná e cacau, demonstrar espírito empreendedor, adquirir insumos e equipamentos agrícolas, podar plantas, adaptar-se às mudanças tecnológicas, separar amêndoas de cacau, controlar insetos, fungos e ervas daninhas em viveiros, sombrear mudas, plantar coberturas de solo, controlar caça e queimada, controlar desmatamento, cortar lenha para secagem da produção em estufa e secadores, pesar grãos de café, amêndoas de guaraná e cacau, ramos de erva mate e folhas de fumo, ensacar grãos de café e amêndoas de guaraná e cacau, adubar solo, efetuar pagamentos, construir sementeiras, selecionar sementes, balizar área, providenciar construção e manutenção de instalações na propriedade, inspecionar uso de equipamentos de segurança, controlar descarte de embalagens de agrotóxico, desbrotar plantas, providenciar documentação legal da propriedade, orçar custos de produção, preparar substrato, gradear solo, quebrar fruto para retirada de amêndoa de cacau, gerenciar mão-de-obra, retirar amêndoas de cacau, construir bacias de contenção de água, arar solo, despolpar amêndoa de cacau.

Cargos e salários CBO 6126-10 - Produtores agrícolas na cultura de plantas estimulantes

Salário Produtor de Cacau

Produtor de Cacau: Brasil

  • 15
  • Brasil
  • 1.384 - 2.041
  • 44h
O profissional no cargo de Produtor de Cacau CBO 6126-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.384 e 2.041 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 15 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6126-10.
Salário Cacauicultor - Empregador

Cacauicultor - Empregador: Brasil

  • 15
  • Brasil
  • 1.384 - 2.041
  • 44h
O profissional no cargo de Cacauicultor - Empregador CBO 6126-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.384 e 2.041 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 15 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6126-10.