CBO 3741-45 - Técnicos em áudio - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 3741-45 é o Código Brasileiro da Ocupação de técnicos em áudio que pertence ao grupo dos técnicos em operação de aparelhos de sonorização, cenografia e projeção, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Técnicos em áudio CBO 3741-45 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3741-45

  • Técnicos de nível médio.
    • Técnicos em nivel médio dos serviços culturais, das comunicações e dos desportos.
      • Técnicos em operação de aparelhos de sonorização, cenografia e projeção.
        • Técnicos em áudio.

Descrição dos cargos da categoria Técnicos em áudio

Os Técnicos em áudio CBO 3741-45 configuram, operam e monitoram sistemas de sonorização e gravação, tratam e compilam registros sonoros como editar registros, sincronizar e mixar músicas, criam projetos de sistemas de sonorização e gravação, instalam/desinstalam e testam funcionamento de equipamentos de áudio e acessórios, executam músicas e arquivos sonoros, selecionando e gerenciando repertório, pesquisam novas tecnologias de reprodução de áudio e tendências musicais. No caso dos DJ,s conduzem as pistas de dança.

Condições de trabalho

Técnicos em áudio trabalham em emissoras de radio e televisão, estúdios, shows, casas noturnas, festas, palestras, eventos, filmagens, predominantemente como autônomos, No caso dos sonoplastas e analistas musicais atuam como assalariados com carteira assinada, Executam suas atividades sob supervisão ocasional e em equipe, exceção feita aos DJs e aos analistas musicais que trabalham de forma individual, Trabalham em horários irregulares, em ambientes fechados, à céu aberto ou ainda em veículos, Podem permanecer em posições desconfortáveis por longos períodos e frequentemente, são expostos a ruídos intensos.

Exigências do mercado de trabalho

Requer-se formação pós-secundária e cursos de especialização para projetista de sistema de áudio e projetista de som, formação de nível médio e especialização de até quatrocentas horas-aula para os demais profissionais, sendo que para o microfonista e técnico em instalação de equipamentos de áudio podem ser menores. O pleno desempenho das atividades dos técnicos em gravação de áudio ocorre após um ou dois anos, a dos DJs após três ou quatro anos, a dos projetistas sistema de áudio e dos projetistas de som, após cinco anos de experiência e a dos sonoplastas e analistas musicais requer conhecimento e prática na área.

Funções dos Técnicos em áudio CBO 3741-45

Técnicos em áudio devem:

  • compilar registros sonoros;
  • operar sistemas de gravação;
  • operar sistemas de sonorização;
  • projetar sistema de sonorização e gravação;
  • executar músicas e arquivos sonoros;
  • montar equipamentos de Áudio e acessórios;
  • comunicar-se;
  • tratar registros sonoros;
  • demonstrar competências pessoais;
  • Atividades dos cargos CBO 3741-45

    Entre as principais atribuições dos Técnicos em áudio CBO 3741-45 estão as de:

    • analisar registros sonoros mixados;
    • limpar equipamentos;
    • selecionar repertório;
    • demonstrar capacidade de organização;
    • avaliar qualidade do produto sonoro;
    • adequar repertório ao público;
    • verificar condições de infraestrutura para acesso e instalação de equipamentos;
    • definir ângulos de cobertura, níveis de pressão sonora e resposta de frequência;
    • definir necessidades técnicas do evento;
    • demonstrar flexibilidade;
    • cumprir roteiro do evento;
    • conduzir a pista;
    • avaliar características de fonte sonora (timbre, formato e tipo);
    • executar projeto de instalação de equipamentos;
    • gerenciar repertório;
    • manipular arquivos de áudio (digital e analógico);
    • organizar repertório;
    • captar sinais de áudio para sistema de gravação;
    • definir padrões de sincronismo;
    • identificar parâmetros acústicos do local;
    • conferir uniformidade de distribuição de áudio;
    • editar registros sonoros;
    • arquivar meio de registro em ambientes conforme especificações técnicas;
    • sincronizar músicas na mesma batida;
    • sugerir fornecedores;
    • demonstrar capacidade de atenção a detalhes;
    • conectar/desconectar sistema de caixas acústicas;
    • monitorar sinais gravados;
    • escolher meio de registro (mídia);
    • identificar público alvo;
    • ajustar estruturas de ganho de sistema;
    • orçar evento;
    • misturar sinais de fontes de áudio;
    • verificar dimensões físicas do local;
    • equalizar registros sonoros;
    • selecionar estilos musicais;
    • discutir briefing do evento;
    • interagir com o público;
    • ordenar faixas e rolos em sequência predeterminada;
    • controlar dinâmica de registros sonoros;
    • adequar volume e equalização para o ambiente/situação;
    • demonstrar criatividade;
    • pesquisar músicas (tendências de mercado, cultura);
    • gerar master;
    • marcar pontos específicos de faixas, rolos e arquivos digitais;
    • gerar desenhos e diagramas de instalação (asbuilt);
    • trabalhar em equipe;
    • testar funcionamento de equipamentos;
    • conferir funcionamento de sistema de áudio;
    • emular ambientes em registros sonoros;
    • analisar ambiente de gravação;
    • lidar com imprevistos;
    • configurar sistemas de sonorização;
    • minimizar ruídos e distorções;
    • analisar sinais de áudio;
    • apresentar estilos musicais para clientes e/ou superiores;
    • alinhar sistemas de sonorização;
    • colher informações sobre evento de sonorização e gravação;
    • demonstrar capacidade de encontrar soluções;
    • selecionar registros sonoros;
    • demonstrar concentração;
    • especificar equipamentos, microfones, transdutores, cabos e conectores (rider técnico);
    • demonstrar acuidade auditiva;
    • distribuir sinais de áudio para outros sistemas;
    • substituir equipamentos com defeito;
    • supervisionar transporte de equipamentos;
    • passar o som (sound check);
    • operar equipamentos específicos;
    • demonstrar paciência;
    • mapear pistas de gravação;
    • demonstrar capacidade de memorização;
    • conectar/desconectar sinais de áudio;
    • definir demanda de energia elétrica de sistema;
    • trabalhar com precisão;
    • equilibrar diferenças de registros sonoros mixados;
    • alinhar sistemas de gravação;
    • preparar sistema de monitoração para gravação;
    • trabalhar sob pressão;
    • divulgar trabalho;
    • equilibrar sinais de fontes de áudio;
    • gravar sinais em meio de registro (mídia);
    • sublimar gosto musical pessoal;
    • pesquisar novas tecnologias de reprodução de áudio;
    • mixar músicas;
    • checar níveis de interferência em sistema;
    • demonstrar sensibilidade musical;
    • demonstrar iniciativa;

    Cargos e salários CBO 3741-45 - Técnicos em áudio

    Salário Dj (Disc Jockey)

    Dj (Disc Jockey): Brasil

    • 87
    • Brasil
    • 1.812 - 3.889
    • 41h
    O profissional no cargo de Dj (Disc Jockey) CBO 3741-45 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.812 e 3.889 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 87 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3741-45.
    Salário Disc Jóquei

    Disc Jóquei: Brasil

    • 87
    • Brasil
    • 1.812 - 3.889
    • 41h
    O profissional no cargo de Disc Jóquei CBO 3741-45 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.812 e 3.889 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 87 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3741-45.