CBO 3426-10 - Técnicos em transportes por vias navegáveis e operações portuárias - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 3426-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de técnicos em transportes por vias navegáveis e operações portuárias que pertence ao grupo dos técnicos de nível médio em serviços de transportes, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Técnicos em transportes por vias navegáveis e operações portuárias CBO 3426-10 em todos os estados e cidades do Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3426-10

  • Técnicos de nível médio.
    • Técnicos em transportes por vias navegáveis e operações portuárias.
      • Técnicos de nível médio em serviços de transportes.

Funções

elaborar documentos, organizar distribuição de cargas e passageiros, programar atracação de embarcação, supervisionar recebimento e embarque de cargas e passageiros, demonstrar competências pessoais, monitorar atracação e desatracação, embarque e desembarque, coordenar serviços de embarcação em porto e estação.

Atividades

avisar autoridades sobre chegada da embarcação, informar valores para pagamentos de taxas portuárias ao setor financeiro, demonstrar iniciativa, verificar documentação de exportadores e importadores, tomar decisões, separar tipos de contêineres, organizar cargas por tipo, selecionar tipos e tamanhos de embarcações, encaminhar documentação para autoridades portuárias, usuários e ogmo, analisar previsão de embarque e desembarque de cargas e passageiros, analisar relatório de sistema operacional, emitir lista de sequenciamento de carga e descarga, agendar atracação de embarcação, supervisionar recebimento de documentação e liberação de cargas e passageiros, elaborar relatório de recebimento de carga (mate), encaminhar documentação para setores da empresa, assessorar visitas de capitania dos portos, supervisionar fluxo de caminhões em porto, calcular horários de saída e chegada, distribuir tarefas em embarcação e estação, analisar relatório de embarcação, organizar cargas por porto de destino, supervisionar equipe de operação, providenciar serviços de auxílio a embarcações, transmitir informações, requisitar equipes de trabalhadores ao órgão gestor de mão-de-obra (ogmo), mapear infraestrutura para recebimento de cargas, elaborar planilhas de estatísticas operacionais, organizar cargas segundo peso, apresentar previsão de carga e descarga para autoridades portuárias, definir prioridades de atracação, monitorar peação e desapeação de carga, informar período de operação para autoridades portuárias, elaborar relatórios com características de embarcações, organizar cargas por embarcação, definir equipamentos para carga e descarga, monitorar serviços de carga e descarga, providenciar equipamentos de segurança dos trabalhadores (epi), preencher livros de ocorrências, listar equipamentos de embarcação, negociar vantagens operacionais, participar de reuniões com representantes de autoridades portuárias, agentes e operadores, elaborar planilha de custo, liderar equipes, compatibilizar plano de carga e descarga com relatórios operacionais, providenciar serviços de auxílio à tripulação, assessorar visitas de receita federal, polícia federal e vigilância sanitária, apresentar vantagens operacionais para clientes.

Cargos e salários CBO 3426-10 - Técnicos em transportes por vias navegáveis e operações portuárias

Salário Supervisor de Operações Portuárias

Supervisor de Operações Portuárias: Brasil

  • 1.533
  • Brasil
  • 4.298 - 10.854
  • 42h
O profissional no cargo de Supervisor de Operações Portuárias CBO 3426-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.298 e 10.854 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.533 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3426-10.
Salário Chefe de Operações Portuárias

Chefe de Operações Portuárias: Brasil

  • 1.533
  • Brasil
  • 4.298 - 10.854
  • 42h
O profissional no cargo de Chefe de Operações Portuárias CBO 3426-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.298 e 10.854 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.533 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3426-10.
Salário Coordenador de Operações Portuárias

Coordenador de Operações Portuárias: Brasil

  • 1.533
  • Brasil
  • 4.298 - 10.854
  • 42h
O profissional no cargo de Coordenador de Operações Portuárias CBO 3426-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.298 e 10.854 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.533 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3426-10.
Salário Encarregado de Operações Portuárias

Encarregado de Operações Portuárias: Brasil

  • 1.533
  • Brasil
  • 4.298 - 10.854
  • 42h
O profissional no cargo de Encarregado de Operações Portuárias CBO 3426-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.298 e 10.854 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.533 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3426-10.
Salário Coordenador de Operações Portuárias

Coordenador de Operações Portuárias: Rio de Janeiro

  • 370
  • Rio de Janeiro
  • 4.520 - 10.707
  • 42h
O profissional no cargo de Coordenador de Operações Portuárias CBO 3426-10 trabalhando em Rio de Janeiro, ganha entre 4.520 e 10.707 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 370 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3426-10.