CBO 2618-15 - Fotógrafos profissionais - Salário, o que faz, descrição do cargo

CBO 2618-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de fotógrafos profissionais que pertence ao grupo dos profissionais da comunicação e da informação, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Fotógrafos profissionais CBO 2618-15 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2618-15

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Comunicadores, artistas e religiosos.
      • Profissionais da comunicação e da informação.
        • Fotógrafos profissionais.

Descrição dos cargos da categoria Fotógrafos profissionais

Os Fotógrafos profissionais CBO 2618-15 criam imagens fotográficas de acontecimentos, pessoas, paisagens, objetos e outros temas, em branco e preto ou coloridas, utilizando câmeras fixas (de película ou digitais) e diversos acessórios. Escolhem tema ou assunto da fotografia ou atendem a demandas de clientes ou empregadores, segundo objetivos artísticos, jornalísticos, comerciais, industriais, científicos etc. Podem revelar e retocar negativos de filmes, tirar, ampliar e retocar cópias, criar efeitos gráficos em imagens obtidas por processos digitais e reproduzi-las sobre papel ou outro suporte. Podem dirigir estúdio fotográfico ou loja de material de fotografia.

Condições de trabalho

Fotógrafos profissionais trabalham em diversas áreas, principalmente, na imprensa em geral, na publicidade, propaganda e marketing, no comércio de mercadorias, em diversos ramos dos serviços. Podem também ser encontrados no ensino e na área de pesquisa e desenvolvimento. Na sua maioria são autônomos, empregadores e, em menor medida, empregados. Podem atender o público diretamente ou não e desenvolvem suas atividades sozinhos ou em equipe, geralmente em horários irregulares. Em algumas atividades, alguns profissionais podem trabalhar sob condições especiais, como permanecer em posições desconfortáveis por longos períodos e estar expostos a materiais tóxicos e a altas temperaturas.

Exigências do mercado de trabalho

O aprendizado das ocupações da família pode se dar na prática e também por intermédio do ensino superior completo na área, conforme a ocupação em questão. O pleno desempenho das atividades ocorre, no mínimo, após três anos de experiência.

Funções dos Fotógrafos profissionais CBO 2618-15

Fotógrafos profissionais devem:

  • finalizar o produto;
  • pesquisar temas, procedimentos e materiais fotográficos;
  • coordenar equipe de trabalho fotográfico;
  • criar a imagem fotográfica;
  • divulgar a linguagem fotográfica;
  • documentar a imagem;
  • operar equipamentos específicos;
  • demonstrar competências pessoais;
  • planejar o trabalho fotográfico;
  • gerenciar aspectos comerciais da atividade fotográfica;
  • Atividades dos cargos CBO 2618-15

    Entre as principais atribuições dos Fotógrafos profissionais CBO 2618-15 estão as de:

    • assumir riscos calculados;
    • providenciar equipamentos de apoio para a produção e transmissão de imagem;
    • interpretar o objeto a ser fotografado;
    • decidir o momento do ato fotográfico;
    • editar imagem;
    • procurar espaços ou locações para fotografar;
    • delegar funções;
    • produzir documentação referente à imagem;
    • entrevistar clientes;
    • digitalizar imagem;
    • calcular a relação custo/benefício no trabalho;
    • manter-se atualizado;
    • apresentar portfólio;
    • formar novos quadros;
    • gerenciar o tempo;
    • assessorar o desenvolvimento de novas linguagens e produtos;
    • discutir a pauta/briefing;
    • operar programas de tratamento de imagens;
    • estudar a legislação referente à proteção ao direito autoral e ao uso da imagem;
    • experimentar produtos e técnicas fotográficas;
    • controlar estoque de material fotográfico;
    • interagir com o fotografado;
    • avaliar resultados;
    • operar equipamentos de iluminação;
    • arquivar os documentos fotográficos;
    • dominar o idioma;
    • dominar técnicas de sua especialização;
    • criar ambiente que expresse a emoção desejada;
    • documentar a autoria da imagem fotográfica;
    • estabelecer cronograma de trabalho;
    • escolher equipamentos em função de intenções, área de atuação e circunstâncias;
    • definir o suporte material da imagem fotográfica;
    • cultivar persistência;
    • demonstrar criatividade;
    • conceber cenas para fotografar;
    • testar novos materiais de acabamento;
    • ensinar o cliente a entender a imagem;
    • registrar a imagem sobre película ou meio magnético;
    • preparar material autopromocional;
    • tratar imagem digitalizada ou convencional: brilho, contraste, definição e corte;
    • superar limitações econômicas;
    • definir áreas e formas de atuação no mercado de trabalho;
    • ampliar fotos;
    • conceituar o trabalho fotográfico;
    • estudar fontes e referências fotográficas;
    • publicar livros e catálogos;
    • estimar custos;
    • negociar preços;
    • testar equipamentos e acessórios;
    • demonstrar pontualidade;
    • eleger o tema;
    • vistoriar infraestrutura do local;
    • lidar com imprevistos;
    • orçar o trabalho fotográfico;
    • precisar perspectivas e pontos de vista;
    • revelar filmes;
    • desenvolver capacidade de síntese;
    • elaborar procedimentos para relação com o cliente;
    • operar câmera fotográfica e acessórios;
    • dominar linguagem fotográfica;
    • interpretar desejos e aspirações do cliente;
    • monitorar equipamentos de medição;
    • providenciar manutenção de equipamentos e instalações;
    • desenvolver perspicácia;
    • seguir projeto profissional traçado;
    • compor a imagem;
    • enquadrar a imagem;
    • catalogar documentos fotográficos;
    • controlar fluxo de caixa, pagamentos e recebimentos;
    • selecionar pessoal;
    • participar de associações profissionais;
    • remunerar equipe de trabalho;
    • compreensão de outros idiomas;
    • apresentar o produto fotográfico final ao destinatário;
    • levantar informações sobre o tema;
    • organizar encontros e congressos;
    • montar exposições;
    • escalonar tarefas;
    • pesquisar tendências, estilo, materiais;
    • divulgar seu trabalho na web;
    • modular a luz;
    • restaurar imagens fotográficas;
    • calibrar os equipamentos;
    • dirigir a produção de imagem;

    Cargos e salários CBO 2618-15 - Fotógrafos profissionais

    Cargo/Profissão Local
    Fotografo Retratista Brasil
    Fotógrafo Social Brasil
    Retratista Brasil
    Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial