CBO 2012-20 - Especialista em instrumentação metrológica - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos profissionais da metrologia

O profissional no cargo de Especialista em instrumentação metrológica CBO 2012-20 desenvolve aplicações especializadas de instrumentação metrológica, para realização de calibrações, ensaios e medições Produz padrão metrológico, projetando, planejando e supervisionando o processo de produção, para utilização em aplicações.

Participa em atividades de pesquisa e desenvolvimento voltadas para instrumentação metrológica Faz especificações de padrão, equipamentos e infraestrutura de instrumentação metrológica para laboratórios de metrologia Colabora nos processos de gestão de laboratórios de metrologia, no que se refere à instrumentação metrológica.

Supervisiona equipe de trabalho, avaliando seu desempenho Elabora documentos técnicos e dissemina conhecimentos na área metrológica Cumpre normas técnicas, normas de biossegurança e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

CBO 2012-20 é o Código Brasileiro da Ocupação de profissionais da metrologia que pertence ao grupo dos pesquisadores e profissionais policientíficos, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Especialista em instrumentação metrológica, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Profissionais da metrologia CBO 2012-20 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2012-20

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Profissionais da metrologia.
      • Pesquisadores e profissionais policientíficos.

O que faz um Especialista em instrumentação metrológica

O Especialista em instrumentação metrológica CBO 2012-20 planeja aplicações especializadas de instrumentação metrológica, de acordo com normas e procedimentos técnicos, para a realização de calibrações, ensaios e medições Atua em áreas estratégicas e diversificadas da metrologia – tais como metrologia química, metrologia quântica, metrologia de materiais, nanometrologia, entre outras -, acompanhando seus desenvolvimentos, para promover a atualização tecnológica das atividades com instrumentação metrológica.

Seleciona padrão metrológico e instrumentos.

Desenvolve a aplicação, montando e operando sistemas de medição, coletando, registrando e analisando dados, de acordo com requisitos do processo Utiliza computadores com interfaces e “softwares” específicos, emuladores, simuladores e instrumentação virtual, para geração e aquisição de dados em processos de calibração e automação de ensaios.

Desenvolve aplicações para atender a demandas específicas – como monitorar fenômenos remotos, realizar medições sem fio (metrologia sem fio), efetuar medições tridimensionais (metrologia 3D), entre outras - com instrumentação metrológica Desenvolve aplicações com utilização de equipamentos de medição portadores de tecnologia de ponta em metrologia, tais como máquina de medição por coordenadas (CMM-Coordinate Measuring Machine), máquinas de medição multissensor, escâner a “laser” robotizado, sistema automático de digitalização com luz estruturada, entre outros.

Produz padrão metrológico, projetando, planejando e supervisionando o processo de produção, de acordo com requisitos de projeto, para usos em instrumentação.

Certifica modelo-padrão, avalia desempenho e presta assistência técnica para padrão, tendo em vista assegurar a rastreabilidade das medições em aplicações Participa em atividades de pesquisa e desenvolvimento para instrumentação metrológica, atuando em equipes multidisciplinares.

Realiza experimentos, desenvolve programas computacionais para instrumentação metrológica, testa e valida padrão metrológico, entre outras atividades previstas no cronograma de ações de pesquisa e desenvolvimento.

Faz especificações de padrão metrológico, equipamentos e infraestrutura de instrumentação metrológica, de acordo com normas e procedimentos de especificação técnica, para projetos de laboratórios de metrologia Colabora nos processos de gestão de laboratórios de metrologia, no que se refere à instrumentação, assessorando na elaboração do planejamento estratégico, planejando manutenção, assessorando na formação de preços e produtos, e realizando análise crítica de contratos de serviços Supervisiona equipe de trabalho, avaliando desempenho e planejando treinamentos.

Elabora documentos técnicos – tais como relatórios diversificados, procedimentos, instruções técnicas, modelos para registro de medição, entre outros, utilizando técnicas e conhecimentos específicos, de acordo com as demandas por documentação de cada atividade Emite pareceres técnicos Dissemina conhecimentos, por meio de estratégias diversificadas, para compartilhar resultados dos processos com instrumentação metrológica.

Presta consultorias Participa de comitês técnicos.

Organiza seminários e congressos Ministra cursos e palestras.

Funções do cargo

O funcionário CBO 2012-20 deve projetar laboratórios de metrologia, produzir padrão e materiais de referência, demonstrar competências pessoais, realizar calibrações, ensaios e medições, assegurar rastreabilidade da medição, realizar pesquisa e desenvolvimento em metrologia, elaborar documentos técnicos, gerenciar laboratórios de metrologia, disseminar conhecimentos.

Condições de trabalho dessas profissões

Profissionais da metrologia esses trabalhadores atuam em áreas de pesquisa e desenvolvimento, fabricação de máquinas e equipamentos, aparelhos e materiais, equipamentos de instrumentação e outras atividades empresariais. São empregados com carteira assinada, com supervisão ocasional e trabalham em equipe multidisciplinar, em ambiente fechado e em horário diurno. Eventualmente, são consultores. Podem passar longos períodos em posições desconfortáveis e expostos a materiais tóxicos, radiação, agentes físicos, químicos e biológicos e produtos inflamáveis.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 2012-20

Para ingressar nessas ocupações requer-se curso superior completo em Física, Engenharia, Engenharia têxtil, Administração, dentre outros, seguido de curso de especialização em Metrologia com duração entre duzentas e quatrocentas horas-aula. O exercício pleno das atividades ocorre após um a dois anos de experiência. Para o pesquisador em metrologia, o pleno desempenho ocorre após quatro ou cinco anos de experiência.

Atividades exercidas por um Especialista em instrumentação metrológica CBO 2012-20

Um Especialista em instrumentação metrológica (ou sinônimo) deve registrar dados da medição, desenvolver programas computacionais específicos, participar de programas de ensaios de proficiência, testar padrão, demonstrar habilidade manual, selecionar padrão, pesquisar bibliografia, organizar seminários, congressos e cursos, elaborar modelo para registro de medição, projetar padrão, demonstrar capacidade investigativa, demonstrar criatividade, participar de programas intralaboratoriais, interpretar normas e publicações, dar provas de raciocínio lógico, orientar trabalhos técnico- científicos, assessorar na elaboração do planejamento estratégico, solicitar análise de impacto ambiental, prestar assistência técnica ao padrão, coletar dados, analisar dados, definir cadeia de rastreabilidade para padrão, operar sistemas de medição, participar de comitês técnicos, requerer propriedade intelectual de métodos e padrões, dimensionar grandezas de influência, programar manutenção do padrão, planejar manutenção de infra estrutura laboratorial, elaborar relatórios técnicos, realizar experimentos, monitorar grandezas de influência, executar plano de manutenção do padrão, supervisionar processo de produção de padrão, prestar consultorias, apresentar artigos técnicos, ministrar cursos, realizar análise crítica de contratos de serviços, treinar pessoal, aprovar documentos, participar de programas interlaboratoriais, aprovar fornecedores, especificar infra estrutura, validar padrão, montar sistemas de medição, trabalhar em equipe, especificar equipamentos, definir intervalo de calibração de padrão e instrumentos - meios de controle, estimular parcerias em pesquisa e desenvolvimento, selecionar instrumentos, especificar padrão, certificar modelo padrão, programar manutenção de equipamentos, avaliar desempenho de padrão, ministrar palestras, organizar-se, calcular confiabilidade metrológica, publicar trabalhos técnico científicos, assessorar na formação de preços de serviços e produtos, emitir pareceres técnicos, planejar produção de padrão, elaborar procedimentos, concentrar-se, elaborar instrução técnica.

Cargos e salários CBO 2012-20 - Profissionais da metrologia

Salário Especialista em Instrumentação Metrológica

Especialista em Instrumentação Metrológica: Brasil

  • 55
  • Brasil
  • 6.100 - 15.113
  • 42h
O profissional no cargo de Especialista em Instrumentação Metrológica CBO 2012-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.100 e 15.113 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 55 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2012-20.