CBO 8121-05 - Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 8121-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos que pertence ao grupo dos trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos CBO 8121-05 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 8121-05

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores em indústrias de processos contínuos e outras indústrias.
      • Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos.
        • Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos.

Descrição dos cargos da categoria Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos

Os Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos CBO 8121-05 fabricam munições, explosivos, fogos de artifício e acessórios iniciadores de explosivos tais como, pólvora à base química, pólvora negra, pólvora branca e chumbo, operando máquinas de processamento químico, de usinagem, de montagem e embalagem de produtos. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e preservação ambiental.

Condições de trabalho

Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos atuam na fabricação de produtos químicos como trabalhadores assalariados com carteira assinada e sob supervisão permanente. O trabalho é realizado em equipe, em ambiente fechado e, eventualmente, sujeito à exposição de materiais tóxicos e radiação. Os pirotécnicos trabalham em rodízio de turnos e permanecem, durante longos períodos, em posições desconfortáveis. Os trabalhadores da fabricação de munição e explosivos cumprem jornada diurna, ficam expostos a ruído intenso e altas temperaturas e atuam sob supervisão direta de técnicos e engenheiros da área química ou de segurança do trabalho, seguindo normas rígidas de segurança e controle de material.

Exigências do mercado de trabalho

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental concluído e curso básico de qualificação profissional entre duzentas e quatrocentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre com um a dois anos de experiência profissional.

Funções dos Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos CBO 8121-05

Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos devem:

  • produzir fogos de artifício;
  • preparar acessórios iniciadores de explosivos;
  • produzir explosivos;
  • fabricar pólvora À base química;
  • fabricar pólvora negra;
  • trabalhar segundo normas de segurança;
  • demonstrar competências pessoais;
  • Atividades dos cargos CBO 8121-05

    Entre as principais atribuições dos Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos CBO 8121-05 estão as de:

    • montar rojões;
    • acondicionar matérias-primas para transporte;
    • montar bombas prensadas;
    • efetuar controle dimensional de explosivos e pirotécnicos;
    • prensar elemento de retardo em espoletas;
    • controlar funcionamento de máquinas e equipamentos;
    • embalar produtos acabados;
    • monitorar dados sobre temperatura e umidade relativa do ar;
    • grafitar pólvora;
    • inspecionar produtos ao longo do processo;
    • triturar pólvora negra;
    • montar fogos de cores com diferentes formas e modelos;
    • prever situações de risco;
    • manter sigilo em relação a informações da empresa;
    • acionar máquinas;
    • ensacar produtos acabados;
    • homogeneizar matérias-primas;
    • trabalhar em equipe;
    • controlar características físico-químicas de matérias-primas;
    • misturar matérias-primas para compor pólvora branca;
    • trefilar pirotécnicos;
    • desenvolver percepção para detalhes;
    • secar pólvora;
    • prensar massa em tubo;
    • limpar máquinas, equipamentos e instalações;
    • controlar pressão, temperatura e umidade no processo;
    • montar elemento de retardo;
    • peneirar pólvora;
    • dosar matérias-primas;
    • ter consciência do risco;
    • encartuchar explosivos;
    • montar foguetes e girândolas;
    • manusear equipamentos de combate a incêndio;
    • manter-se atualizado nos processos;
    • misturar matérias-primas;
    • testar produtos;
    • pesar matérias-primas;
    • prensar pólvora negra;
    • selecionar material para descarte e reciclagem;
    • utilizar epi e epc;
    • montar estopins;
    • montar caixas;
    • zelar por máquinas e equipamentos;
    • confeccionar traques;
    • demonstrar autocontrole;
    • conferir sequência de procedimentos operacionais;
    • rebobinar cordéis, estopins e tubos de choque;
    • selecionar acessórios acabados;
    • embalar pólvora;
    • selecionar espoletas;
    • montar bombas de cores;
    • prestar primeiros socorros;
    • secar massa;
    • sulfonar matérias-primas;
    • montar bombas numeradas;
    • etiquetar produtos;
    • selecionar grãos de pólvora;
    • adicionar corante à massa;
    • dosar explosivos em máquinas e equipamentos;
    • misturar massa pirotécnica;
    • controlar armazenamento de produtos;
    • polir pólvora negra;
    • abastecer máquinas;
    • adicionar massa em palitos;
    • cumprir normas e instruções de trabalho;
    • evidenciar compromisso com segurança;
    • abastecer linha de produção;
    • montar baladas para efeito de cores;

    Cargos e salários CBO 8121-05 - Trabalhadores da fabricação de munição e explosivos químicos

    Salário Pirotécnico

    Pirotécnico: Brasil

    • 776
    • Brasil
    • 1.232 - 1.884
    • 43h
    O profissional no cargo de Pirotécnico CBO 8121-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.232 e 1.884 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 776 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8121-05.
    Salário Arrematador de Fogos

    Arrematador de Fogos: Brasil

    • 727
    • Brasil
    • 1.211 - 1.823
    • 43h
    O profissional no cargo de Arrematador de Fogos CBO 8121-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.211 e 1.823 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 727 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8121-05.
    Salário Confeccionador de Estalinho

    Confeccionador de Estalinho: Brasil

    • 727
    • Brasil
    • 1.211 - 1.823
    • 43h
    O profissional no cargo de Confeccionador de Estalinho CBO 8121-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.211 e 1.823 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 727 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8121-05.
    Salário Confeccionador de Foguetes

    Confeccionador de Foguetes: Brasil

    • 776
    • Brasil
    • 1.232 - 1.884
    • 43h
    O profissional no cargo de Confeccionador de Foguetes CBO 8121-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.232 e 1.884 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 776 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8121-05.
    Salário Fabricador de Baladas

    Fabricador de Baladas: Brasil

    • 727
    • Brasil
    • 1.211 - 1.823
    • 43h
    O profissional no cargo de Fabricador de Baladas CBO 8121-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.211 e 1.823 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 727 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8121-05.
    Salário Fabricador de Fogos de Artifício

    Fabricador de Fogos de Artifício: Brasil

    • 776
    • Brasil
    • 1.232 - 1.884
    • 43h
    O profissional no cargo de Fabricador de Fogos de Artifício CBO 8121-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.232 e 1.884 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 776 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8121-05.