CBO 7771-15 - Carpinteiros navais - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 7771-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de carpinteiros navais que pertence ao grupo dos trabalhadores da carpintaria veicular, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Carpinteiros navais CBO 7771-15 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7771-15

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores das indústrias de madeira e do mobiliário.
      • Trabalhadores da carpintaria veicular.
        • Carpinteiros navais.

Descrição dos cargos da categoria Carpinteiros navais

Os Carpinteiros navais CBO 7771-15 modelam fôrmas, preparam quilhas e montam cavernas. Constroem costados ou tabuados, convés, borda-falsa, casaria, porão da embarcação, móveis e seus acessórios e estrutura de lançamento e de docagem. Preparam bases para equipamentos e ferragens. Reparam embarcações. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e preservação ambiental.

Condições de trabalho

Carpinteiros navais atuam na fabricação de produtos de madeira e mobiliário de embarcações, na indústria da construção naval e nos serviços de transporte aqüaviário. São empregados com carteira assinada (carpinteiro naval em estaleiros) ou autônomos (carpinteiro naval - de embarcações e de construção de pequenas embarcações). O trabalho é presencial, realizado de forma individual (sem supervisão) ou em equipe (sob supervisão ocasional). Atuam a céu aberto, no horário diurno e permanecem expostos a materiais tóxicos e ruído intenso. O carpinteiro em estaleiros e o que constrói pequenas embarcações podem trabalhar em posições desconfortáveis durante longos períodos e em grandes alturas.

Exigências do mercado de trabalho

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental concluído e curso básico de qualificação profissional de até duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre três e quatro anos de experiência profissional.

Funções dos Carpinteiros navais CBO 7771-15

Carpinteiros navais devem:

  • construir costado ou tabuado;
  • construir estrutura de lançamento e de docagem;
  • demonstrar competências pessoais;
  • preparar quilhas;
  • reparar embarcações;
  • preparar bases para equipamentos, ferragens e acessórios;
  • construir porão da embarcação;
  • construir casaria;
  • construir borda-falsa;
  • modelar fôrmas;
  • montar cavernas;
  • Atividades dos cargos CBO 7771-15

    Entre as principais atribuições dos Carpinteiros navais CBO 7771-15 estão as de:

    • fixar buçadas;
    • trabalhar com segurança;
    • zelar pela qualidade dos serviços;
    • assumir responsabilidades;
    • fixar peças reparadas;
    • fixar régua de boca nas cavernas;
    • construir corrimões e trincheiras e cunhos;
    • efetuar acabamentos na borda-falsa;
    • preparar roda de proa;
    • modelar cabeços;
    • fixar resbordos e contra-resbordos;
    • construir portas, janelas e vigias;
    • fasquiar costado;
    • preparar base para o sistema do leme;
    • demonstrar senso de organização;
    • preparar escoas;
    • fixar cavernas na quilha;
    • executar os encaixes cavernas;
    • fixar portas, janelas e vigias;
    • preparar braçolas;
    • trabalhar em equipe;
    • cordear embarcações;
    • pregar escoas;
    • pregar costado;
    • montar pé-de-carneiros;
    • unir peças das cavernas;
    • armar estrutura da casaria;
    • esquadrejar quilha;
    • armar borda-falsa;
    • preparar modelos;
    • unir escarvas da quilha;
    • avaliar o estado da embarcação;
    • preparar sala de máquina;
    • fasquiar cintas e dormentes;
    • fixar dormentes;
    • transferir linhas;
    • remover peças danificadas;
    • calcular largura das tábuas do costado;
    • manter-se atualizado;
    • passar imagem positiva;
    • numerar cavernas;
    • selecionar madeiras e materiais;
    • ler e interpretar desenhos;
    • efetuar acabamentos;
    • preparar pé-de-carneiros;
    • riscar cavernas;
    • marcar escantilhão;
    • fixar borda-falsa;
    • fixar bolinas e verdugos;
    • fixar cadaste na quilha;
    • montar base para o motor e guincho;
    • revestir casaria;
    • dividir porão;
    • fixar cabeços;
    • serrar peças das cavernas;
    • montar divisórias internas;
    • furar tabica;
    • marcar alturas da borda-falsa;
    • fixar braçolas;
    • construir buçadas;
    • aparar cavernas;
    • evidenciar comprometimento com o trabalho;
    • unir longarinas;
    • preparar coral da roda;
    • construir cadaste;
    • fixar sobre-quilha.;
    • marcar portas, janelas e vigias;
    • abrir bueiras;
    • calafetar porão;
    • comunicar-se com eficiência;
    • preparar base para equipamentos de segurança;
    • executar furação para eixo propulsor e leme;
    • calafetar as peças reparadas;
    • preparar tábuas de costado;
    • demonstrar iniciativa;
    • acompanhar a preparação do terreno;
    • fixar cintas e dormentes;
    • isolar casaria do local térmico;
    • recortar anteparas para portas, janelas e vigias;
    • fixar ferragens e acessórios em geral;
    • unir roda de proa na quilha;
    • executar encaixes dos dormentes;
    • demonstrar educação;
    • construir carro de locomoção;
    • identificar pontos de reparos;
    • construir espelho da popa;
    • calafetar costado;
    • fechar casaria;
    • preparar resbordos e contra-resbordos;
    • fixar mastros;
    • preparar alefrizes;
    • alinhar estrutura;
    • preparar bolinas e verdugos;
    • preparar ecarvas;
    • serrar cabeços;
    • preparar peças a serem substituídas;

    Cargos e salários CBO 7771-15 - Carpinteiros navais

    Salário Carpinteiro Naval (Estaleiros)

    Carpinteiro Naval (Estaleiros): Brasil

    • 168
    • Brasil
    • 2.382 - 4.460
    • 44h
    O profissional no cargo de Carpinteiro Naval (Estaleiros) CBO 7771-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.382 e 4.460 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 168 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7771-15.