CBO 7157-20 - Instalador de isolantes térmicos de caldeira e tubulações - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos aplicadores de materiais isolantes

O profissional no cargo de Instalador de isolantes térmicos de caldeira e tubulações CBO 7157-20 executa o serviço de isolamento térmico em caldeiras e tubulações, identificando o tipo de isolamento a ser executado, preparando o local de aplicação do material isolante, aplicando externamente, em caldeiras, o material isolante térmico – como fibras ou placas – e instalando espumas, lã de vidro, lã de rocha ou outros materiais para isolamento térmico em tubulações Planeja o trabalho a ser executado, analisando projeto e ordem de serviço.

Seleciona materiais, ferramentas e equipamentos Cumpre normas técnicas, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de biossegurança, de prevenção contra incêndios e de preservação ambiental

CBO 7157-20 é o Código Brasileiro da Ocupação de aplicadores de materiais isolantes que pertence ao grupo dos trabalhadores da indústria extrativa e da construção civil, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Instalador de isolantes térmicos de caldeira e tubulações, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Aplicadores de materiais isolantes CBO 7157-20 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7157-20

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Aplicadores de materiais isolantes.
      • Trabalhadores da indústria extrativa e da construção civil.

O que faz um Instalador de isolantes térmicos de caldeira e tubulações

O Instalador de isolantes térmicos de caldeira e tubulações CBO 7157-20 planeja as atividades de instalação de isolantes térmicos em caldeira e tubulações, analisando projeto e ordem de serviço e programando etapas do trabalho Pode usar BIM - Modelagem da Informação da Construção (Building Information Modeling), para conhecimento do projeto e registro das atividades realizadas.

Identifica o trabalho a ser executado, reconhecendo o local e o tipo de isolamento térmico indicado.

Dimensiona materiais, ferramentas e equipamentos necessários para execução do serviço Seleciona os materiais para o isolamento térmico de caldeiras e tubulações, de acordo com o tipo de serviço de isolamento a ser executado, indicando os materiais isolantes com as melhores características para o projeto.

Requisita e recebe o material, conferindo a quantidade e inspecionando a qualidade Acondiciona o material adequadamente e identifica-o.

Solicita o transporte do material para o local de instalação.

Prepara o local de instalação, solicitando a liberação da área Confere, isola e sinaliza o local de trabalho.

Executa o serviço de isolamento térmico, preparando o local de aplicação do material isolante e aplicando o material com o uso de ferramentas e equipamentos, de acordo com as recomendações do fabricante.

Aplica externamente, em caldeiras, o material isolante térmico – como fibras ou placas -, por fixação, amarração e outro meios Fixa, junta e rejunta peças de material isolante, como placas e espumas, conforme o projeto Aplica junta de dilatação, material de proteção e material de cobertura e efetua a calafetação do isolamento.

Aplica espumas, lã de vidro, lã de rocha ou outros materiais para isolamento térmico em tubulações Inspeciona o serviço executado para efetuar a entrega Providencia a limpeza do local, devolve máquinas e equipamentos, solicita a baixa da permissão de trabalho e comunica o término do trabalho ao solicitante.

Limpa e organiza seus instrumentos de trabalho Identifica os tipos de resíduos de materiais isolantes, separando-os e quantificando-os.

Providencia a remoção dos resíduos e seu descarte em local apropriado Atua de acordo com procedimentos de segurança, usando equipamentos de proteção individual Segue as normas de segurança definidas na permissão do trabalho.

Previne acidentes e interrompe o serviço em situações de risco.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7157-20 deve executar o serviço de isolamento contratado, providenciar o descarte dos resíduos de materiais isolantes, demonstrar competências pessoais, proceder a entrega do serviço executado, obter a liberação da Área para realização do trabalho, cumprir os procedimentos básicos de segurança, seguir os procedimentos e normas técnicas, identificar o trabalho a ser executado, selecionar os materiais.

Condições de trabalho dessas profissões

Aplicadores de materiais isolantes atuam na área de construção em paradas de manutenção. São empregados assalariados com carteira assinada que se organizam em equipe sob supervisão permanente. O local de trabalho pode ser fechado ou a céu aberto. Quase sempre são expostos a materiais tóxicos, ruído intenso e fadiga física. Trabalham em grandes alturas, confinados ou em locais subterrâneos, sujeitos a estresse e posições desconfortáveis, por longos períodos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7157-20

Para o exercício dessas ocupações requer-se a quarta série do ensino fundamental e curso básico de qualificação profissional com até duzentas horas-aula. O exercício pleno das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência profissional.

Atividades exercidas por um Instalador de isolantes térmicos de caldeira e tubulações CBO 7157-20

Um Instalador de isolantes térmicos de caldeira e tubulações (ou sinônimo) deve comunicar alterações na área, inspecionar o serviço executado, identificar os tipos de serviços de isolamento, selecionar tipos de ferramentas e equipamentos, executar o rejuntamento - fechamento das juntas, obter informações sobre perigo no local de trabalho, desenvolver capacidade de comunicação, evitar danos ao meio ambiente, seguir normas da qualidade ambiental, reconhecer o local de trabalho, propor alternativas de adequação dos procedimentos às normas técnicas, fazer juntamento - trabalhar a distância entre duas peças, conforme projeto, exercitar a criatividade, requisitar os materiais necessários, solicitar o transporte dos materiais ao local do serviço, implementar o diálogo diário de segurança, solicitar remoção dos resíduos, providenciar a limpeza da área, seguir recomendações de segurança de acordo com as condições do local e materiais a serem aplicados, solicitar instalação da cipa, conforme normas de segurança, solicitar a baixa na permissão de trabalho e ou na ordem de serviço, preparar o local para aplicação de isolantes, aplicar dispositivos de ancoragem, mostrar-se atento aos riscos sujeitos no ambiente de trabalho, fazer devolução de máquinas e equipamentos, identificar as características dos materiais, participar de palestras e cursos de qualificação, inspecionar a qualidade dos materiais a serem aplicados, pesquisar lançamentos de materiais no mercado, atualizar-se sobre normas e procedimentos, trocar experiências com outros profissionais da área, reconhecer o tipo de material a ser utilizado, solicitar a liberação da área, exigir termo de responsabilidade em condições adversas, providenciar o acondicionamento adequado aos materiais, obedecer aos procedimentos de execução, seguir recomendações do fabricante, aplicar material de proteção, fixar os materiais com amarração, quantificar os resíduos para o transporte, conferir a quantidade dos materiais, comunicar o término do serviço ao solicitante, dimensionar recursos humanos necessários, identificar os tipos de resíduos, providenciar a identificação dos materiais conforme o serviço, sugerir materiais a serem utilizados, mostrar-se atento às novas implementações no trabalho, separar os tipos de resíduos, usar equipamentos de proteção individual, conforme ordem de serviço, descartar os resíduos em local apropriado, interpretar normas técnicas identificadas, interromper o serviço em situações de risco, sinalizar a área isolada, aplicar o isolamento uilizando o sistema métrico, ferramentas e equipamentos adequados, identificar normas técnicas, aplicar material de cobertura e calafetação do isolamento, aplicar junta de dilatação, seguir as normas de segurança definidas na permissão de trabalho.

Cargos e salários CBO 7157-20 - Aplicadores de materiais isolantes

Salário Instalador de Isolantes Térmicos de Caldeira e Tubulações

Instalador de Isolantes Térmicos de Caldeira e Tubulações: Brasil

  • 3.425
  • Brasil
  • 2.559 - 4.488
  • 43h
O profissional no cargo de Instalador de Isolantes Térmicos de Caldeira e Tubulações CBO 7157-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.559 e 4.488 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.425 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Aplicador de Material Isolante em Caldeiras e Tubulações

Aplicador de Material Isolante em Caldeiras e Tubulações: Brasil

  • 3.425
  • Brasil
  • 2.559 - 4.488
  • 43h
O profissional no cargo de Aplicador de Material Isolante em Caldeiras e Tubulações CBO 7157-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.559 e 4.488 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.425 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações)

Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações): Brasil

  • 3.425
  • Brasil
  • 2.559 - 4.488
  • 43h
O profissional no cargo de Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.559 e 4.488 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.425 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Refratarista (caldeira e Tubulações)

Refratarista (caldeira e Tubulações): Brasil

  • 3.425
  • Brasil
  • 2.559 - 4.488
  • 43h
O profissional no cargo de Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.559 e 4.488 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.425 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Instalador de Isolantes Térmicos de Caldeira e Tubulações Camaçari

Instalador de Isolantes Térmicos de Caldeira e Tubulações: Camaçari, BA

  • 145
  • Camaçari, BA
  • 2.259 - 2.998
  • 43h
O profissional no cargo de Instalador de Isolantes Térmicos de Caldeira e Tubulações CBO 7157-20 trabalhando em Camaçari - BA, ganha entre 2.259 e 2.998 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 145 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Aplicador de Material Isolante em Caldeiras e Tubulações São Paulo

Aplicador de Material Isolante em Caldeiras e Tubulações: São Paulo, SP

  • 196
  • São Paulo, SP
  • 2.997 - 5.048
  • 43h
O profissional no cargo de Aplicador de Material Isolante em Caldeiras e Tubulações CBO 7157-20 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 2.997 e 5.048 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 196 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações)

Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações): Minas Gerais

  • 361
  • Minas Gerais
  • 2.506 - 3.632
  • 44h
O profissional no cargo de Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 2.506 e 3.632 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 361 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações)

Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações): São Paulo

  • 1.589
  • São Paulo
  • 2.675 - 4.387
  • 44h
O profissional no cargo de Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em São Paulo, ganha entre 2.675 e 4.387 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1.589 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações)

Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações): Rio Grande do Sul

  • 200
  • Rio Grande do Sul
  • 2.192 - 3.343
  • 44h
O profissional no cargo de Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em Rio Grande do Sul, ganha entre 2.192 e 3.343 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 200 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) Duque de Caxias

Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações): Duque de Caxias, RJ

  • 1
  • Duque de Caxias, RJ
  • 2.483 - 0
  • 44h
O profissional no cargo de Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em Duque de Caxias - RJ, ganha entre 2.483 e 0 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) São Paulo

Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações): São Paulo, SP

  • 196
  • São Paulo, SP
  • 2.997 - 5.048
  • 43h
O profissional no cargo de Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 2.997 e 5.048 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 196 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) Camaçari

Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações): Camaçari, BA

  • 145
  • Camaçari, BA
  • 2.259 - 2.998
  • 43h
O profissional no cargo de Isolador Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em Camaçari - BA, ganha entre 2.259 e 2.998 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 145 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Refratarista (caldeira e Tubulações)

Refratarista (caldeira e Tubulações): São Paulo

  • 1.589
  • São Paulo
  • 2.675 - 4.387
  • 44h
O profissional no cargo de Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em São Paulo, ganha entre 2.675 e 4.387 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1.589 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Refratarista (caldeira e Tubulações) Lençóis Paulista

Refratarista (caldeira e Tubulações): Lençóis Paulista, SP

  • 57
  • Lençóis Paulista, SP
  • 2.509 - 3.439
  • 43h
O profissional no cargo de Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em Lençóis Paulista - SP, ganha entre 2.509 e 3.439 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 57 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Refratarista (caldeira e Tubulações)

Refratarista (caldeira e Tubulações): Minas Gerais

  • 361
  • Minas Gerais
  • 2.506 - 3.632
  • 44h
O profissional no cargo de Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 2.506 e 3.632 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 361 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.
Salário Refratarista (caldeira e Tubulações)

Refratarista (caldeira e Tubulações): Rio Grande do Sul

  • 200
  • Rio Grande do Sul
  • 2.192 - 3.343
  • 44h
O profissional no cargo de Refratarista (caldeira e Tubulações) CBO 7157-20 trabalhando em Rio Grande do Sul, ganha entre 2.192 e 3.343 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 200 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7157-20.