CBO 6224-15 - Trabalhador no cultivo de forrações - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais

O profissional no cargo de Trabalhador no cultivo de forrações CBO 6224-15 cultiva forrações - floríferas e de folhagens - em canteiros e em recipientes de cultivo, executando o plantio, o manejo, o acompanhamento do crescimento das plantas e o beneficiamento Atua em sistemas de cultivo a céu aberto, cultivo sob telado e cultivo protegido em estufas convencionais, semiautomatizadas ou automatizadas.

Opera máquinas e equipamentos convencionais, bem como sistemas automatizados Constrói e repara pequenas instalações Realiza manutenção de baixa complexidade em veículos, equipamentos e máquinas.

Cumpre legislação, normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 6224-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais que pertence ao grupo dos trabalhadores na exploração agropecuária, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Trabalhador no cultivo de forrações, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais CBO 6224-15 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 6224-15

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
    • Trabalhadores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais.
      • Trabalhadores na exploração agropecuária.

O que faz um Trabalhador no cultivo de forrações

O Trabalhador no cultivo de forrações CBO 6224-15 auxilia no desenvolvimento de novos cultivos de forrações floríferas e de folhagens, visando à produção de espécies mais resistentes e diferenciadas em formatos e em cores Atua, conforme necessidades de sol e sombreamento, em sistemas de cultivo a céu aberto, cultivo sob mantas, lonas e telas, e cultivo protegido em estufas convencionais, semiautomatizadas ou automatizadas.

Auxilia na definição do local, dos sistemas e dos tipos de cultivo e cultivares.

Seleciona recipientes, instrumental e materiais Pode trabalhar com equipamentos mecânicos e/ou elétricos, para formação de canteiros, preenchimento e transporte de recipientes.

Prepara o solo dos canteiros Coleta amostras do solo, para realização de análise laboratorial.

Espalha corretivos no solo, de acordo com os resultados da análise.

Aplica adubos no solo Prepara o substrato para preenchimento dos recipientes, misturando terra com elementos necessários para composição ideal a cada espécie de planta.

Coleta amostras de sementes e mudas para análise laboratorial.

Seleciona sementes e mudas para o plantio Realiza o plantio de sementes, mudas, bulbos, rizomas e estacas Pode aplicar técnicas de propagação, estaquia de caule e de enxertia.

Irriga canteiros e recipientes de cultivo, de maneira convencional ou com o uso de bombas, redes de tubulação, aspersores e sistemas automatizados em geral Realiza tratos culturais diversos, manejando forrações de espécies diferentes, conforme características e formas de produção específicas Monitora a evolução e o crescimento das plantas, podendo fazer poda e substituição de plantas danificadas ou mortas.

Controla e combate o aparecimento de doenças e pragas Pode pulverizar defensivos agrícolas em plantas, flores e folhagens.

Realiza o beneficiamento das plantações em canteiros e em recipientes, retirando flores e folhagens fora de padrão e examinando tamanho, cores, integridade e saúde das plantas Pode lavar, limpar, contar e pesar os recipientes Acondiciona os recipientes em bandejas, caixas e embalagens, em geral de plástico e de madeira.

Conserva as plantas em câmara fria e em temperatura ambiente, conforme as características e necessidades das espécies Faz o carregamento dos recipientes em veículos - inclusive os climatizados -, encaminhando as forrações para comercialização ou instalação em áreas previamente definidas Opera máquinas, equipamentos e instrumentos, utiliza sistemas produtivos manuais ou automatizados, e opera sistemas de irrigação, fertirrigação, irrigação por inundação e pulverização automatizados.

Constrói pequenas instalações, como viveiros, coberturas e áreas de cultivo protegido em geral Realiza reparos e manutenção de baixa complexidade em instalações, veículos, máquinas e equipamentos Zela pela limpeza, higienização e organização das áreas de cultivo e de beneficiamento.

Trabalha com segurança, prevenindo acidentes e utilizando equipamentos de proteção individual Atua de acordo com programa de sustentabilidade ambiental, lavando, armazenando e encaminhando embalagens vazias de defensivos agrícolas e insumos para reciclagem.

Funções do cargo

O funcionário CBO 6224-15 deve acondicionar flores, folhagens e plantas para comercialização, manejar cultivo de flores, folhagens e plantas, colher flores, folhagens e plantas ornamentais, realizar atividades de manutenção e segurança, preparar local para plantio, plantar mudas, sementes, bulbos, rizomas e estacas, demonstrar competências pessoais, construir estufas e telas de sombreamento.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais trabalham tanto na condição de assalariado como por conta própria, geralmente em produção familiar. São homens e mulheres das mais variadas faixas etárias, incluindo várias gerações de uma mesma família, que se dedicam ao plantio de flores e plantas ornamentais. Na divisão de trabalho, freqüentemente as mulheres se dedicam mais à colheita das flores, que exige habilidade manual e delicadeza. Trabalham em equipe e, em algumas atividades, em posições desconfortáveis por longos períodos, sujeitos a materiais tóxicos, ao sol, e à poeira.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 6224-15

Aprendem tacitamente a profissão no próprio local de trabalho, com os produtores familiares que mantêm e repassam competências especializadas na área entre várias gerações de uma mesma família. O acesso à aprendizagem independe do nível de escolaridade.

Atividades exercidas por um Trabalhador no cultivo de forrações CBO 6224-15

Um Trabalhador no cultivo de forrações (ou sinônimo) deve adubar flores e plantas, controlar luminosidade de ambiente, pulverizar defensivos agrícolas em flores e plantas, construir estruturas de sustentação para tela de sombreamento, inspecionar funcionamento de equipamentos e máquinas, realizar tríplice-lavagem em embalagens de produtos tóxicos, limpar mananciais de captação de água, verificar ponto de colheita de plantas, limpar flores, folhagens e plantas colhidas, trabalhar em posições especiais, inspecionar presença de animais nocivos ao cultivo, retirar resíduos de mudas, bulbos e sementes, notificar falhas em equipamentos e máquinas, trabalhar em ambientes com temperatura elevada, hidratar flores, folhagens e plantas, instalar quebra-ventos naturais, comunicar problemas de cultivo para produtor e/ou técnico agrícola, repor mudas danificadas ou mortas, auxiliar em escolha de áreas de cultivo, coletar amostras de mudas para análise laboratorial, lubrificar máquinas, estender plástico, estender tela de sombreamento, realizar reparos em equipamentos e máquinas, organizar flores, folhagens e plantas de acordo com qualidade e variedade, controlar umidade de ambiente e solo, selecionar mudas para plantio, fixar calhas coletoras de água, aplicar soluções nutritivas para enraizamento de galhos e estacas, cultivar bulbos, rizomas e mudas através de divisão de touceiras, construir mesas de sustentação de flores e plantas, possuir acuidade visual, acondicionar flores, folhagens e plantas em veículos de transporte, descartar embalagens de produtos tóxicos, monitorar desenvolvimento de mudas e plantas, instalar rede elétrica e painel de controle, irrigar flores e plantas, coletar amostras de solo para análise laboratorial, construir estruturas de sustentação para cobertura de plástico, higienizar galpão de seleção, manifestar iniciativa, misturar produtos químicos para solução imunizadora, instalar sistema de pulverização, instalar sistema de ferti-irrigação, transplantar mudas e plantas, esterilizar áreas de plantio, enraizar folhas, galhos e estacas de plantas, controlar temperatura de solo e ambiente, podar plantas, carregar flores, folhagens e plantas, detectar pragas e doenças em cultivos, semear flores e plantas, preparar substratos, contar flores, folhagens e plantas, remover ervas daninhas, lavar equipamentos e utensílios, nivelar terreno, dar prova de resistência física, identificar produto embalado, encher recipientes - vasos, sacos plásticos com substrato, trabalhar em equipe, demonstrar habilidade manual, guardar equipamentos e utensílios, concentrar-se em atividades de trabalho.

Cargos e salários CBO 6224-15 - Trabalhadores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais

Salário Trabalhador na Floricultura (forrações)

Trabalhador na Floricultura (forrações): Brasil

  • 128
  • Brasil
  • 1.533 - 2.424
  • 44h
O profissional no cargo de Trabalhador na Floricultura (forrações) CBO 6224-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.533 e 2.424 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 128 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6224-15.
Salário Trabalhador no Cultivo de Forrações

Trabalhador no Cultivo de Forrações: Brasil

  • 128
  • Brasil
  • 1.533 - 2.424
  • 44h
O profissional no cargo de Trabalhador no Cultivo de Forrações CBO 6224-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.533 e 2.424 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 128 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6224-15.
Salário Floricultor no Cultivo de Forragens

Floricultor no Cultivo de Forragens: Brasil

  • 128
  • Brasil
  • 1.533 - 2.424
  • 44h
O profissional no cargo de Floricultor no Cultivo de Forragens CBO 6224-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.533 e 2.424 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 128 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6224-15.