CBO 6131-30 - Criador de equinos - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos produtores em pecuária de animais de grande porte

O profissional no cargo de Criador de equinos CBO 6131-30 coordena, administra e orienta a criação de cavalos de diversas raças – tais como Campeiro, Mangalarga, Mangalarga Marchador, Andaluz, Crioulo, entre outras -, supervisionando manejo animal, definindo tipo de alimentação e suplementação nutricional e mineral, estabelecendo sistema de reprodução, e controlando saúde e bem-estar dos animais Participa de feiras, exposições e leilões.

Comercializa equinos Planeja atividades de criação dos animais Monta infraestrutura e administra propriedade rural.

Mantém-se atualizado em relação às novas tecnologias Supervisiona equipes de trabalho, distribuindo tarefas, avaliando desempenho e desenvolvendo treinamentos Cumpre procedimentos e normas técnicas, normas de qualidade, normas de biossegurança e vigilância sanitária e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção contra incêndios e de preservação ambiental.

CBO 6131-30 é o Código Brasileiro da Ocupação de produtores em pecuária de animais de grande porte que pertence ao grupo dos produtores na exploração agropecuária, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Criador de equinos, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Produtores em pecuária de animais de grande porte CBO 6131-30 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 6131-30

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
    • Produtores em pecuária de animais de grande porte.
      • Produtores na exploração agropecuária.

O que faz um Criador de equinos

O Criador de equinos CBO 6131-30 planeja atividades de criação de cavalos, em sistemas tradicionais e mecanizados, fazendo uso, inclusive, de máquinas automatizadas Seleciona raças.

Utiliza programas informatizados para planejamento e controle.

Estabelece metas e estima custos Supervisiona atividades de manejo animal, observando temperamento, comportamento e condição corporal dos equinos.

Monitora contagem, condução, imobilização e transporte dos animais Identifica equinos - preferencialmente usando “tags” (etiquetas) – e registra seus dados em sistema informatizado.

Providencia casqueamento, ferrageamento e tosa de crina, pelo de orelha e cauda dos animais.

Orienta a doma – em especial, doma racional – e o adestramento de equinos para fins de trabalho agropecuário, transporte, lazer-recreação, competições esportivas, equiterapia, dentre outros Planeja alimentação dos animais, estabelecendo horários, definindo tipo de alimentação e suplementação nutricional e mineral, e dimensionando quantidade de alimento.

Cultiva espécies vegetais para alimentação dos animais.

Distribui rações e outros alimentos em comedouros Distribui água em bebedouros Trabalha em sistemas de pastagem e silagem em criações extensivas, semi-intensivas ou intensivas.

Armazena alimentos Controla a saúde e o bem-estar dos equinos, em todas as etapas da criação Levanta sinais de possíveis doenças, lesões e traumatismos nos animais, passando as informações ao médico veterinário.

Pode auxiliar o médico veterinário na coleta de material biológico dos equinos para exames laboratoriais, na aplicação de medicamentos e na realização de procedimentos cirúrgicos, como castração Controla vacinação, administração de vermífugos, e periodicidade de exames médicos.

Isola animais em quarentena Orienta a execução de procedimentos sanitários Organiza a reprodução de equinos, classificando reprodutores e matrizes, estabelecendo sistema de reprodução, indicando animais para monta natural, e acompanhando inseminação artificial e transferência de embriões.

Monitora o período de gestação Acompanha o atendimento durante o parto e após o nascimento da prole Monitora recém-nascidos, controlando cura de seus umbigos e cuidando de sua sanidade.

Mantém-se atualizado em relação às novas tecnologias aplicadas à criação de animais, como técnicas de melhoramento genético Pesquisa, adapta e utiliza tecnologias, para implantação de melhorias no processo de criação Consulta assistência técnica, para solucionar problemas.

Prepara o processo de comercialização, separando equinos por lotes e providenciando documentos de identificação de cada animal Orienta a preparação dos equinos para comercialização Participa de feiras, exposições e leilões, organizando e montando espaços para venda de animais Comercializa equinos, pesquisando mercado para venda, comunicando-se com clientes e outros produtores, fazendo divulgação em meios de comunicação, e negociando preços Administra propriedade rural, controlando estoques de insumos, registrando receitas e despesas, e avaliando custo-benefício de produção.

Providencia documentações legais referentes às atividades desenvolvidas Supervisiona atividades das equipes de trabalho, distribuindo tarefas e avaliando o desempenho dos trabalhadores Proporciona programas de treinamento às equipes Coordena a montagem da infraestrutura da propriedade e a construção – ou reforma - de instalações Monitora limpeza, higienização e organização nas instalações Providencia manutenção de instalações, veículos, máquinas, equipamentos e implementos Promove práticas para mitigação de danos ambientais, implementando reflorestamento de áreas degradadas Zela pela segurança no trabalho, usando e monitorando o uso, pela equipe, de equipamentos de proteção individual, controlando adoção de protocolos de biossegurança, e prevenindo acidentes.

Funções do cargo

O funcionário CBO 6131-30 deve controlar sanidade de rebanho, comercializar rebanhos e produtos derivados, demonstrar competências pessoais, supervisionar manejo de rebanho, planejar alimentação de rebanho, condicionar bovídeos e eqüídeos, administrar propriedade rural, organizar reprodução de rebanho.

Condições de trabalho dessas profissões

Produtores em pecuária de animais de grande porte o trabalho é exercido pelo empregador e por profissionais que se organizam de forma autônoma ou em cooperativas . As atividades são realizadas a céu aberto, em horários variados e o trabalhador fica exposto a uma série de agentes ambientais (sol, chuva, poeira, vento)e riscos de acidentes provocados pelos animais.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 6131-30

O acesso ao trabalho é livre, sem exigência de escolaridade ou formação profissional. A escolaridade dos produtores varia do ensino fundamental até o superior, com formação em veterinária e zootecnia, dentre outras. O desempenho pleno das ocupações requer cinco anos de experiência com animais de grande porte.

Atividades exercidas por um Criador de equinos CBO 6131-30

Um Criador de equinos (ou sinônimo) deve determinar destino de material orgânico, monitorar acasalamento dirigido por monta, controlar dosagem oral de medicamentos, supervisionar limpeza de instalações, monitorar acasalamento dirigido por inseminação artificial, demonstrar objetividade, preparar animais para comercialização, casquear bovinos e equídeos, armazenar alimentos por fenação, monitorar transferência de embriões, pesquisar mercado para venda de equídeos, participar de feiras, exposições e leilões, controlar pulverização de medicamentos, providenciar rufiões, programar distribuição de animais em instalações e pastos, coordenar equipe de trabalho, domar equídeos, demonstrar sensibilidade no trato com animais, definir tipo de alimentação, controlar periodicidade de exames médicos, tosar crina, pêlo de orelha e cauda, classificar matrizes, determinar tratamento de material orgânico, separar animais por lotes, providenciar manutenção de patrimônio, examinar fêmeas para confirmação de prenhez, fiscalizar rebanho, marcar animais por tatuagem, avaliar custo-benefício de produção, contratar mão-de-obra, calcular capacidade de ocupação de área disponível, dimensionar quantidade de alimento, monitorar recém-nascidos, classificar reprodutores, treinar equídeos para atividade esportiva, supervisionar distribuição de sais minerais e água, isolar animais em quarentena, comprar insumos, monitorar gestação, providenciar manutenção de maquinários, comunicar-se, controlar vacinação, programar trato diário de volumoso e arraçoamento, providenciar instalações para rebanho, monitorar observação visual de cio, negociar compras e vendas, monitorar castração, marcar animais a ferro quente e frio, armazenar grãos e rações em instalações, providenciar atestados, adestrar equídeos, controlar cura de umbigos de recém-nascidos, monitorar partos, controlar injeção de medicamentos, identificar animais contaminados, planejar plantio de forrageiras, divulgar produtos em meios de comunicação, registrar receitas e despesas, preparar animais para exposição, persistir diante de dificuldades, demonstrar espírito de liderança na atividade, providenciar documentos de identificação de animal, demonstrar visão empreendedora.

Cargos e salários CBO 6131-30 - Produtores em pecuária de animais de grande porte

Salário Criador de Equinos

Criador de Equinos: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Criador de Equinos CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Criador de Cavalo de Raça

Criador de Cavalo de Raça: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Criador de Cavalo de Raça CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Criador de Cavalos - Conta Própria

Criador de Cavalos - Conta Própria: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Criador de Cavalos - Conta Própria CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Criador de Cavalos - Empregador

Criador de Cavalos - Empregador: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Criador de Cavalos - Empregador CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Criador de Eqüideos Eqüinos - Empregador

Criador de Eqüideos Eqüinos - Empregador: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Criador de Eqüideos Eqüinos - Empregador CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Eqüinocultor

Eqüinocultor: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Eqüinocultor CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Fazendeiro - na Criação de Eqüinos - Empregador

Fazendeiro - na Criação de Eqüinos - Empregador: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Fazendeiro - na Criação de Eqüinos - Empregador CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Pantaneiro

Pantaneiro: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Pantaneiro CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Proprietário - na Criação de Eqüinos

Proprietário - na Criação de Eqüinos: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Proprietário - na Criação de Eqüinos CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.
Salário Sitiante - na Criação de Eqüinos

Sitiante - na Criação de Eqüinos: Brasil

  • 43
  • Brasil
  • 1.922 - 3.538
  • 43h
O profissional no cargo de Sitiante - na Criação de Eqüinos CBO 6131-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.922 e 3.538 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 43 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6131-30.