CBO 6124-15 - Produtores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 6124-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de produtores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais que pertence ao grupo dos produtores na exploração agropecuária, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Produtores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais CBO 6124-15 em todos os estados e cidades do Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 6124-15

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
    • Produtores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais.
      • Produtores na exploração agropecuária.

Funções

implantar infraestrutura para produção de flores e plantas ornamentais, comunicar-se, comercializar produção de flores e plantas ornamentais, demonstrar competências pessoais, administrar recursos financeiros e pessoal, realizar manejo e trato cultural da produção, definir local, espécies e variedades de flores e plantas ornamentais, preparar solo e substratos para plantio, propagar flores e plantas ornamentais, realizar tratamentos fitossanitários, colher produção.

Atividades

selecionar espécies para cultivo segundo critérios de produção e de mercado, orientar construção de infraestrutura, demonstrar presteza, demonstrar credibilidade, verificar condições de telefonia para empreendimento, controlar fluxo de caixa, definir estrutura de plantio, contratar serviços técnicos para montagem de infraestrutura, controlar pragas e doenças através de métodos físicos, identificar pragas e doenças na plantação, separar plantas conforme estágio produtivo, estudar condições topográficas, climáticas e de solo, avaliar condições de disponibilidade e qualidade da água, demonstrar capacidade de compreensão oral, introduzir organismos biológicos predadores de pragas e doenças, propagar mudas por meristema, supervisionar montagem de infraestrutura, instalar quebra-vento artificial, controlar temperatura nas estufas, propagar mudas por sementes, corrigir solo e substratos nos componentes químicos, orgânicos e físicos, controlar frequência e horário de trabalho dos empregados, construir curvas de nível para prevenção de erosão, inspecionar uso de equipamentos de proteção individual (epi) pelos empregados, demonstrar disponibilidade, limpar folhas velhas de plantas, demonstrar criatividade, coletar amostras de solo para análise, alterar quantidade e variedade produzidas em função da demanda do mercado, desinfetar solo e substratos, determinar ponto de colheita da produção, verificar existência de associações de produtores e assistência tecnológica especializada na região, podar plantas, irrigar plantação, pesquisar quantidade, qualidade e picos de demanda, armazenar produção, verificar demanda, oferta e qualidade de energia elétrica para empreendimento, contratar empregados, propagar mudas por divisão de touceiras, gradear solo, realizar plantio, determinar empregado para cada atividade segundo suas habilidades, instruir trabalhadores para tríplice lavagem de embalagens de defensivos agrícolas, comprar veículos, equipamentos e implementos agrícolas, adubar solos com compostos orgânicos e químicos segundo desenvolvimento vegetativo das plantas, demonstrar intuição, treinar empregados, eliminar ervas daninhas, estudar impactos ambientais potenciais da produção, demonstrar negociação, estipular gratificações por produtividade para funcionários, regular equipamentos de aplicação de defensivos agrícolas, orientar construção de cemitério para destinação de embalagens de defensivos agrícolas utilizados, verificar documentação da área para aquisição e arrendamento, isolar áreas no período de carência de defensivos, supervisionar exposição de produtos em pontos de venda, verificar condições de acesso e distância entre local de produção e pontos de distribuição, pesquisar preço praticado pelo mercado, efetuar cobranças e pagamentos, plantar quebra-vento natural, desbrotar plantas, controlar umidade de solo e ar, instruir trabalhadores quanto ao descarte de embalagens de defensivos agrícolas, controlar luminosidade de áreas plantadas, estimar custo de produção, supervisionar aplicação de defensivos agrícolas, demonstrar senso de responsabilidade, verificar disponibilidade de mão-de-obra no local de produção, arar solo, avaliar produtividade de empregados, planejar alocação de recursos financeiros, demitir empregados, proteger solo com cobertura morta, instruir sobre preparação e aplicação de defensivos agrícolas para controle de pragas e doenças, propagar mudas por mergulhia, preparar equipamentos para colheita (tesoura, luvas, vasilhas, baldes com água), subsolar solo, encanteirar solo, demonstrar capacidade de expressão verbal, determinar horário do dia para colheita, estabelecer parcerias na produção, pesquisar mercados e clientes para distribuição da produção, demonstrar liderança, supervisionar entrega de produtos, captar recursos financeiros, controlar ventilação de áreas plantadas, acondicionar produção para transporte, embalar produtos colhidos, desinfetar vasilhames e utensílios, pesquisar dia e horário de entrega da produção, demonstrar sociabilidade, divulgar produtos, fornecer orientações técnicas ao consumidor, adquirir mudas, sementes, bulbos, rizomas e estacas, classificar plantas colhidas ou envasadas, propagar mudas por enxertia.

Cargos e salários CBO 6124-15 - Produtores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais

Salário Produtor de Forrações

Produtor de Forrações: Brasil

  • 6
  • Brasil
  • 2.197 - 4.196
  • 43h
O profissional no cargo de Produtor de Forrações CBO 6124-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.197 e 4.196 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 6 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6124-15.
Salário Floricultor de Forrações

Floricultor de Forrações: Brasil

  • 6
  • Brasil
  • 2.197 - 4.196
  • 43h
O profissional no cargo de Floricultor de Forrações CBO 6124-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.197 e 4.196 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 6 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6124-15.