CBO 3742-10 - Técnicos em cenografia - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 3742-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de técnicos em cenografia que pertence ao grupo dos técnicos em operação de aparelhos de sonorização, cenografia e projeção, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Técnicos em cenografia CBO 3742-10 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3742-10

  • Técnicos de nível médio.
    • Técnicos em nivel médio dos serviços culturais, das comunicações e dos desportos.
      • Técnicos em operação de aparelhos de sonorização, cenografia e projeção.
        • Técnicos em cenografia.

Descrição dos cargos da categoria Técnicos em cenografia

Os Técnicos em cenografia CBO 3742-10 constroem cenários, adereços e mobiliários, a partir de análise de projeto cenográfico e pesquisa de objetos e materiais, executam técnicas afins, como trabalhos de carpintaria, serralheria, costura, pintura, modelagem e escultura, montam e adaptam peças de cenários e efeitos especiais , operam maquinaria, como varas elétricas e cenográficas, cortinas, gruas, carrinhos sobre trilhos e mecanismos de efeitos especiais, supervisionam atividades relacionadas ao planejamento, orçamento e contratação de serviços e orientam equipes de trabalho.

Condições de trabalho

Técnicos em cenografia trabalham em atividades artísticas e culturais, por conta própria. Atuam em equipe, com supervisão ocasional do contratante, em ambientes fechados e em horários irregulares. Em algumas atividades podem trabalhar em grandes alturas, confinados, sujeitos a ruído intenso, a permanecer em posições desconfortáveis durante longos períodos, bem como estar expostos a riscos de acidentes e a materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho

Para o exercício profissional dos maquinistas de cinema e vídeo e de teatro e espetáculos requer-se ensino fundamental completo, seguido de curso de qualificação de duzentas horas-aula e um ano de experiência para o exercício pleno das atividades. Do cenotécnico requer-se curso técnico profissionalizante de nível médio. O desempenho pleno das atividades ocorre após cinco anos de experiência.

Funções dos Técnicos em cenografia CBO 3742-10

Técnicos em cenografia devem:

  • montar cenários;
  • supervisionar atividades de trabalho;
  • demonstrar competências pessoais;
  • operar maquinaria;
  • executar técnicas afins;
  • construir cenários e adereços;
  • Atividades dos cargos CBO 3742-10

    Entre as principais atribuições dos Técnicos em cenografia CBO 3742-10 estão as de:

    • conferir urdimento e maquinaria;
    • tomar decisões;
    • fixar cenários móveis em maquinaria;
    • roteirizar entrada e saída de cenários;
    • identificar cenários em relação a varas;
    • demonstrar criatividade;
    • manifestar senso estético;
    • organizar trânsito de coxias;
    • contrapesar cenários;
    • afinar vestimentas de palcos;
    • planejar atividades de trabalho;
    • armar carrinhos sobre trilhos;
    • conferir condições físicas de palcos e ´sets´;
    • demonstrar capacidade de improvisação;
    • montar peças de cenários;
    • armar telas difusoras;
    • operar cortinas;
    • discriminar cores;
    • discriminar volumes em espaço;
    • compatibilizar cenários e adereços à luz;
    • operar gruas;
    • montar efeitos especiais;
    • executar trabalhos de cordame;
    • demonstrar habilidade manual;
    • orçar serviços;
    • operar varas elétricas (guinchos);
    • trabalhar em equipe;
    • orientar técnicos de palco;
    • operar varas cenográficas;
    • armar gruas;
    • operar carrinhos sobre trilhos;
    • fornecer suporte a eletricistas de cinema;
    • administrar tempo;
    • manifestar acuidade auditiva;
    • trabalhar sob pressão;
    • operar efeitos especiais;
    • confeccionar mecanismos de efeitos especiais;
    • manifestar acuidade simétrica;
    • posicionar cenário em espaço cênico;
    • movimentar cenários sobre rodas;
    • fixar manobras em cenários;
    • afixar adereços e objetos em cena;

    Cargos e salários CBO 3742-10 - Técnicos em cenografia

    Salário Maquinista de Cinema e Vídeo

    Maquinista de Cinema e Vídeo: Brasil

    • 370
    • Brasil
    • 2.539 - 5.851
    • 41h
    O profissional no cargo de Maquinista de Cinema e Vídeo CBO 3742-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.539 e 5.851 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 370 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3742-10.
    Salário Assistente de Estúdio (cinema e Vídeo)

    Assistente de Estúdio (cinema e Vídeo): Brasil

    • 370
    • Brasil
    • 2.539 - 5.851
    • 41h
    O profissional no cargo de Assistente de Estúdio (cinema e Vídeo) CBO 3742-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.539 e 5.851 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 370 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3742-10.
    Salário Cenotécnico de Filmagem

    Cenotécnico de Filmagem: Brasil

    • 370
    • Brasil
    • 2.539 - 5.851
    • 41h
    O profissional no cargo de Cenotécnico de Filmagem CBO 3742-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.539 e 5.851 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 370 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3742-10.
    Salário Operador de Carrinho (travelling)

    Operador de Carrinho (travelling): Brasil

    • 370
    • Brasil
    • 2.539 - 5.851
    • 41h
    O profissional no cargo de Operador de Carrinho (travelling) CBO 3742-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.539 e 5.851 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 370 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3742-10.
    Salário Operador de Grua

    Operador de Grua: Brasil

    • 370
    • Brasil
    • 2.539 - 5.851
    • 41h
    O profissional no cargo de Operador de Grua CBO 3742-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.539 e 5.851 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 370 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3742-10.