CBO 3231-05 - Técnicos em pecuária - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 3231-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de técnicos em pecuária que pertence ao grupo dos técnicos da ciência da saúde animal, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Técnicos em pecuária CBO 3231-05 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3231-05

  • Técnicos de nível médio.
    • Técnicos de nível médio das ciências biológicas, bioquímicas, da saúde.
      • Técnicos da ciência da saúde animal.
        • Técnicos em pecuária.

Descrição dos cargos da categoria Técnicos em pecuária

Os Técnicos em pecuária CBO 3231-05 atuam nas mais diversas áreas de criação e manejo animal, promovendo medidas de profilaxia, sanidade, alimentação e reprodução. Administram empresas rurais e promovem a comercialização de produtos e animais. Estudam e aplicam princípios biológicos e zootécnicos para experimentar, testar, desenvolver e melhorar métodos de produção de vida animal, inclusive os insetos úteis.

Condições de trabalho

Técnicos em pecuária trabalham na pecuária, pesca, aqüicultura, laboratórios de pesquisa e desenvolvimento e em indústrias de fabricação de produtos alimentícios. São profissionais assalariados, com carteira assinada, organizam-se em equipe de trabalho, sob supervisão de profissionais de nível superior. Atuam em locais fechados ou abertos, em horários diurnos. Em algumas das atividades exercidas, são expostos a altas e baixas temperaturas e materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho

O exercício dessa ocupação requer curso técnico em pecuária ou zootecnia (nível médio). O desempenho pleno das atividades, ocorre após um ano de experiência.

Funções dos Técnicos em pecuária CBO 3231-05

Técnicos em pecuária devem:

  • conduzir manejo reprodutivo;
  • participar de projetos de pesquisa;
  • demonstrar competências pessoais;
  • preparar alimentação;
  • administrar propriedades rurais;
  • realizar análises laboratoriais;
  • cultivar forrageiras e grãos;
  • efetuar controle zootécnico e sanitário;
  • processar produtos de origem animal;
  • promover manejo zootécnico;
  • Atividades dos cargos CBO 3231-05

    Entre as principais atribuições dos Técnicos em pecuária CBO 3231-05 estão as de:

    • usar equipamentos de proteção individual;
    • vistoriar execução de projetos;
    • reunir equipamentos de trabalho;
    • cuidar de recém-nascidos;
    • fiscalizar execução dos serviços;
    • incubar ovos;
    • armazenar sêmen;
    • reverter sexo (peixe);
    • demarcar terreno;
    • desenvolver cronograma de operações;
    • trabalhar em equipe;
    • deplumar aves;
    • alimentar animais (concentrados e volumosos);
    • ministrar aulas e cursos;
    • observar estado de saúde dos animais;
    • levantar dados;
    • recolher desova;
    • estocar forrageiras e grãos (ensilagem e fenação);
    • classificar produtos;
    • adotar medidas de segurança e biossegurança;
    • prestar assistência técnica;
    • cortar dentes e rabos;
    • recrutar mão-de-obra;
    • inseminar animais;
    • colocar larvas em água salobra (camarão);
    • auxiliar em cirurgias;
    • fabricar derivados do leite;
    • comercializar produtos agropecuários;
    • curar ferimentos;
    • tomar parte em reuniões e congressos;
    • confeccionar fichas de controle;
    • castrar animais;
    • estimar viabilidade de execução;
    • determinar necessidades de cada animal;
    • cultivar plâncton (fito e zôo);
    • adequar produção à demanda;
    • montar orçamento;
    • diagnosticar prenhez;
    • rotacionar culturas;
    • vacinar animais;
    • quantificar produtividade;
    • auxiliar na transferência de embriões;
    • coletar materiais para análise;
    • elaborar projetos;
    • defumar carnes e peixes;
    • adestrar animais;
    • descornear animais;
    • desinfetar instalações;
    • medir animais (biometria);
    • preparar sêmen;
    • operar equipamentos;
    • adubar solo;
    • efetuar rodízio em pastagens;
    • adequar ambiente à espécie e vice-versa;
    • identificar animais (ferro, tatuagem, brinco, chip etc.);
    • escolher ingredientes da alimentação;
    • detectar pragas e doenças;
    • orientar auxiliares e estagiários;
    • organizar farmácia e almoxarifado;
    • descrever topografia;
    • preencher fichas de controle (digitar e ou escrever);
    • providenciar controle de ervas daninhas;
    • treinar mão-de-obra;
    • aprontar amostras;
    • controlar finanças;
    • dimensionar plantel;
    • demarcar curvas de nível;
    • selecionar animais para reprodução;
    • interpretar resultados;
    • controlar parasitas (vermes, carrapatos, bernes etc.);
    • acompanhar partos;
    • adaptar instalações ao projeto;
    • corrigir solo;
    • separar animais para abate;
    • divulgar produtos;
    • providenciar manutenção dos equipamentos;
    • debicar aves;
    • projetar instalações rurais;
    • acompanhar desenvolvimento embrionário (ovoscopia, ultrassonografia etc.);
    • atualizar-se;
    • formular rações;
    • redigir relatórios;
    • distribuir tarefas;
    • inspecionar matéria-prima;
    • casquear animais;
    • ler amostras;
    • avaliar resultados do projeto;
    • separar animais em categorias e raças;
    • sexar animais;
    • pesar animais;
    • tomar vacina;
    • preparar rações;
    • plantar mudas e sementes;
    • planejar estação de monta;
    • atuar na comunidade;
    • aprontar reagentes;
    • prescrever embalagem;
    • retirar pedúnculo ocular do camarão;
    • recolher larvas de peixe;
    • zelar pela conservação do meio ambiente;
    • fabricar embutidos;
    • ministrar medicamentos;
    • coletar sêmen;
    • verificar qualidade dos ingredientes;
    • provocar desova;
    • avaliar doenças e infestações dos animais e pastagens;
    • divulgar resultados;
    • escolher variedades, mudas e sementes;
    • operar computador;
    • desmamar animais;
    • tosquear animais;
    • curtir peles e couros;
    • prover conservação e armazenamento;

    Cargos e salários CBO 3231-05 - Técnicos em pecuária

    Salário Técnico em Pecuária

    Técnico em Pecuária: Brasil

    • 325
    • Brasil
    • 3.072 - 7.289
    • 43h
    O profissional no cargo de Técnico em Pecuária CBO 3231-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.072 e 7.289 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 325 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3231-05.
    Salário Técnico em Avicultura

    Técnico em Avicultura: Brasil

    • 325
    • Brasil
    • 3.072 - 7.289
    • 43h
    O profissional no cargo de Técnico em Avicultura CBO 3231-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.072 e 7.289 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 325 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3231-05.
    Salário Técnico em Zootecnia

    Técnico em Zootecnia: Brasil

    • 325
    • Brasil
    • 3.072 - 7.289
    • 43h
    O profissional no cargo de Técnico em Zootecnia CBO 3231-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.072 e 7.289 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 325 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3231-05.