CBO 2237-05 - Nutricionistas - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 2237-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de nutricionistas que pertence ao grupo dos profissionais da medicina, saúde, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Nutricionistas CBO 2237-05 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2237-05

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Profissionais das ciências biológicas, da saúde.
      • Profissionais da medicina, saúde.
        • Nutricionistas.

Descrição dos cargos da categoria Nutricionistas

Os Nutricionistas CBO 2237-05 prestam assistência nutricional a indivíduos e coletividades (sadios e enfermos), planejam, organizam, administram e avaliam unidades de alimentação e nutrição, efetuam controle higiênico-sanitário, participam de programas de educação nutricional, podem estruturar e gerenciar serviços de atendimento ao consumidor de indústrias de alimentos e ministrar cursos. Atuam em conformidade ao manual de boas práticas.

Condições de trabalho

Nutricionistas atuam nas seguintes áreas: alimentação coletiva (creches, escolas, cesta básica, hotelaria, convênio-refeição, restaurante comercial, restaurante industrial e concessionárias, gastronomia, catering), clínica (hospitais, spa, lactário, ambulatório, consultório, banco de leite, atendimento domiciliar, estética), esporte, saúde coletiva (programas institucionais, unidades primárias de saúde), saúde pública (vigilância sanitária e vigilância institucional), marketing (atendimento ao consumidor e cozinha experimental), indústria de alimentos, consultoria/assessoria. São assalariados, organizam-se em equipe multi e interdisciplinar e trabalham sem supervisão. Executam seu trabalho em ambiente fechado e em horário diurno, podendo, em alguns casos, trabalhar em horário irregular. Estão sujeitos a trabalho sob pressão, levando situação de estresse, a posições desconfortáveis durante longos períodos e podem ser expostos a ruído intenso, altas temperaturas, risco ambiental e insalubridade. Existe uma nova tendência em nutrição, que diz respeito à nutrição animal. Trata-se de um trabalho multiprofissional, ligado à gestão ambiental, onde o nutricionista trabalha com questões do desperdício e de rastreabilidade de doenças animais, principalmente de animais silvestres.

Exigências do mercado de trabalho

Para ingressar nessas ocupações é necessário que o trabalhador tenha curso superior em nutrição. Dietistas são os profissionais formados pela Faculdade de Higiene dos Alimentos.

Funções dos Nutricionistas CBO 2237-05

Nutricionistas devem:

  • exercer atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento;
  • prestar assistência nutricional a indivíduos e/ou coletividades (sadios ou enfermos);
  • gerenciar recursos humanos, materiais e financeiros;
  • efetuar controle higiênico-sanitário;
  • estruturar atendimento ao consumidor;
  • planejar unidades de alimentação e nutrição;
  • comunicar-se;
  • demonstrar competências pessoais;
  • administrar unidades de alimentação e nutrição;
  • Atividades dos cargos CBO 2237-05

    Entre as principais atribuições dos Nutricionistas CBO 2237-05 estão as de:

    • desenvolver testes de aceitabilidade (avaliação sensorial);
    • controlar qualidade de alimentos;
    • montar organograma funcional;
    • estruturar banco de dados;
    • enviar material de divulgação;
    • verificar aceitação das refeições;
    • estruturar plano de gerenciamento de crise;
    • solicitar exames laboratoriais;
    • registrar informações;
    • inventariar equipamentos, utensílios e suprimentos;
    • descrever funções técnico-administrativas;
    • preparar material educativo;
    • escolher equipamentos, utensílios e suprimentos;
    • participar de grupos técnicos;
    • supervisionar preparo das refeições;
    • elaborar manuais de boas práticas;
    • elaborar receituário de preparações culinárias;
    • efetuar visitas técnicas;
    • planejar cardápios;
    • aplicar programas de auditoria interna;
    • supervisionar estágios;
    • estruturar ponto de atendimento;
    • medir resto-ingestão;
    • organizar eventos;
    • definir perfil de pessoal;
    • supervisionar compras;
    • descrever normas de trabalho;
    • elaborar manuais técnico-administrativos;
    • capacitar pessoal;
    • orçar mão-de-obra;
    • participar de entidades de classe;
    • demonstrar fluência verbal;
    • dominar legislação;
    • lidar com o público;
    • lidar com informática;
    • selecionar fornecedores;
    • desenvolver preparações dietéticas e culinárias;
    • controlar custos;
    • elaborar plano alimentar em atividades físicas extremas (esportes radicais etc);
    • selecionar programas de informática em crm;
    • supervisionar recepção de gêneros;
    • capacitar estagiários;
    • divulgar ciência da nutrição;
    • identificar necessidades nutricionais;
    • demonstrar capacidade redacional;
    • reavaliar procedimentos e produtos;
    • demonstrar criatividade;
    • participar na formação de outros profissionais;
    • confeccionar plano de contingência;
    • demonstrar liderança;
    • conceder entrevistas à mídia;
    • supervisionar pessoal operacional;
    • desenvolver pesquisa de campo;
    • trabalhar em equipe multi e interdisciplinar;
    • planejar área física;
    • prestar assessoria;
    • realizar prescrição dietética;
    • manipular instrumentos de avaliação do estado nutricional;
    • sugerir melhorias de produtos e serviços;
    • informar empresa dos resultados do atendimento;
    • supervisionar controle de estoque;
    • manter-se dinâmico;
    • prestar consultoria;
    • avaliar desempenho de pessoal;
    • analisar resultados de testes de aceitabilidade;
    • planejar fluxos de trabalho;
    • participar de entidades técnico-científicas;
    • identificar população-alvo;
    • informar consumidores;
    • comprar gêneros perecíveis, não perecíveis, equipamentos e utensílios;
    • redigir relatórios;
    • dimensionar quadro de pessoal;
    • participar de ações de marketing;
    • estabelecer plano de cuidados nutricionais;
    • providenciar troca de produtos;
    • identificar perigos e pontos críticos de controle (appcc);
    • subsidiar desenvolvimento de produtos alimentícios;
    • realizar acompanhamento nutricional;
    • controlar higienização de alimentos;
    • efetuar controles de saúde dos funcionários;
    • participar de diagnóstico interdisciplinar;
    • descrever procedimentos;
    • delegar funções;
    • esclarecer dúvidas dos consumidores;
    • definir metodologia de trabalho;
    • confeccionar escala de trabalho;
    • contornar situações adversas;
    • aplicar ações preventivas e corretivas;
    • avaliar etapas de trabalho;
    • solicitar análise bromatológica dos alimentos;
    • conferir adesão à orientação dietético-nutricional;
    • controlar validade de produtos;
    • coordenar atividades de ensino e pesquisa;
    • realizar atendimento domiciliar;
    • redigir textos técnicos;
    • participar de reuniões técnicas;
    • realizar inquérito alimentar;
    • controlar higienização de pessoal;
    • selecionar gêneros perecíveis, não perecíveis, equipamentos e utensílios;
    • demonstrar espírito de equipe;
    • prescrever complementos e suplementos nutricionais;
    • redigir composição do alimento para rótulo de produto;
    • transmitir segurança;
    • escrever artigos de nutrição para publicação;
    • requalificar pessoal;
    • realizar diagnóstico dietético-nutricional;
    • solicitar análise microbiológica dos alimentos;
    • participar de programas institucionais;
    • selecionar pessoal;
    • cadastrar clientes;
    • prover orientação nutricional;
    • testar preparações dietéticas e culinárias;
    • prover educação nutricional;
    • orçar equipamentos, utensílios e suprimentos;
    • criar mecanismos de comunicação interna;
    • executar procedimentos técnico-administrativos;
    • fornecer informações sobre nutrição e alimentação à mídia;
    • registrar evolução dietoterápica em prontuário;
    • orientar familiares e cuidadores;
    • dar alta em nutrição;
    • preparar material de divulgação;
    • interpretar indicadores nutricionais;
    • demonstrar flexibilidade;
    • coletar dados antropométricos;
    • desenvolver métodos de trabalho;
    • descrever rotinas operacionais;
    • controlar higienização de equipamentos e utensílios;
    • ministrar palestras técnico-científicas;
    • calcular gasto energético;
    • pesquisar mercado de produtos alimentícios;
    • supervisionar distribuição das refeições;
    • atualizar-se;
    • especializar-se;
    • controlar higienização de ambiente;
    • redigir informação nutricional e especificações técnicas do alimento para rótulo;

    Cargos e salários CBO 2237-05 - Nutricionistas

    Salário Auxiliar de Nutrição e Dietética

    Auxiliar de Nutrição e Dietética: Brasil

    • 1.461
    • Brasil
    • 1.5 - 2.690
    • 42h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Nutrição e Dietética CBO 2237-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.5 e 2.690 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.461 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2237-05.
    Salário Dietista

    Dietista: Brasil

    • 1.461
    • Brasil
    • 1.5 - 2.690
    • 42h
    O profissional no cargo de Dietista CBO 2237-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.5 e 2.690 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.461 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2237-05.
    Salário Auxiliar de Dietista

    Auxiliar de Dietista: Brasil

    • 1.461
    • Brasil
    • 1.5 - 2.690
    • 42h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Dietista CBO 2237-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.5 e 2.690 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.461 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2237-05.