CBO 1426-10 - Especialista em desenvolvimento de cigarros - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos gerentes de pesquisa e desenvolvimento

O profissional no cargo de Especialista em desenvolvimento de cigarros CBO 1426-10 Desenvolve novos produtos – cigarros – ou aperfeiçoa os já existentes, definindo a mistura de tabacos – também denominada “blend”, parâmetros físicos e demais características dos produtos Pode propor novos produtos com base em descobertas de novas misturas.

Elabora propostas de projetos de pesquisa para o desenvolvimento de cigarros Realiza análises regulatórias, seguindo determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Pode colaborar no desenvolvimento ou no aperfeiçoamento de metodologias empregadas na aquisição de tabaco.

Participa do processo de acreditação de laboratórios de ensaio Valida novas tecnologias, produtos e serviços Promove a transferência de tecnologia.

Coordena equipes e projetos Dissemina resultados e atividades Atua conforme normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de qualidade e de preservação ambiental.

CBO 1426-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de gerentes de pesquisa e desenvolvimento que pertence ao grupo dos gerentes, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Especialista em desenvolvimento de cigarros, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Gerentes de pesquisa e desenvolvimento CBO 1426-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 1426-10

  • Membros superiores do poder público, dirigentes de organizações de interesse público e de empresas, gerentes.
    • Gerentes de pesquisa e desenvolvimento.
      • Gerentes.

O que faz um Especialista em desenvolvimento de cigarros

O Especialista em desenvolvimento de cigarros CBO 1426-10 realiza prospecção tecnológica, avaliando e identificando potenciais detentores de tecnologia, para desenvolvimento de cigarros Adapta tecnologias à realidade nacional.

Participa do processo de acreditação de laboratórios de ensaio utilizados no desenvolvimento de cigarros.

Pesquisa necessidades de clientes Busca parcerias.

Elabora propostas de projetos de pesquisa voltados para o desenvolvimento de cigarros, com potencial de aplicação na classificação e no processamento do tabaco, na fabricação do produto e nos aspectos ambientais envolvidos Define especificações de produtos e equipamentos.

Compatibiliza força de trabalho, recursos econômicos e materiais e serviços utilizados nos projetos.

Realiza análises regulatórias de produtos envolvidos na produção de cigarros, seguindo determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), utilizando metodologias diversificadas Pode colaborar no desenvolvimento ou no aperfeiçoamento de metodologias empregadas na aquisição de tabaco, considerando métodos de medição de umidade do tabaco, procedimentos de análise sensorial e de avaliação da quantidade de nicotina, cor e maturidade, uso de tecnologia laser para determinação de cor do fumo, uso de robôs – após a etapa de classificação – para organização das classes de tabaco, entre outros aspectos.

Oferece suporte metodológico para o uso de equipamentos analíticos e periféricos dedicados à análise de substâncias variadas, como níveis de alcatrão e nicotina dos cigarros em processo de desenvolvimento ou de produção.

Pode propor novos produtos com base em descobertas de novas misturas e outros insumos utilizados na fabricação de cigarros Desenvolve novos produtos – cigarros – ou aperfeiçoa os já existentes, definindo a mistura de tabacos – também denominada “blend”, parâmetros físicos e demais características dos produtos Seleciona insumos para montagem final de cigarros, tais como filtros, papel, ponteira, entre outros materiais.

Realiza análises físicas e químicas e análises sensoriais Identifica necessidades de ajuste de especificações Desenvolve métodos para estimar a eficiência de processamento de tabaco.

Desenvolve ferramentas computacionais e novas abordagens para melhorar as atividades de desenvolvimento de cigarros Valida novas tecnologias, produtos e serviços empregados no desenvolvimento de cigarros, rastreando resultados, examinando documentos e verificando conformidades técnicas e legais.

Comprova eficiência e reprodutibilidade da tecnologia, eficácia de novos produtos e eficiência de novos processos de produção Promove a transferência de soluções tecnológicas para a indústria de cigarros, identificando potenciais receptores, coordenando elaboração de projetos, montagem e testes de plantas-piloto – incluindo os elementos de automação da produção – e processos Valida primeira produção em escala industrial.

Monitora qualidade dos produtos Presta consultoria técnica para produção em escala industrial e promove treinamento de novas tecnologias para equipes de produção Acompanha elaboração de pedidos e fornece subsídios para exame técnico de proteção à propriedade intelectual.

Busca a otimização do desempenho da área de desenvolvimento de cigarros, identificando, monitorando e avaliando resultados de indicadores, bem como definindo e implementando ações de melhoria Participa da definição de cargos e funções da área Define perfis profissionais, participa do processo de seleção, direciona o aprimoramento profissional e avalia o desempenho da equipe.

Capacita profissionais Coordena equipes e projetos Gerencia orçamento Dissemina resultados e atividades, publicando artigos e provendo eventos técnicos Elabora relatórios, analisa artigos para publicação e revisa publicações técnicas.

Aprova emissão de laudos técnicos Interage com pesquisadores de outras empresas e instituições e com redes nacionais e internacionais de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Funções do cargo

O funcionário CBO 1426-10 deve demonstrar competências pessoais, disseminar resultados e atividades, prover soluções tecnológicas para produtos, processos e serviços, gerenciar recursos de p&d, promover a transferência de soluções tecnológicas para o setor produtivo, proteger propriedade intelectual da instituição, desenvolver produtos, implementar decisões de p&d, validar novas tecnologias, novos produtos e serviços, otimizar desempenho da Área de p&d.

Condições de trabalho dessas profissões

Gerentes de pesquisa e desenvolvimento o trabalho é exercido em instituições de pesquisa pública e em departamentos de pesquisa e desenvolvimento (p&d) de empresas privadas que se ocupam, fundamentalmente, do desenvolvimento de produtos, processos e serviços tecnológicos. O trabalho é exercido com equipe de um departamento ou área de pesquisa e/ou no gerenciamento de projetos interdepartamentais.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 1426-10

Estas ocupações são exercidas por pessoas com formação universitária, geralmente pós-graduadas, com no mínimo cinco anos de exercício profissional na área de pesquisa.

Atividades exercidas por um Especialista em desenvolvimento de cigarros CBO 1426-10

Um Especialista em desenvolvimento de cigarros (ou sinônimo) deve definir melados e essências, analisar artigos para publicação, participar da implementação das normas de qualidade, monitorar indicadores de desempenho, promover treinamento de equipes de produção da nova tecnologia, definir perfis profissionais, definir parâmetros físicos, definir especificações de produtos, assessorar diretoria na área de p&d, identificar necessidade de ajuste de especificações, acompanhar elaboração de pedidos de proteção a propriedade intelectual, definir características dos produtos, coordenar equipes de pesquisa, demonstrar criatividade, validar primeira produção em escala industrial, demonstrar poder de síntese, revisar publicações técnicas, comprovar reprodutibilidade da tecnologia, demonstrar capacidade de negociação, pesquisar necessidades do cliente, pesquisar mercado, definir ações de melhoria, negociar com a equipe de p&d condições e prioridades de projetos, promover condições de segurança e saúde no ambiente de trabalho, demonstrar capacidade de adaptação, avaliar desempenho da área de p&d, liderar equipes, capacitar profissionais da equipe, demonstrar habilidade e memória sensorial - olfativa, paladar, gerenciar oçamento, avaliar novas tecnologias, aprovar emissão de laudos técnicos, demonstrar persistência, direcionar aprimoramento profissional da equipe, demonstrar capacidade de reconhecimento de aptidões, demonstrar capacidade de análise, demonstrar perspicácia, coordenar elaboração dos projetos de plantas-piloto, protótipos e novos serviços e processos, demonstrar senso de oportunidade, implementar ações de melhoria, relizar análises físicas e químicas, comprovar eficiência de novos processos produtivos, comprovar eficiência da tecnologia, buscar parcerias, aprovar documentação técnica, compatibilizar recursos materiais, definir blend, elaborar propostas de projetos de pesquisa, examinar documentos, elaborar relatórios, participar da definição de cargos e funções, compatibilizar serviços, prospectar tecnologia, negociar com a diretoria condições e prioridades de projetos, verificar conformidades técnicas e legais, participar de congressos, feiras e visitas técnicas, coordenar montagem de plantas-piloto, protótipos e novos serviços e processos, selecionar outros materiais - filtros, papel, papel ponteira, identificar potenciais receptores da nova tecnologia, implementar sistema da qualidade na área de p&d, prestar consultoria técnica para produção em escala industrial, participar do processo de seleção de pessoal, coordenar testes das plantas-piloto, protótipos e novos serviços e processos, monitorar qualidade dos produtos, compatibilizar recursos humanos, adaptar tecnologias a realidade nacional, elaborar procedimentos operacionais, acompanhar produção de lote piloto, identificar potenciais detentores de tecnologia de interesse para a instituição, demonstrar capacidade de trabalho interdisciplinar, participar da elaboração da política da qualidade, corrigir planejamento, coordenar projetos, realizar análises sensoriais, avaliar desempenho da equipe, comprovar eficácia de novos produtos, demonstrar capacidade de desenvolver equipes, elaborar planejamento, publicar artigos, monitorar planejamento, compatibilizar recursos econômicos, promover eventos técnicos, integrar diferentes áreas de atuação da empresa, rastrear resultados, identificar indicadores de desempenho, fornecer subsídios para exame técnico de proteção a propriedade intelectual, definir especificações de equipamentos.

Cargos e salários CBO 1426-10 - Gerentes de pesquisa e desenvolvimento

Salário Especialista em Desenvolvimento de Cigarros

Especialista em Desenvolvimento de Cigarros: Brasil

  • 6
  • Brasil
  • 6.563 - 15.866
  • 44h
O profissional no cargo de Especialista em Desenvolvimento de Cigarros CBO 1426-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.563 e 15.866 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 6 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1426-10.
Salário Blender (cigarros)

Blender (cigarros): Brasil

  • 6
  • Brasil
  • 6.563 - 15.866
  • 44h
O profissional no cargo de Blender (cigarros) CBO 1426-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.563 e 15.866 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 6 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1426-10.
Salário Flavourist (cigarros)

Flavourist (cigarros): Brasil

  • 6
  • Brasil
  • 6.563 - 15.866
  • 44h
O profissional no cargo de Flavourist (cigarros) CBO 1426-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.563 e 15.866 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 6 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1426-10.
Salário Flavourista (cigarros)

Flavourista (cigarros): Brasil

  • 6
  • Brasil
  • 6.563 - 15.866
  • 44h
O profissional no cargo de Flavourista (cigarros) CBO 1426-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.563 e 15.866 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 6 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1426-10.