Quanto Ganha um Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos

R$ 4.258,00/mês

Atualizado em

Hoje um Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos ganha em média R$ 4.258,00 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 1 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 4.141,71 e o teto salarial de R$ 0,00, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 54 anos, ensino superior completo, do sexo masculino que trabalha 42h semanais em empresas do segmento de Atividades auxiliares dos transportes aéreos de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos é Salvador , BA.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos

Profissionais no cargo de Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos elaboram e implementam programa de segurança de vôo e plano de emergência aeronáutica. Controlam tráfego aéreo em solo e no ar, promovem a segurança aeroportuária. Planejam vôos, despacham vôos, embarcam e desembarcam passageiros. Realizam inspeção em áreas restritas de segurança. Fiscalizam atividades do sistema de aviação civil e ministram treinamento.

Condições de trabalho

Técnicos em transportes aéreos trabalham na infraero, em órgãos e em empresas de transportes aéreos e afins. São civis e militares da aeronáutica, assalariados, com carteira assinada. Organizam-se em equipe, sob supervisão permanente ou ocasionais. Trabalham em ambiente fechado e a céu aberto. Os horários de trabalho podem ser diurnos, noturnos, irregulares e em rodízio de turnos sendo o trabalho presencial. Há regras especiais para o controlador de voo. Algumas das atividades exercidas estão sujeitas à exposição de ruídos e ao estresse.

Exigências do mercado de trabalho para Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos

O exercício dessas ocupações requer escolaridade mínima de ensino médio mais cursos de especialização que variam de duzentas a mais de quatrocentas horas-aula. Há tendência de aumento de qualificação e parte dela é adquirida no próprio emprego há tendência de rodízio de funções nas empresas aéreas com a configuração de um novo tipo de profissional, polivalente. Para o pleno exercício das atividades, requer-se de três a cinco anos de experiência.

Quanto ganha um Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos

De acordo com o Novo CAGED, eSocial e Empregador Web, não houveram contratações nem demissões de profissionais no cargo de Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos CBO 342525 no período de Março de 2023 a Fevereiro de 2024.

Acesse essa página regularmente pois assim que houver dados disponibilizados pelo Ministério do Trabalho atualizaremos essa página com as informações salariais do cargo de Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos.

Enquanto isso confira a tabela salarial completa com todos os cargos e salários. Ou vá para a página inicial.