CBO 7721-15 - Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 7721-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores de tratamento e preparação da madeira que pertence ao grupo dos trabalhadores da preparação da madeira, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira CBO 7721-15 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7721-15

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores das indústrias de madeira e do mobiliário.
      • Trabalhadores da preparação da madeira.
        • Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira.

Descrição dos cargos da categoria Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira

Os Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira CBO 7721-15 preparam atividades de tratamento e secagem de madeiras, analisando e elaborando programas de secagem. Classificam, tratam e secam madeira. Elaboram documentação técnica tais como relatórios de produção, registros de ocorrências e solicitação de materiais e insumos. Realizam manutenção preventiva de máquinas e equipamentos. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.

Condições de trabalho

Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira atuam na fabricação de produtos de madeira como empregados com carteira assinada. O trabalho é presencial, realizado de forma individual, sob supervisão permanente. Trabalham a céu aberto ou em veículos, em sistema de rodízio de turnos (diurno/noturno). Permanecem durante longos períodos em posições desconfortáveis e expostos a materiais tóxicos, ruído intenso e altas temperaturas. Algumas atividades são executadas em grandes alturas.

Exigências do mercado de trabalho

Ara o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental concluído e curso básico de qualificação profissional de até duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência profissional.

Funções dos Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira CBO 7721-15

Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira devem:

  • elaborar documentação técnica;
  • demonstrar competências pessoais;
  • preparar tratamento e secagem de madeiras;
  • classificar madeiras;
  • tratar madeiras;
  • trabalhar com segurança;
  • secar madeiras;
  • realizar manutenção preventiva de máquinas e equipamentos;
  • Atividades dos cargos CBO 7721-15

    Entre as principais atribuições dos Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira CBO 7721-15 estão as de:

    • verificar presença de trincas;
    • exercer liderança;
    • separar materiais recicláveis;
    • conferir dimensões das madeiras;
    • realizar testes de tensão;
    • programar paradas de equipamentos para manutenções;
    • interpretar normas da cipa;
    • separar madeiras com teores de umidade superiores ao padrão;
    • determinar tempo de pré-secagem;
    • demonstrar iniciativa;
    • realizar testes de umidade;
    • manter atenção concentrada;
    • determinar fases de processamento de madeiras;
    • realizar manutenção preventiva nos vagonetes e estufas;
    • controlar válvula de pressão;
    • carregar estufas;
    • controlar temperatura da estufa;
    • desenvolver disciplina;
    • utilizar epi e epc;
    • quantificar metragem das cargas de estufas;
    • elaborar programas de secagem em função da espécie e da bitola;
    • manter ambiente de trabalho limpo e organizado;
    • interpretar ordens de serviço;
    • verificar umidade da madeira na estufa;
    • descarregar estufa;
    • determinar quantidade de produtos químicos para madeiras;
    • selecionar madeiras;
    • relacionar-se com superiores e subordinados;
    • preencher registros de ocorrências;
    • carregar vagonetes;
    • estimar tempo de secagem de madeiras ao ar livre;
    • monitorar teor de umidade de amostras de madeiras durante a secagem em estufas;
    • evidenciar auto-organização;
    • separar madeiras conforme bitola, espécie e qualidade;
    • identificar espécies de madeiras;
    • selecionar processos de secagem;
    • acondicionar resíduos químicos;
    • estimar quantidade de combustível para a caldeira;
    • verificar desgastes dos rolamentos;
    • determinar dimensões de pilhas de madeiras para secagem em função da estufa;
    • instalar sensores de umidade na madeira;
    • solicitar materiais de expediente e insumos;
    • programar cargas de madeiras em estufas;
    • controlar umidade relativa do ar no interior da estufa;
    • "controlar abertura de ""dumpers"" (janelas)";
    • manifestar flexibilidade;
    • aquecer estufas de secagem;
    • demonstrar habilidade numérica;
    • determinar o tempo de tratamento da madeira;
    • solicitar manutenção;
    • respeitar indicações de segurança do equipamento;
    • evidenciar senso de responsabilidade;
    • limpar trilhos de estufas;
    • realizar manutenção nos sensores;
    • selecionar madeiras para tratamento químico;
    • controlar vazão de vapor úmido da estufa;
    • preencher relatórios de produção;
    • programar controle lógico-programável (clp) para secagem de madeiras;
    • monitorar programa de secagem;
    • identificar madeiras de acordo com a umidade e o local de depósito;
    • controlar recebimento, armazenagem e utilização de madeiras;
    • dar provas de autocontrole;
    • analisar programas de secagem;

    Cargos e salários CBO 7721-15 - Trabalhadores de tratamento e preparação da madeira

    Salário Secador de Madeira

    Secador de Madeira: Brasil

    • 1.111
    • Brasil
    • 1.487 - 2.530
    • 44h
    O profissional no cargo de Secador de Madeira CBO 7721-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.487 e 2.530 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1.111 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7721-15.
    Salário Ajudante de Estufador (madeira)

    Ajudante de Estufador (madeira): Brasil

    • 1.111
    • Brasil
    • 1.487 - 2.530
    • 44h
    O profissional no cargo de Ajudante de Estufador (madeira) CBO 7721-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.487 e 2.530 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1.111 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7721-15.