CBO 7255-10 - Operador de time de montagem - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos montadores de veículos automotores (linha de montagem)

O profissional no cargo de Operador de time de montagem CBO 7255-10 monta veículos automotores, integrando grupo de trabalho na célula de manufatura Aplica técnicas e métodos de montagem, de acordo com desenhos, esquemas, normas e procedimentos, especificações, instruções de trabalho e documentação técnica e operacional.

Controla o processo de montagem e o funcionamento de máquinas, equipamentos, ferramentas e instrumentos Pode atuar na reparação de defeitos de montagem, ajustando, regulando ou substituindo peças e componentes de veículos Organiza o ambiente de trabalho, mantendo-o limpo e sinalizado.

Elabora documentação técnica Cumpre normas e procedimentos técnicos, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação do meio ambiente

CBO 7255-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de montadores de veículos automotores (linha de montagem) que pertence ao grupo dos trabalhadores da transformação de metais e de compósitos, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Operador de time de montagem, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Montadores de veículos automotores (linha de montagem) CBO 7255-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7255-10

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Montadores de veículos automotores (linha de montagem).
      • Trabalhadores da transformação de metais e de compósitos.

O que faz um Operador de time de montagem

O Operador de time de montagem CBO 7255-10 interpreta desenhos, esquemas, especificações, instruções de trabalho e documentação técnica Monta veículos – automóveis, ônibus, caminhões e outros veículos automotores – integrando grupo de trabalho na célula de manufatura, segundo o modo de organização da produção automotiva.

Seleciona e utiliza materiais e insumos, peças, componentes, máquinas, equipamentos, ferramentas, instrumentos e acessórios.

Posiciona, lubrifica, ajusta e fixa peças e componentes do veículo, conferindo especificações técnicas e operacionais Substitui itens, conforme o necessário.

Faz uso de equipamentos e ferramentas de comando manual, pneumático ou elétrico no processo Pode interagir com robôs colaborativos, redes industriais digitais de comunicação de dados - incluindo enlace com a internet e sistemas de informação - e automação da manufatura, para apoio às atividades de montagem.

Pode trabalhar na montagem final, compondo o veículo a partir da carroceira, inserindo portas, capôs, sistemas mecânicos – inclusive motor, transmissão e pneus, sistemas elétricos e demais elementos internos e externos do veículo.

Controla o processo de montagem, conferindo dimensões e inspecionando visualmente a soldagem dos componentes a serem montados e verificando características técnicas da pintura, fixação, encaixes e acabamento de peças e acessórios Faz a separação dos itens não conformes.

Compara o período de duração de cada etapa da montagem, tendo em vista controle do tempo, produtividade, cumprimento de prazo e custos.

Controla o funcionamento de equipamentos e ferramentas – inclusive instrumentos e dispositivos – na célula de manufatura, regulando pressão de ar comprimido e realizando a seleção, o teste e o ajuste dos elementos de acordo com a situação de montagem, para assegurar a durabilidade do conjunto Solicita manutenção e/ou substituição nas intercorrências e nos momentos planejados Testa o funcionamento de portas, capôs e acessórios.

Avalia o processo final da montagem, conferindo o acabamento de superfície e verificando o posicionamento, o encaixe, a fixação e o alinhamento das peças, dos componentes e dos acessórios do veículo Atua na reparação de defeitos de montagem, ajustando, regulando ou substituindo peças e componentes de veículos, verificando a qualidade das operações efetuadas e dos materiais nela empregados para assegurar a qualidade do produto Organiza o ambiente de trabalho na célula de manufatura, realizando a identificação e a disposição dos insumos de modo a facilitar o manuseio, a ordenação lógica de ferramentas e instrumentos, a limpeza do posto de trabalho e a separação de resíduos sólidos, líquidos e gasosos para descarte.

Verifica as condições de iluminação e ventilação, dentre outras do ambiente, solicitando e acompanhando as providências, conforme o caso Elabora documentação técnica, registrando dados de montagem, preenchendo requisições de materiais, solicitações de manutenção, documentos relacionados aos procedimentos da qualidade e outros documentos de controle do processo.

.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7255-10 deve demonstrar competências pessoais, elaborar documentação técnica, monitorar funcionamento de equipamentos e ferramentas na linha de montagem, controlar processo de montagem, organizar ambiente de trabalho, montar veículos automotores, trabalhar com segurança.

Condições de trabalho dessas profissões

Montadores de veículos automotores (linha de montagem) atuam na fabricação e montagem de veículos automotores. São empregados com carteira assinada, trabalham em equipe na linha de montagem, com supervisão ocasional, em ambiente fechado e em horários irregulares. Eventualmente, trabalham sob pressão e são expostos a ruído intenso.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7255-10

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino médio e curso básico de qualificação profissional em torno de duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre com até um ano de experiência profissional.

Atividades exercidas por um Operador de time de montagem CBO 7255-10

Um Operador de time de montagem (ou sinônimo) deve selecionar peças e equipamentos, seguir horários de início e término de expediente, fixar peças e componentes, solicitar manutenção de equipamentos, ferramentas e instrumentos, utilizar equipamentos pneumáticos e elétricos no processo de montagem, controlar durabilidade de equipamentos, ferramentas e instrumentos, conferir especificações de peças, acessórios e componentes, substituir equipamentos e ferramentas, ajustar ferramentas, equipamentos e instrumentos, manter atenção concentrada, interpretar desenhos, limpar posto de trabalho, observar características técnicas de pintura, lubrificar componentes do veículo, substituir peças e componentes, ordenar ferramentas e instrumentos, identificar insumos em bancadas e prateleiras, administrar imprevistos, demonstrar flexibilidade, comparar tempos de cada etapa da montagem, ajustar peças e componentes, conferir acabamento de peças e acessórios, verificar condições de iluminação e ventilação do ambiente, testar funcionamento de portas, capôs e acessórios, preencher documentos de controle, identificar problemas técnicos e de segurança na linha de montagem, identificar atos e condições inseguras, selecionar equipamentos, ferramentas, instrumentos e dispositivos, demonstrar raciocínio crítico, seguir orientações da cipa no ambiente de trabalho, testar equipamentos, ferramentas e instrumentos, interpretar instruções de trabalho, comunicar-se com clareza e precisão, conferir dimensões dos componentes a serem montados, separar resíduos para descarte, preencher documentação técnica para atendimento aos procedimentos da qualidade, manter-se organizado, utilizar ferramentas manuais, registrar dados de montagem, separar resíduos sólidos, líquidos e gasosos, demonstrar coordenação motora, demonstrar disciplina, preencher solicitação de manutenção, posicionar peças e componentes, usar epi e epc referenciados no procedimento, solicitar epi e epc, demonstrar responsabilidade, separar peças não conformes, preencher requisição de materiais, respeitar prazos, regular pressão de ar comprimido, praticar exercícios para prevenção de doenças ocupacionais, inspecionar visualmente a soldagem de componentes, verificar encaixes de peças.

Cargos e salários CBO 7255-10 - Montadores de veículos automotores (linha de montagem)

Salário Operador de Time de Montagem

Operador de Time de Montagem: Brasil

  • 1.982
  • Brasil
  • 2.108 - 4.363
  • 43h
O profissional no cargo de Operador de Time de Montagem CBO 7255-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.108 e 4.363 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 1.982 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7255-10.
Salário Operador de Equipe de Montagem (veiculos Automotores)

Operador de Equipe de Montagem (veiculos Automotores): Brasil

  • 1.982
  • Brasil
  • 2.108 - 4.363
  • 43h
O profissional no cargo de Operador de Equipe de Montagem (veiculos Automotores) CBO 7255-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.108 e 4.363 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 1.982 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7255-10.
Salário Operador de Time de Montagem

Operador de Time de Montagem: São Paulo

  • 617
  • São Paulo
  • 2.372 - 4.317
  • 43h
O profissional no cargo de Operador de Time de Montagem CBO 7255-10 trabalhando em São Paulo, ganha entre 2.372 e 4.317 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 617 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7255-10.