CBO 3743-10 - Técnicos em operação de aparelhos de projeção - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 3743-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de técnicos em operação de aparelhos de projeção que pertence ao grupo dos técnicos em operação de aparelhos de sonorização, cenografia e projeção, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Técnicos em operação de aparelhos de projeção CBO 3743-10 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3743-10

  • Técnicos de nível médio.
    • Técnicos em nivel médio dos serviços culturais, das comunicações e dos desportos.
      • Técnicos em operação de aparelhos de sonorização, cenografia e projeção.
        • Técnicos em operação de aparelhos de projeção.

Descrição dos cargos da categoria Técnicos em operação de aparelhos de projeção

Os Técnicos em operação de aparelhos de projeção CBO 3743-10 operam aparelhos de projeção cinematográfica e equipamentos correspondentes de produção de imagem e som, verificam o funcionamento dos equipamentos de projeção. Montam e desmontam filmes e complementos, projetam filmes, controlam a qualidade da exibição de filmes, operam videocassete e videowall (telão).

Condições de trabalho

Técnicos em operação de aparelhos de projeção atuam em empresas de cinema e de atividades recreativas, culturais e desportivas. São trabalhadores assalariados, com carteira assinada, que trabalham individualmente, sob supervisão ocasional. Trabalham nos períodos diurno e noturno, em finais de semana e feriados, em salas de projeção de filmes. Em algumas atividades estão sujeitos a temperaturas elevadas, ruídos, radiação e material tóxico.

Exigências do mercado de trabalho

O exercício da ocupação de operador-mantenedor de projetor cinematográfico requer curso técnico em eletrônica. Para o operador de projetor cinematográfico requer-se ensino fundamental mais qualificação profissionalizante de quatrocentas horas-aula, sendo a experiência com o tipo de equipamento a operar fator determinante para contratação. O pleno desempenho das atividades em ambas ocupações ocorre após um ano de exercício profissional.

Funções dos Técnicos em operação de aparelhos de projeção CBO 3743-10

Técnicos em operação de aparelhos de projeção devem:

  • operar videocassete e videowall;
  • projetar o filme;
  • demonstrar competências pessoais;
  • controlar a qualidade de exibição;
  • verificar o funcionamento dos equipamentos de projeção;
  • fazer a montagem dos filmes;
  • desmontar filmes;
  • Atividades dos cargos CBO 3743-10

    Entre as principais atribuições dos Técnicos em operação de aparelhos de projeção CBO 3743-10 estão as de:

    • colar as extremidades do filme;
    • separar as partes do filme e complementos;
    • cumprir horários;
    • preencher o boletim de revisão do filme;
    • realizar manutenções de segundo e terceiro níveis;
    • encerrar a projeção do filme;
    • demonstrar sensibilidade auditiva, visual e tátil;
    • conferir a programação do cinema;
    • mostrar organização;
    • lidar com a tensão diária;
    • monitorar o volume de som;
    • limpar os equipamentos da cabine de projeção;
    • corrigir pequenos problemas;
    • realizar manutenções de primeiro nível;
    • testar o som;
    • demonstrar iniciativa;
    • zelar pela cabine de projeção;
    • conferir o tempo do filme e complementos;
    • ligar e desligar o vídeo;
    • monitorar a sala de exibição;
    • montar o filme e complementos;
    • fazer a seção teste;
    • lubrificar os equipamentos da cabine de projeção;
    • colocar a fita no ponto;
    • guardar os filmes nas latas;
    • verificar o tipo de som e película do filme;
    • adaptar a lente e a máscara ao filme;
    • conferir o nome e partes do filme;
    • demonstrar espírito de dedicação;
    • rebobinar o filme;
    • testar passagem automática (mudança de projetor);
    • revisar o filme;
    • modificar o sistema de som para o vídeo;
    • operar vários equipamentos simultaneamente;
    • conferir o boletim de revisão do filme;
    • dar provas de responsabilidade;
    • adaptar-se a equipamentos diferentes;
    • detectar problemas;
    • controlar a iluminação da sala de exibição;
    • adaptar o sistema de som;
    • demonstrar atenção difusa;
    • monitorar a projeção;
    • colocar o filme no projetor;
    • providenciar a visita técnica;
    • ligar e desligar o projetor de vídeo;
    • preparar a saída dos filmes;
    • iniciar a projeção do filme;
    • acionar os comandos do equipamento de projeção;
    • monitorar a projeção de uma película em várias salas simultaneamente;
    • verificar o nível de óleo do equipamento;
    • marcar as partes do filme;
    • ajustar o foco;
    • testar a lâmpada de xenon;
    • identificar os nomes das peças dos equipamentos de projeção;
    • monitorar o sistema de ar condicionado;
    • atualizar-se;

    Cargos e salários CBO 3743-10 - Técnicos em operação de aparelhos de projeção

    Salário Operador-Mantenedor de Projetor Cinematográfico

    Operador-Mantenedor de Projetor Cinematográfico: Brasil

    • 32
    • Brasil
    • 1.6 - 3.193
    • 43h
    O profissional no cargo de Operador-Mantenedor de Projetor Cinematográfico CBO 3743-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.6 e 3.193 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 32 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3743-10.