CBO 3201-05 - Técnico em bioterismo - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos técnicos em biologia

O profissional no cargo de Técnico em bioterismo CBO 3201-05 presta apoio técnico à criação de animais – como ratos, camundongos, entre outros, para sua utilização em atividades de ensino e pesquisa científica Providencia a preparação e a manutenção de ambiente, máquinas, equipamentos, instrumentos e materiais, para o funcionamento do biotério.

Maneja animais, providenciando sua alimentação, zelando pela sua higiene, monitorando seu acasalamento e cuidando da sua saúde, sob a supervisão do profissional de nível superior Auxilia em experimentação animal Opera máquinas e equipamentos.

Mantém conduta ética no trato dos animais Cumpre legislação, normas aplicáveis à utilização de animais para ensino e pesquisa, normas técnicas, normas de biossegurança e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção contra incêndios e de preservação ambiental

CBO 3201-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de técnicos em biologia que pertence ao grupo dos técnicos de nível médio das ciências biológicas, bioquímicas, da saúde, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Técnico em bioterismo, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Técnicos em biologia CBO 3201-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3201-05

  • Técnicos de nível médio.
    • Técnicos em biologia.
      • Técnicos de nível médio das ciências biológicas, bioquímicas, da saúde.

O que faz um Técnico em bioterismo

O Técnico em bioterismo CBO 3201-05 prepara condições ambientais e físicas do biotério, verificando temperatura, luminosidade, umidade, sistema de ventilação e pressão ambiental Providencia limpeza, higienização, desinfetação e esterilização dos ambientes.

Verifica a disponibilidade de materiais, solicitando a compra dos faltantes.

Higieniza e esteriliza materiais, imergindo caixas, gaiolas, bebedouros e bicos em soluções de limpeza e desinfecção Monitora as condições de máquinas, equipamentos e instrumentos do biotério, providenciando limpeza e requisitando serviços de manutenção, quando necessário.

Autoclava os instrumentos Executa ou orienta a execução de procedimentos sanitários.

Controla o conjunto de animais em cada ambiente, trocando microambiente dos animais e retirando animais fora de padrão e em excesso de colônias.

Mantém, em sistema informatizado, registros dos dados – tais como peso, sexo e idade – dos animais do biotério Maneja animais, providenciando sua alimentação e zelando pela sua higiene.

Monitora o acasalamento de animais, selecionando as matrizes reprodutoras, acompanhando o período de gestação e o nascimento da prole, e cumprindo o momento definido para desmama.

Cuida da saúde, monitorando o aspecto físico dos animais, passando informações ao médico veterinário sobre sinais de possíveis doenças e lesões, e auxiliando o médico veterinário na aplicação de medicamentos, na intubação, na aplicação de curativos e em outros procedimentos executados durante o tratamento Auxilia profissional de nível superior em experimentação animal, de acordo com a finalidade do biotério Coleta tecidos, fezes e fluido de animais.

Congela e transfere embriões Executa reações sorológicas Manipula produtos químicos.

Realiza preparação de materiais biológicos - confeccionando lâminas, semeando meios de cultura, coletando e inserindo tecidos em parafina, entre outras ações -, para análise em laboratório Acondiciona animais e materiais biológicos para transporte.

Sacrifica animais em condições que envolvam, de acordo com as espécies, um mínimo de sofrimento físico ou mental Classifica o material a ser descartado Ensaca, transporta e armazena dejetos orgânicos, carcaças e outros materiais biológicos.

Destrói agentes contaminantes Incinera materiais biológicos Opera máquinas e equipamentos – tais como de higienização, de esterilização, de medição, isoladores, microscópio, micromanipulador, e cabines de fluxo laminar -, ajustando temperatura, velocidade, tempo e outros parâmetros.

Centrifuga materiais biológicos Mantém-se atualizado em relação às inovações na área de bioterismo Trabalha com biossegurança, submetendo-se a exames de saúde, vacinando-se contra agentes patogênicos, e utilizando produtos específicos para assepsia e desinfecção.

Utiliza equipamentos de proteção individual e proteção coletiva Controla entrada e saída de pessoas, equipamentos e animais no biotério Atua no combate a pequenos focos de fogo, manuseando extintores de incêndio Aplica cuidados de primeiros socorros.

Funções do cargo

O funcionário CBO 3201-05 deve trabalhar com biossegurança, cuidar da saúde de animais de biotério, demonstrar competências pessoais, manejar animais, preparar ambiente e materiais aplicados ao bioterismo, operar máquinas e equipamentos, auxiliar em experimentação animal, monitorar condições ambientais e físicas de biotério, descartar materiais biológicos.

Condições de trabalho dessas profissões

Técnicos em biologia o trabalho é exercido em ambientes fechados, em horário diurno, ou por revezamento de turno. Os profissionais atuam, majoritariamente, na condição de assalariados, com carteira assinada. Trabalham sob supervisão ocasional, organizados em equipe multidisciplinar, em centros de pesquisa e desenvolvimento, universidades e na área de saúde. Em algumas das atividades que exercem são expostos a ruídos, radiação, altas temperaturas, material tóxico e riscos biológicos e alergênicos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 3201-05

O exercício dessas ocupações requer curso técnico em biologia (nível médio) ou áreas afins.

Atividades exercidas por um Técnico em bioterismo CBO 3201-05

Um Técnico em bioterismo (ou sinônimo) deve acondicionar animais e materiais biológicos para transporte, classificar material descartado, inocular substâncias em animais, utilizar equipamentos de proteção coletiva, transplantar pele, operar equipamentos de medição, confeccionar lâminas, trocar microambiente de animais, suturar animais, demonstrar paciência, observar comportamento de animais, realizar vasectomia em animais de laboratório, transferir embriões, ajustar temperatura de equipamentos, transportar materiais biológicos ensacados, enviar material biológico para análise, lidar com animais, armazenar material descartado, ensacar dejetos orgânicos e carcaças, aplicar cuidados de primeiros socorros, dar banho em animais, selecionar matrizes, incinerar materiais biológicos, esterelizar materiais, higienizar materiais e ambientes de criação de animais, colocar caixas, gaiolas, bebedouros e bicos em imersão, fornecer informações a usuários, sacrificar animais, tomar banhos, manipular produtos químicos, monitorar luminosidade, expressar-se oralmente, submeter-se a exames de saúde, operar micromanipulador, centrifugar materiais biológicos, desmamar animais, fazer curativos em animais, congelar carcaças, sexar animais, utilizar produtos específicos para assepsia e desinfecção, solicitar compra de materiais, ministrar medicamentos em animais, vestir equipamentos de proteção individual, imobilizar animais - contenção, demonstrar orientação para detalhes, operar microscópio, monitorar temperatura de ambiente, coletar fezes de animais, registrar dados, identificar animais - tatuagem, selos ou placas, alimentar animais, pesar animais, monitorar infra-estrutura de biotério, inserir tecido em parafina, trabalhar em equipe, acasalar animais, coletar fluido de animais, operar isoladores, vacinar-se contra agentes patogênicos, executar reações sorológicas, monitorar sistema de ventilação, entubar animais, manusear extintores de incêndio, raspar caixas e gaiolas, respeitar bem-estar de animais, semear meios de cultura, destruir agentes contaminantes, verificar idade de animais, monitorar pressão ambiental, controlar entrada e saída de pessoas, equipamentos e animais, congelar embriões - criopreservar, retirar animais fora de padrão e em excesso de colônias, operar equipamentos de higienização, realizar histerectomia em ratos, camundongos e hamsters, operar equipamentos de esterilização, providenciar serviços de manutenção, demonstrar concentração, operar fluxo laminar, verificar aspecto físico de animais, coletar tecidos animais, monitorar umidade, tomar decisões.

Cargos e salários CBO 3201-05 - Técnicos em biologia

Salário Técnico em Bioterismo

Técnico em Bioterismo: Brasil

  • 319
  • Brasil
  • 2.876 - 6.937
  • 42h
O profissional no cargo de Técnico em Bioterismo CBO 3201-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.876 e 6.937 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 319 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3201-05.
Salário Técnico de Biotério

Técnico de Biotério: Brasil

  • 319
  • Brasil
  • 2.876 - 6.937
  • 42h
O profissional no cargo de Técnico de Biotério CBO 3201-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.876 e 6.937 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 319 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3201-05.
Salário Técnico em Criação de Animais de Laboratório

Técnico em Criação de Animais de Laboratório: Brasil

  • 319
  • Brasil
  • 2.876 - 6.937
  • 42h
O profissional no cargo de Técnico em Criação de Animais de Laboratório CBO 3201-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.876 e 6.937 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 319 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3201-05.