CBO 2526-05 - Gestor em segurança - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos profissionais da administração dos serviços de segurança

O profissional no cargo de Gestor em segurança CBO 2526-05 Gerencia atividades de segurança – como segurança patrimonial, pessoal, eletrônica, de transportes de valores, e de escolta armada – de empresas e instituições Realiza estudos sobre legislação, novas tecnologias e outros fatores que impactam as operações de segurança, identifica necessidades do cliente, realiza a análise de riscos, e elabora planos e projetos para a área de segurança.

Negocia contratos de segurança Administra a força de trabalho, responsabilizando-se pelo treinamento específico, gerencia recursos financeiros e materiais, e coordena atividades de inteligência corporativa, no âmbito da segurança Pode propor desenvolvimento e melhoria de produtos de segurança, pode prestar consultoria e assessoria na área de segurança a clientes.

Cumpre legislação, normas técnicas e normas regulamentadoras de higiene, saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 2526-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de profissionais da administração dos serviços de segurança que pertence ao grupo dos profissionais das ciências sociais e humanas, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Gestor em segurança, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Profissionais da administração dos serviços de segurança CBO 2526-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2526-05

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Profissionais da administração dos serviços de segurança.
      • Profissionais das ciências sociais e humanas.

O que faz um Gestor em segurança

O Gestor em segurança CBO 2526-05 realiza estudos, participa de seminários, conferências e congressos profissionais, entre outras iniciativas, para se manter atualizado em relação à legislação, às novas tecnologias e outros fatores que impactam as operações de segurança Identifica necessidades do cliente em relação à segurança, realiza a análise de riscos, identificando riscos, vulnerabilidades, ameaças e impactos, classifica riscos, identifica probabilidades de sinistros e ativos – tangíveis e intangíveis – a serem protegidos, analisa trajetos.

Como resultante da análise de riscos, determina frequência, criticidade, consequência e gravidade dos fatores de risco para a organização, bem como para a entrega de seus produtos e serviços.

Emite parecer de segurança Desenvolve o planejamento na área de segurança.

Define a política de segurança, elabora o planejamento estratégico, o plano tático e o plano operacional, elabora projetos, normas e procedimentos de segurança, elabora planos de contingência, de emergência e de gerenciamento de crise Propõe ações para mitigação de riscos.

Elabora plano para continuidade do negócio na área de segurança.

Negocia contratos Define perfil profissional do pessoal relacionado às operações de segurança, solicita contratação de força de trabalho, levanta informações para contratação de funcionários, entrevista candidatos.

Providencia documentação legal de vigilantes.

Participa da integração de funcionários Elabora programa de treinamento e qualificação, ministra treinamentos e cursos No planejamento das ações de educação continuada da força de trabalho, enfatiza o papel da área de segurança, e atua para ampliar a focalização dos treinamentos em temas de direitos humanos, de combate ao preconceito racial, entre outros, como forma de minimizar riscos para as empresas e para as pessoas.

Acompanha a implementação e realiza auditoria de planos e projetos de segurança Na administração da força de trabalho, realiza, ainda, a elaboração da escala de trabalho, a monitoração do desempenho e da disciplina, o remanejamento de funcionários, a fiscalização da documentação legal de vigilantes, incluindo o que se refere a exames físicos e psicológicos Solicita demissão de funcionário.

Pode prestar consultoria e assessoria na área de segurança a clientes Gerencia atividades de segurança patrimonial, pessoal e eletrônica, de transportes de valores, e de escolta armada.

Conduz sindicância interna Participa de atividades de segurança da informação, incluindo segurança cibernética Interage com outras áreas da empresa e com órgãos externos.

Gerencia recursos financeiros e materiais, no âmbito da área de segurança Elabora e controla orçamento, fazendo uso de planilhas de custos, entre outras ferramentas de gestão Participa de processos de revisão de contratos, levando em conta temas de redução de custos, quando demandado.

Define equipamentos de segurança, seleciona fornecedores, aprova compras de suprimentos, equipamentos – como classificadores de objetos, dispositivos de leitura facial e de placas de veículos para controle de acesso, entre outros, tecnologias – como inteligência artificial, 5G, IoT (Internet das Coisas), entre outras – e serviços de segurança Avalia a possibilidade de integração de tecnologias, com a finalidade de melhorar a eficiência operacional, realiza estudos de implantação de tecnologias digitais em processos de segurança Confere materiais e serviços solicitados.

Pode propor desenvolvimento e melhoria de produtos de segurança, incluindo novos procedimentos de segurança para operações e processos, como controle de acesso, ferramentas de geração de relatório, vídeos analíticos, soluções com inteligência de vídeo e centrais de resposta a eventos de segurança remotos Coordena atividades de inteligência corporativa, no âmbito da segurança Recebe, seleciona, analisa e difunde informações, utilizando protocolos estabelecidos Seleciona receptores de informações Simula cenários.

.

Funções do cargo

O funcionário CBO 2526-05 deve elaborar planos de segurança, gerenciar atividades de segurança, demonstrar competências pessoais, gerir recursos financeiros e materiais, coordenar atividades de inteligência empresarial, prestar consultoria/assessoria, realizar análise de riscos, administrar recursos humanos.

Condições de trabalho dessas profissões

Profissionais da administração dos serviços de segurança os profissionais da segurança privada atuam em empresas privadas ou públicas, em atividades industriais, comerciais e de serviços em geral. Podem trabalhar com carteira assinada ou conta própria/autônomo. Trabalham em equipe, com supervisão ocasional, em ambiente fechado e horários irregulares. O trabalho pode ser exercido de forma presencial ou à distância.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 2526-05

Para o pleno exercício da função é necessário graduação tecnológica em segurança privada ou curso superior, em outra área mais curso de especialização em segurança. Experiência profissional de menos de um ano.

Atividades exercidas por um Gestor em segurança CBO 2526-05

Um Gestor em segurança (ou sinônimo) deve definir perfil profissional, demonstrar capacidade de administrar conflitos, providenciar documentação legal de funcionário - vigilante, demonstrar liderança, gerenciar atividades de segurança eletrônica, elaborar escala de trabalho, participar da integração de funcionários, emitir parecer de segurança, demontrar pró-atividade, selecionar informações, gerenciar atividades de escolta armada, identificar probabilidade de sinistro, elaborar orçamento, negociar contrato, conferir materiais e serviços solicitados, elaborar planos de gerenciamento de crise, analisar trajeto, interagir com demais áreas da empresa e órgãos externos, propor ações preventivas e corretivas, elaborar normas e procedimentos, gerenciar atividades de transporte de valores, elaborar programa de treinamento e qualificação, conduzir sindicância interna, simular cenários, propor desenvolvimento e/ou melhorias de produtos de segurança, elaborar plano de continuidade de negócio, demonstrar capacidade de trabalhar em equipe, demonstrar capacidade de manter sigilo, identificar necessidades do cliente, elaborar planilhas de custos, difundir informações, selecionar fornecedores, participar de atividades de segurança da informação, demonstrar flexibilidade, demonstrar capacidade de negociação, definir equipamentos de segurança, identificar ameaças, solicitar contratação de funcionários e terceiros, identificar ativos a serem protegidos - tangíveis e intangíveis, elaborar planos de contingência e/ou emergência, receber informações, elaborar política de segurança, controlar orçamento, classificar riscos, acompanhar implementação do plano ou projeto de segurança, entrevistar candidatos, gerenciar atividades de segurança pessoal, aprovar compras de equipamentos e serviços de segurança, elaborar planejamento estratégico, identificar impactos, zelar pelo cumprimento das normas legais de segurança, elaborar plano operacional, gerenciar atividades de segurança patrimonial, elaborar plano tático, auditorar plano e/ou projeto de segurança, levantar informações para contratação de funcionário, remanejar funcionários, ministrar treinamentos e cursos, identificar vulnerabilidades, demonstrar visão estratégica, selecionar receptores das informações, elaborar projetos de segurança, monitorar comportamento, fiscalizar documentação legal de funcionário - vigilante, solicitar demissão de funcionário, demonstrar capacidade de observação, identificar riscos, propor ações para mitigação de riscos, demonstrar perspicácia, demonstrar capacidade de persuasão, analisar informações, demonstrar equilíbrio emocional.

Cargos e salários CBO 2526-05 - Profissionais da administração dos serviços de segurança

Salário Gestor em Segurança

Gestor em Segurança: Brasil

  • 1.719
  • Brasil
  • 7.206 - 18.946
  • 42h
O profissional no cargo de Gestor em Segurança CBO 2526-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 7.206 e 18.946 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.719 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Gerente de Segurança Empresarial

Gerente de Segurança Empresarial: Brasil

  • 1.719
  • Brasil
  • 7.206 - 18.946
  • 42h
O profissional no cargo de Gerente de Segurança Empresarial CBO 2526-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 7.206 e 18.946 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.719 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial

Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial: Brasil

  • 1.719
  • Brasil
  • 7.206 - 18.946
  • 42h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial CBO 2526-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 7.206 e 18.946 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.719 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada

Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada: Brasil

  • 1.719
  • Brasil
  • 7.206 - 18.946
  • 42h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada CBO 2526-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 7.206 e 18.946 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.719 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Gestor em Segurança

Gestor em Segurança: São Paulo

  • 685
  • São Paulo
  • 7.309 - 18.355
  • 43h
O profissional no cargo de Gestor em Segurança CBO 2526-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 7.309 e 18.355 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Gestor em Segurança São Paulo

Gestor em Segurança: São Paulo, SP

  • 341
  • São Paulo, SP
  • 7.996 - 20.693
  • 43h
O profissional no cargo de Gestor em Segurança CBO 2526-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 7.996 e 20.693 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 341 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Gerente de Segurança Empresarial

Gerente de Segurança Empresarial: São Paulo

  • 685
  • São Paulo
  • 7.309 - 18.355
  • 43h
O profissional no cargo de Gerente de Segurança Empresarial CBO 2526-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 7.309 e 18.355 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Gerente de Segurança Empresarial São Paulo

Gerente de Segurança Empresarial: São Paulo, SP

  • 341
  • São Paulo, SP
  • 7.996 - 20.693
  • 43h
O profissional no cargo de Gerente de Segurança Empresarial CBO 2526-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 7.996 e 20.693 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 341 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada

Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada: São Paulo

  • 685
  • São Paulo
  • 7.309 - 18.355
  • 43h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada CBO 2526-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 7.309 e 18.355 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.
Salário Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada São Paulo

Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada: São Paulo, SP

  • 341
  • São Paulo, SP
  • 7.996 - 20.693
  • 43h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Gestão de Segurança Privada CBO 2526-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 7.996 e 20.693 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 341 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2526-05.