CBO 2140-10 - Tecnólogo em meio ambiente - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos engenheiros ambientais

O profissional no cargo de Tecnólogo em meio ambiente CBO 2140-10 Elabora, gerencia implantação e operação de projetos e sistemas de gestão ambiental, definindo objetivos, plano de ação e parâmetros técnicos, monitorando seus resultados e implementando procedimentos de remediação Realiza testes e análises, especifica equipamentos e sua manutenção.

Gerencia a destinação dos resíduos, acompanhando a cadeia de custódia Seleciona trabalhadores, equipamentos, materiais e serviços, bem como controla o orçamento dos recursos Coordena equipe, contrata e capacita a força de trabalho.

Implementa procedimentos de remediação, identificando aspectos e impactos de passivos ambientais Presta consultoria, realizando visitas técnicas e avaliações ambientais Elabora relatórios e laudos técnicos.

Promove a educação ambiental Cumpre normas técnicas e regulamentadoras de biossegurança, saúde e segurança no trabalho, de combate a incêndio e de preservação ambiental

CBO 2140-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de engenheiros ambientais que pertence ao grupo dos profissionais das ciências exatas, físicas e da engenharia, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Tecnólogo em meio ambiente, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Engenheiros ambientais CBO 2140-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2140-10

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Engenheiros ambientais.
      • Profissionais das ciências exatas, físicas e da engenharia.

O que faz um Tecnólogo em meio ambiente

O Tecnólogo em meio ambiente CBO 2140-10 realiza investigação de campo, coleta dados e estuda alternativas para a elaboração de projetos ambientais, definindo objetivos, plano de ação, prioridades, metodologias de execução e organograma, verificando a possibilidade do uso de tecnologias que geram diminuição de custos e redução do impacto ambiental Elabora cronograma, orçamentos e instruções de trabalho.

Gerencia a implantação do sistema de gestão ambiental - SGA, monitorando indicadores, participando da elaboração do SGA, da implantação da certificação ambiental e das auditorias de certificação, para garantir a conformidade com os requisitos.

Pesquisa, e implementa tecnologias, para o controle da emissão de poluentes, realizando testes e análises, especificando máquinas e equipamentos, elaborando plano de ação de manutenção preventiva e corretiva e calibrando equipamentos de controle de emissões Efetua o gerenciamento dos resíduos por meio de coleta de amostras, classificação, quantificação e análise dos resíduos.

Destina os resíduos, levantando custos e alternativas para a destinação, acompanhando a cadeia de custódia Seleciona força de trabalho, equipamentos, materiais e serviços para a implantação de projetos ambientais, controlando o orçamento e o recebimento de materiais e serviços.

Coordena equipe, contratando e capacitando trabalhadores.

Monitora os resultados das ações do projeto para garantir o cumprimento das normas e políticas ambientais Gerencia as ações institucionais acompanhando sua fiscalização.

Utiliza software para registrar e controlar as atividades.

Implementa procedimentos de remediação, identificando aspectos e impactos – passivos ambientais, quantificando-os Ensaia produtos, métodos, equipamentos e procedimentos para o uso na remediação Presta consultoria, assistência e assessoria, atendendo clientes, realizando visitas técnicas e avaliações ambientais para propor soluções técnicas.

Fiscaliza questões hidráulicas e ambientais de obras Elabora relatórios e laudos técnicos Divulga tecnologias e promove a educação ambiental.

Cumpre normas técnicas e normas regulamentadoras de biossegurança, saúde e segurança no trabalho, de combate a incêndio e de preservação ambiental .

Funções do cargo

O funcionário CBO 2140-10 deve implementar procedimentos de remediação, comunicar-se, gerenciar implantação do sistema de gestão ambiental - sga, implantar projetos ambientais, gerir resíduos, elaborar projetos ambientais, demonstrar competências pessoais, controlar emissões de poluentes, prestar consultoria, assistência e assessoria.

Condições de trabalho dessas profissões

Engenheiros ambientais atuam na maioria das atividades econômicas, com foco na reciclagem, eletricidade, gás, capataçã, purificação e distribuição de água, além da silvicultura, exploração florestal. Costumam trabalhar em equipe multidisciplinar, em laboratórios e escritórios e também 'à céu aberto´, ou ´no campo´. Os vínculos de trabalho mais comum são como trabalhador assalariado, ou por conta-própria, na condição de prestador de serviços.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 2140-10

Para o exercício profissional requer-se formação em engenharia ambiental ou cursos de tecnologia na área ambiental e registro no respectivo conselho de classe, quando exigido. O exercício pleno da atividade ocorre, em média, após um a dois anos de experiência.

Atividades exercidas por um Tecnólogo em meio ambiente CBO 2140-10

Um Tecnólogo em meio ambiente (ou sinônimo) deve atender clientes, implementar tecnologias, destinar resíduos, realizar testes e análises, participar da elaboração do sga, coordenar equipe, realizar investigação de campo, antever cenários futuros, trabalhar em equipe multidisciplinar, levantar dados, analisar resíduos, definir objetivos, antecipar problemas, calibrar equipamentos de controle de emissões, demonstrar raciocínio lógico, ensaiar produtos, métodos, equipamentos e procedimentos, quantificar resíduos, monitorar resultados das ações do projeto, realizar visitas técnicas, projetar máquinas e equipamentos, controlar recebimento de materiais e serviços, controlar orçamento, definir organograma, elaborar cronograma, promover educação ambiental, classificar resíduos, monitorar indicadores da empresa, estudar alternativas, elaborar ações de manutenção preventiva e corretiva, selecionar mão-de-obra, equipamentos, materiais e serviços, capacitar equipe, especificar equipamentos e materiais, demonstrar senso crítico, demonstrar capacidade de negociação, demonstrar visão sistêmica, demonstrar capacidade de análise, realizar avaliações ambientais, elaborar minuta de documentos, levantar alternativas de destinação, contratar recursos humanos, acompanhar cadeia de custódia, definir plano de ação, participar de auditorias de certificação, contornar situações adversas, fiscalizar questões hidráulicas e ambientais de obras, definir escopo, demonstrar criatividade, acompanhar fiscalização, desenvolver instruções de trabalho, divulgar tecnologias, pesquisar tecnologias, definir metodologias de execução, qualificar impactos, identificar aspectos e impactos - passivos ambientais, propor soluções técnicas, quantificar impactos, definir prioridades, levantar custos de destinação, elaborar orçamento, coletar amostras, emitir laudos técnicos, assinar autos de inspeção, gerenciar ações institucionais, demonstrar capacidade de resolução de problemas, demonstrar capacidade de decisão, participar da implantação de certificação ambiental, elaboar relatórios.

Cargos e salários CBO 2140-10 - Engenheiros ambientais

Salário Tecnólogo em Processos Ambientais

Tecnólogo em Processos Ambientais: Brasil

  • 1.442
  • Brasil
  • 4.624 - 10.980
  • 42h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Processos Ambientais CBO 2140-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.624 e 10.980 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.442 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2140-10.
Salário Tecnólogo em Saneamento Ambiental

Tecnólogo em Saneamento Ambiental: Brasil

  • 1.442
  • Brasil
  • 4.624 - 10.980
  • 42h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Saneamento Ambiental CBO 2140-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.624 e 10.980 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.442 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2140-10.
Salário Tecnólogo em Meio Ambiente

Tecnólogo em Meio Ambiente: Brasil

  • 1.442
  • Brasil
  • 4.624 - 10.980
  • 42h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Meio Ambiente CBO 2140-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.624 e 10.980 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.442 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2140-10.
Salário Tecnólogo em Gestão Ambiental

Tecnólogo em Gestão Ambiental: Brasil

  • 1.442
  • Brasil
  • 4.624 - 10.980
  • 42h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Gestão Ambiental CBO 2140-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.624 e 10.980 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.442 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2140-10.
Salário Tecnólogo em Gestão Ambiental

Tecnólogo em Gestão Ambiental: São Paulo

  • 334
  • São Paulo
  • 5.482 - 11.937
  • 43h
O profissional no cargo de Tecnólogo em Gestão Ambiental CBO 2140-10 trabalhando em São Paulo, ganha entre 5.482 e 11.937 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 334 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2140-10.