CBO 2133-15 - Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 2133-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia que pertence ao grupo dos físicos, químicos, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia CBO 2133-15 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2133-15

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Profissionais das ciências exatas, físicas e da engenharia.
      • Físicos, químicos.
        • Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia.

Descrição dos cargos da categoria Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia

Os Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia CBO 2133-15 realizam pesquisas científicas para prognosticar fenômenos meteorológicos, astronômicos e de geofísica espacial, obtêm e tratam dados, disseminam informações por meio de trabalhos, teses, publicações, eventos etc., Desenvolvem sistemas computacionais, instrumentação científica e gerenciam projetos nas suas áreas.

Condições de trabalho

Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia em instituições públicas como institutos de pesquisa e universidades. O Meteorologista e o Geofísico espacial podem atuar tanto na iniciativa privada, em empresas de eletricidade, empresas aéreas, empresas e indústrias que trabalham com alimentos perecíveis etc., quanto no setor público, em secretarias estaduais e municipais de agricultura, planejamento, urbanismo, educação, saúde, transporte, institutos de pesquisa etc. São empregados assalariados, variando a autonomia no trabalho conforme a ocupação. Trabalham em equipe, em ambiente fechado e em horário diurno, exceto o Meteorologista que faz revezamento de turnos e, eventualmente, trabalha sob pressão, levando a situações de estresse.

Exigências do mercado de trabalho

Para o exercício dessas ocupações requer-se curso superior completo e experiência profissional que varia de um a dois anos para o Meteorologista, de três a quatro anos para o Geofísico espacial e mais de cinco anos para o Astrônomo. A formação desses profissionais é diversificada. Em Astronomia existe apenas uma escola no país, no Rio de Janeiro (UFRJ), com curso de graduação. Profissionais com formação em Física atuam como Astrônomos qualificando-se em cursos de pós graduação em astronomia. Na área de Meteorologia existe um número maior de universidades que formam profissionais em cursos de graduação e formações afins, como a Geografia, que oferece cursos de especialização na área.

Funções dos Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia CBO 2133-15

Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia devem:

  • prognosticar fenômenos meteorológicos, astronômicos e de geofísica espacial;
  • obter dados astronômicos, meteorológicos e de geofísica espacial;
  • gerenciar projetos nas Áreas de astronomia, meteorologia e geofísica espacial;
  • tratar dados astronômicos, meteorológicos e de geofísica espacial;
  • demonstrar competências pessoais;
  • desenvolver sistemas computacionais nas Áreas de astronomia, meteorologia e geofísica espacial;
  • disseminar informações das Áreas de astronomia, meteorologia e de geofísica espacial;
  • desenvolver instrumentação científica nas Áreas de astronomia, meteorologia e geofísica espacial;
  • realizar pesquisas científicas;
  • Atividades dos cargos CBO 2133-15

    Entre as principais atribuições dos Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia CBO 2133-15 estão as de:

    • delimitar problema;
    • formular projeto conceitual;
    • demonstrar raciocínio lógico;
    • publicar trabalhos técnicos e científicos;
    • disponibilizar banco de dados;
    • analisar dados experimentais;
    • obter dados de estações meteorológicas;
    • elaborar previsões meteorológicas de curtíssimo prazo (enchentes);
    • obter dados em aeronaves e navios;
    • documentar programas computacionais;
    • elaborar laudos técnicos;
    • diagnosticar fenômenos meteorológicos e de geofísica espacial;
    • definir procedimentos de calibração;
    • participar de eventos técnicos e científicos;
    • padronizar dados;
    • reduzir dados;
    • atender consultas do público;
    • emitir pareceres científicos;
    • demonstrar capacidade de síntese;
    • gerenciar banco de dados;
    • obter dados de variáveis ionosféricas e atmosféricas a partir da superfície;
    • documentar resultados;
    • demonstrar curiosidade científica;
    • orçar projeto;
    • montar cronograma;
    • formular modelos físicos e matemáticos;
    • integrar partes de instrumentos;
    • coordenar execução de projetos;
    • testar instrumentos segundo condições técnicas e ambientais de uso;
    • corrigir efeitos atmosféricos;
    • criar banco de dados;
    • definir linguagem de programação;
    • verificar consistência dos dados;
    • validar programas computacionais;
    • especificar recursos humanos;
    • demonstrar criatividade;
    • detalhar projeto técnico do instrumento;
    • obter dados de sensores em balões;
    • integrar instrumentos em sistemas;
    • quantificar intensidade dos fenômenos meteorológicos e geofísicos espaciais;
    • trabalhar em equipe;
    • produzir relatório final;
    • elaborar manual de operação e características técnicas;
    • requerer patentes;
    • orientar teses, dissertações e estágios;
    • analisar dados de simulação;
    • divulgar documentos informativos direcionados a clientes específicos;
    • captar recursos financeiros;
    • prestar consultoria técnica;
    • demonstrar raciocínio matemático;
    • testar programas computacionais;
    • elaborar previsões meteorológicas de médio prazo (entradas de frentes frias);
    • corrigir efeitos gravitacionais;
    • contratar serviços;
    • treinar equipe de trabalho;
    • comunicar-se com diversos públicos;
    • confrontar resultados de modelos;
    • comparar resultados de modelos com dados observados;
    • calibrar instrumentos;
    • definir metodologia;
    • definir protocolo de comunicação;
    • adquirir materiais;
    • codificar programas computacionais;
    • ministrar palestras e cursos;
    • obter dados de sondagem de foguetes;
    • organizar eventos técnicos e científicos;
    • revisar bibliografia;
    • identificar oportunidade científica em meteorologia;
    • definir plataforma;
    • recepcionar visitantes;
    • obter dados de satélites;
    • elaborar previsões meteorológicas de curto prazo (dispersão de poluentes);
    • corrigir efeitos instrumentais;
    • construir instrumento;
    • obter dados de radares ionosféricos e meteorológicos;
    • classificar periodicidade e intensidade dos fenômenos meteorológicos e geofísicos espaciais;
    • analisar efeitos da circulação atmosférica;
    • definir metas;
    • obter dados de bóias oceânicas;
    • elaborar previsões climáticas (estações do ano, recursos hídricos, agricultura etc);
    • identificar grandezas de interesse;
    • conceder entrevistas;
    • confeccionar material de divulgação;
    • avaliar resultados;

    Cargos e salários CBO 2133-15 - Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia

    Salário Meteorologista

    Meteorologista: Brasil

    • 66
    • Brasil
    • 5.582 - 12.699
    • 40h
    O profissional no cargo de Meteorologista CBO 2133-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 5.582 e 12.699 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 66 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2133-15.